A maior rede de estudos do Brasil

O que é ? Glicose , Glicogenólise , Glicogênese & Gliconeogênese.

Para fixar: O carboidrato e nossa principal fonte energética por que ela e rica em glicose que e convertida em energia . Porém vários processos ocorrem. 

Vamos juntos relembrar esse s processos ?

Favorita se gostou !


1 resposta(s)

User badge image

Mariana Tôrres de Castro

Há mais de um mês

A glicose é uma das mais abundantes hexoses da família das aldoses. É o principal monossacarídeo capaz de gerar energia para a maioria dos organismos e o monômero primário básico dos polissacarídeos mais abundantes, tais como o glicogênio, amido e a celulose. Sua fórmula estrutural é C6H12O6.Nas células, a glicose é degradada ou armazenada por diferentes vias. A glicólise transforma a glicose em duas moléculas de piruvato (ou lactato) posteriormente, degradado para a produção de energia. O glicogênio, a forma de armazenamento da glicose nos mamíferos, é sintetizado pela glicogênese. As reações da glicogenólise desdobram o glicogênio em glicose. É também possível sintetizar glicose a partir de precursores não− carboidratos pelo mecanismo chamado gliconeogênese. A via das pentoses− fosfato converte a glicose em ribose−5−fosfato (o açúcar utilizado para a síntese dos nucleotídeos e ácidos nucléicos) e outros tipos de monossacarídeos.

A glicose é uma das mais abundantes hexoses da família das aldoses. É o principal monossacarídeo capaz de gerar energia para a maioria dos organismos e o monômero primário básico dos polissacarídeos mais abundantes, tais como o glicogênio, amido e a celulose. Sua fórmula estrutural é C6H12O6.Nas células, a glicose é degradada ou armazenada por diferentes vias. A glicólise transforma a glicose em duas moléculas de piruvato (ou lactato) posteriormente, degradado para a produção de energia. O glicogênio, a forma de armazenamento da glicose nos mamíferos, é sintetizado pela glicogênese. As reações da glicogenólise desdobram o glicogênio em glicose. É também possível sintetizar glicose a partir de precursores não− carboidratos pelo mecanismo chamado gliconeogênese. A via das pentoses− fosfato converte a glicose em ribose−5−fosfato (o açúcar utilizado para a síntese dos nucleotídeos e ácidos nucléicos) e outros tipos de monossacarídeos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes