A maior rede de estudos do Brasil

No trecho "Em tal maneira é graciosa que,querendo-a aproveitar", o pronome destacado retoma a palavra

Português

UFRJ


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Nesse caso, o pronome se refere ao sujeito oculto “ela” e assim como ele, o adjetivo graciosa, também se refere a esse sujeito.


Esse tipo de sujeito é muito usado quando queremos deixar o executor da ação determinada pelo verbo, implícito na frase. Apesar disso, devemos tomar cuidado para não confundir o sujeito oculto com o sujeito indeterminado. A diferença entre ambos é que de fato não se consegue supor quem é o sujeito.


Portanto, o pronome se refere à ela.

Nesse caso, o pronome se refere ao sujeito oculto “ela” e assim como ele, o adjetivo graciosa, também se refere a esse sujeito.


Esse tipo de sujeito é muito usado quando queremos deixar o executor da ação determinada pelo verbo, implícito na frase. Apesar disso, devemos tomar cuidado para não confundir o sujeito oculto com o sujeito indeterminado. A diferença entre ambos é que de fato não se consegue supor quem é o sujeito.


Portanto, o pronome se refere à ela.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

No trecho "Em tal maneira é graciosa que, querendo-a aproveitar", o pronome destacado retoma a palavra

#Português


Nesse caso, o pronome se refere ao sujeito oculto “ela” e assim como ele, o adjetivo graciosa, também se refere a esse sujeito.


Esse tipo de sujeito é muito usado quando queremos deixar o executor da ação determinada pelo verbo, implícito na frase. Apesar disso, devemos tomar cuidado para não confundir o sujeito oculto com o sujeito indeterminado. A diferença entre ambos é que de fato não se consegue supor quem é o sujeito.


Portanto, o pronome se refere à ela.

User badge image

Cristiano

Há mais de um mês

O pronome a retoma o sujeito oculto "ela", a que se refere o adjetivo graciosa
User badge image

Andre

Há mais de um mês

Nesse caso, o pronome se refere ao sujeito oculto “ela” e assim como ele, o adjetivo graciosa, também se refere a esse sujeito.


Esse tipo de sujeito é muito usado quando queremos deixar o executor da ação determinada pelo verbo, implícito na frase. Apesar disso, devemos tomar cuidado para não confundir o sujeito oculto com o sujeito indeterminado. A diferença entre ambos é que de fato não se consegue supor quem é o sujeito.


Portanto, o pronome se refere à ela.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas