A maior rede de estudos do Brasil

Psicologia da educação

Sigmund Freud (1856 – 1939), conhecido como médico austríaco que realizou importantes contribuições à Psicologia. Freud foi considerado o pai da psicanálise e influenciou muitos estudos da psicologia até os nossos dias de hoje. Dentre as suas contribuições podemos destacar várias teorias que nos ajudam a compreender o desenvolvimento psicológico do ser humano. Assim, analise as sentenças a seguir, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas em relação às contribuições de Sigmund Freud para os estudos da psicologia.

 

I. ( ) O lançamento do manifesto da teoria Behaviorista que afirma que a psicologia deveria estudar apenas o comportamento humano.

 

II. ( ) O entendimento do inconsciente como instância psíquica, ou seja, aspectos de que a pessoa não tem devida clareza.

 

III. ( ) A ideia de que a repressão dos desejos inconscientes influenciam o comportamento das pessoas.

 

IV. ( )O desejo manifestado pelas pessoas não desaparece quando reprimido, mas se torna inconsciente.

 

V - ( ) Estes desejos como não satisfeitos influenciam muitos as pessoas no que elas fazem, sem que elas tenham consciência deste fato.


6 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Primeiramente, faremos uma breve introdução sobre o que é a Psicanálise. Em seguida, discutiremos a sentença para identificar as verdadeiras e as falsas. A Psicanálise surgiu em 1880 e tem como principal objetivo explicar o funcionamento da mente. Seu criador, Sigmund Freud, deu enfoque na ligação existente entre o que acontece no que ele chamou de inconsciente e os comportamentos dos indivíduos. Freud desenvolveu esse método ao longo de toda sua vida, criando diversas teorias e as aperfeiçoando ao longo do tempo. Suas três principais obras, no entanto, referem-se à Teoria Psicossexual, onde ele discute o desenvolvimento infantil, Primeira e Segunda Tópicas, onde ele discute o funcionamento dos mecanismos psíquicos, e a Teoria dos Sonhos, onde ele discorre sobre o método psicanalítico e o conceito de Livre Associação para o tratamento de neuroses.


O lançamento do manifesto da teoria Behaviorista que afirma que a psicologia deveria estudar apenas o comportamento humano. – Falso.

O Behaviorismo tem por principal nome B. F. Skinner e essa vertente contrapõe completamente aquilo que é dito pela Psicanálise, visto que busca explicações no comportamento humano e não acredita na existência do inconsciente.


O entendimento do inconsciente como instância psíquica, ou seja, aspectos de que a pessoa não tem devida clareza. – Verdadeiro.

Freud apresentou o inconsciente na Primeira Tópica como um dos primeiros mecanismos psíquicos e o colocou como sendo aquele ao qual os indivíduos não possuem acesso e sequer conhecem sua existência, embora este tenha direta influência sobre seus comportamentos e sentimentos.


A ideia de que a repressão dos desejos inconscientes influencia o comportamento das pessoas. – Verdadeiro.

Freud deu início à teoria psicanalítica através de seus estudos em relação à patologia da histeria. De acordo com seus achados, a histeria se tratava de nada mais do que sintomas que se apresentavam de forma física em uma tentativa de reprimir os desejos inconscientes das mulheres. Desde então, ele aprimorou a técnica psicanalítica para identificar esses desejos e tratá-los.


O desejo manifestado pelas pessoas não desaparece quando reprimido, mas se torna inconsciente. – Verdadeiro.

Como dito anteriormente, os desejos reprimidos continuam existindo no inconsciente e influenciam o comportamento das pessoas.


Estes desejos como não satisfeitos influenciam muitos as pessoas no que elas fazem, sem que elas tenham consciência deste fato. – Verdadeiro.

Entende-se que os desejos reprimidos são aqueles que, de alguma maneira, quebram alguma regra pessoal ou moral, de forma que os indivíduos não podem satisfazê-los sem consequências. Dessa forma, eles são reprimidos pelo aparelho psíquico e ficam longe da compreensão do próprio dono, o que não significa que eles não influenciam o comportamento deste: Ao contrário, manifestam-se de outras formas, usualmente em comportamentos autodestrutivos.

Primeiramente, faremos uma breve introdução sobre o que é a Psicanálise. Em seguida, discutiremos a sentença para identificar as verdadeiras e as falsas. A Psicanálise surgiu em 1880 e tem como principal objetivo explicar o funcionamento da mente. Seu criador, Sigmund Freud, deu enfoque na ligação existente entre o que acontece no que ele chamou de inconsciente e os comportamentos dos indivíduos. Freud desenvolveu esse método ao longo de toda sua vida, criando diversas teorias e as aperfeiçoando ao longo do tempo. Suas três principais obras, no entanto, referem-se à Teoria Psicossexual, onde ele discute o desenvolvimento infantil, Primeira e Segunda Tópicas, onde ele discute o funcionamento dos mecanismos psíquicos, e a Teoria dos Sonhos, onde ele discorre sobre o método psicanalítico e o conceito de Livre Associação para o tratamento de neuroses.


O lançamento do manifesto da teoria Behaviorista que afirma que a psicologia deveria estudar apenas o comportamento humano. – Falso.

O Behaviorismo tem por principal nome B. F. Skinner e essa vertente contrapõe completamente aquilo que é dito pela Psicanálise, visto que busca explicações no comportamento humano e não acredita na existência do inconsciente.


O entendimento do inconsciente como instância psíquica, ou seja, aspectos de que a pessoa não tem devida clareza. – Verdadeiro.

Freud apresentou o inconsciente na Primeira Tópica como um dos primeiros mecanismos psíquicos e o colocou como sendo aquele ao qual os indivíduos não possuem acesso e sequer conhecem sua existência, embora este tenha direta influência sobre seus comportamentos e sentimentos.


A ideia de que a repressão dos desejos inconscientes influencia o comportamento das pessoas. – Verdadeiro.

Freud deu início à teoria psicanalítica através de seus estudos em relação à patologia da histeria. De acordo com seus achados, a histeria se tratava de nada mais do que sintomas que se apresentavam de forma física em uma tentativa de reprimir os desejos inconscientes das mulheres. Desde então, ele aprimorou a técnica psicanalítica para identificar esses desejos e tratá-los.


O desejo manifestado pelas pessoas não desaparece quando reprimido, mas se torna inconsciente. – Verdadeiro.

Como dito anteriormente, os desejos reprimidos continuam existindo no inconsciente e influenciam o comportamento das pessoas.


Estes desejos como não satisfeitos influenciam muitos as pessoas no que elas fazem, sem que elas tenham consciência deste fato. – Verdadeiro.

Entende-se que os desejos reprimidos são aqueles que, de alguma maneira, quebram alguma regra pessoal ou moral, de forma que os indivíduos não podem satisfazê-los sem consequências. Dessa forma, eles são reprimidos pelo aparelho psíquico e ficam longe da compreensão do próprio dono, o que não significa que eles não influenciam o comportamento deste: Ao contrário, manifestam-se de outras formas, usualmente em comportamentos autodestrutivos.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Primeiramente, faremos uma breve introdução sobre o que é a Psicanálise. Em seguida, discutiremos a sentença para identificar as verdadeiras e as falsas. A Psicanálise surgiu em 1880 e tem como principal objetivo explicar o funcionamento da mente. Seu criador, Sigmund Freud, deu enfoque na ligação existente entre o que acontece no que ele chamou de inconsciente e os comportamentos dos indivíduos. Freud desenvolveu esse método ao longo de toda sua vida, criando diversas teorias e as aperfeiçoando ao longo do tempo. Suas três principais obras, no entanto, referem-se à Teoria Psicossexual, onde ele discute o desenvolvimento infantil, Primeira e Segunda Tópicas, onde ele discute o funcionamento dos mecanismos psíquicos, e a Teoria dos Sonhos, onde ele discorre sobre o método psicanalítico e o conceito de Livre Associação para o tratamento de neuroses.


O lançamento do manifesto da teoria Behaviorista que afirma que a psicologia deveria estudar apenas o comportamento humano. – Falso.

O Behaviorismo tem por principal nome B. F. Skinner e essa vertente contrapõe completamente aquilo que é dito pela Psicanálise, visto que busca explicações no comportamento humano e não acredita na existência do inconsciente.


O entendimento do inconsciente como instância psíquica, ou seja, aspectos de que a pessoa não tem devida clareza. – Verdadeiro.

Freud apresentou o inconsciente na Primeira Tópica como um dos primeiros mecanismos psíquicos e o colocou como sendo aquele ao qual os indivíduos não possuem acesso e sequer conhecem sua existência, embora este tenha direta influência sobre seus comportamentos e sentimentos.


A ideia de que a repressão dos desejos inconscientes influenciam o comportamento das pessoas. – Verdadeiro.

Freud deu início à teoria psicanalítica através de seus estudos em relação à patologia da histeria. De acordo com seus achados, a histeria se tratava de nada mais do que sintomas que se apresentavam de forma física em uma tentativa de reprimir os desejos inconscientes das mulheres. Desde então, ele aprimorou a técnica psicanalítica para identificar esses desejos e tratá-los.


O desejo manifestado pelas pessoas não desaparece quando reprimido, mas se torna inconsciente. – Verdadeiro.

Como dito anteriormente, os desejos reprimidos continuam existindo no inconsciente e influenciam o comportamento das pessoas.


Estes desejos como não satisfeitos influenciam muitos as pessoas no que elas fazem, sem que elas tenham consciência deste fato. – Verdadeiro.

Entende-se que os desejos reprimidos são aqueles que, de alguma maneira, quebram alguma regra pessoal ou moral, de forma que os indivíduos não podem satisfazê-los sem consequências. Dessa forma, eles são reprimidos pelo aparelho psíquico e ficam longe da compreensão do próprio dono, o que não significa que eles não influenciam o comportamento deste: Ao contrário, manifestam-se de outras formas, usualmente em comportamentos auto-destrutivos.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

Primeiramente, faremos uma breve introdução sobre o que é a Psicanálise. Em seguida, discutiremos a sentença para identificar as verdadeiras e as falsas. A Psicanálise surgiu em 1880 e tem como principal objetivo explicar o funcionamento da mente. Seu criador, Sigmund Freud, deu enfoque na ligação existente entre o que acontece no que ele chamou de inconsciente e os comportamentos dos indivíduos. Freud desenvolveu esse método ao longo de toda sua vida, criando diversas teorias e as aperfeiçoando ao longo do tempo. Suas três principais obras, no entanto, referem-se à Teoria Psicossexual, onde ele discute o desenvolvimento infantil, Primeira e Segunda Tópicas, onde ele discute o funcionamento dos mecanismos psíquicos, e a Teoria dos Sonhos, onde ele discorre sobre o método psicanalítico e o conceito de Livre Associação para o tratamento de neuroses.


O lançamento do manifesto da teoria Behaviorista que afirma que a psicologia deveria estudar apenas o comportamento humano. – Falso.

O Behaviorismo tem por principal nome B. F. Skinner e essa vertente contrapõe completamente aquilo que é dito pela Psicanálise, visto que busca explicações no comportamento humano e não acredita na existência do inconsciente.


O entendimento do inconsciente como instância psíquica, ou seja, aspectos de que a pessoa não tem devida clareza. – Verdadeiro.

Freud apresentou o inconsciente na Primeira Tópica como um dos primeiros mecanismos psíquicos e o colocou como sendo aquele ao qual os indivíduos não possuem acesso e sequer conhecem sua existência, embora este tenha direta influência sobre seus comportamentos e sentimentos.


A ideia de que a repressão dos desejos inconscientes influencia o comportamento das pessoas. – Verdadeiro.

Freud deu início à teoria psicanalítica através de seus estudos em relação à patologia da histeria. De acordo com seus achados, a histeria se tratava de nada mais do que sintomas que se apresentavam de forma física em uma tentativa de reprimir os desejos inconscientes das mulheres. Desde então, ele aprimorou a técnica psicanalítica para identificar esses desejos e tratá-los.


O desejo manifestado pelas pessoas não desaparece quando reprimido, mas se torna inconsciente. – Verdadeiro.

Como dito anteriormente, os desejos reprimidos continuam existindo no inconsciente e influenciam o comportamento das pessoas.


Estes desejos como não satisfeitos influenciam muitos as pessoas no que elas fazem, sem que elas tenham consciência deste fato. – Verdadeiro.

Entende-se que os desejos reprimidos são aqueles que, de alguma maneira, quebram alguma regra pessoal ou moral, de forma que os indivíduos não podem satisfazê-los sem consequências. Dessa forma, eles são reprimidos pelo aparelho psíquico e ficam longe da compreensão do próprio dono, o que não significa que eles não influenciam o comportamento deste: Ao contrário, manifestam-se de outras formas, usualmente em comportamentos autodestrutivos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas