A maior rede de estudos do Brasil

1 – Qual a pressão manométrica dentro de uma tubulação onde circula ar se o desnível do nível do mercúrio observado no manômetro de coluna é de 4 mm?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

No caso, temos um problema de mecânica dos fluídos no qual devemos analisar a queda de pressão em linha de circulação de ar por meio da análise da altura da coluna de mercúrio, ou seja, por meio do Teorema de Stevin.


No problema em questão, deseja-se determinar a pressão manométrica dentro da linha de circulação de ar, ou seja, Pa:

Devemos, portanto, analisar a diferença de pressão entre os pontos A e B, que é equivalente à pressão causada pela coluna de mercúrio de 4 mm de altura, pelo Teorema de Stevin:


Portanto, a pressão manométrica presente na linha de transmissão de ar é de -533,664 pascais.


Fonte:FOX, R.W.; McDONALD, A.T. . Introdução à Mecânica dos Fluidos. LTC Editora Guanabara Dois S.A., Rio de Janeiro, 6ª Edição, 2006.

No caso, temos um problema de mecânica dos fluídos no qual devemos analisar a queda de pressão em linha de circulação de ar por meio da análise da altura da coluna de mercúrio, ou seja, por meio do Teorema de Stevin.


No problema em questão, deseja-se determinar a pressão manométrica dentro da linha de circulação de ar, ou seja, Pa:

Devemos, portanto, analisar a diferença de pressão entre os pontos A e B, que é equivalente à pressão causada pela coluna de mercúrio de 4 mm de altura, pelo Teorema de Stevin:


Portanto, a pressão manométrica presente na linha de transmissão de ar é de -533,664 pascais.


Fonte:FOX, R.W.; McDONALD, A.T. . Introdução à Mecânica dos Fluidos. LTC Editora Guanabara Dois S.A., Rio de Janeiro, 6ª Edição, 2006.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

1 – Qual a pressão manométrica dentro de uma tubulação onde circula ar se o desnível do nível do mercúrio observado no manômetro de coluna é de 4 mm?

#Mecânica#Dos


No caso, temos um problema de mecânica dos fluídos no qual devemos analisar a queda de pressão em linha de circulação de ar por meio da análise da altura da coluna de mercúrio, ou seja, por meio do Teorema de Stevin.


No problema em questão, deseja-se determinar a pressão manométrica dentro da linha de circulação de ar, ou seja, Pa:

Devemos, portanto, analisar a diferença de pressão entre os pontos A e B, que é equivalente à pressão causada pela coluna de mercúrio de 4 mm de altura, pelo Teorema de Stevin:


Portanto, a pressão manométrica presente na linha de transmissão de ar é de -533,664 pascais.


Fonte:FOX, R.W.; McDONALD, A.T. . Introdução à Mecânica dos Fluidos. LTC Editora Guanabara Dois S.A., Rio de Janeiro, 6ª Edição, 2006.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

No caso, temos um problema de mecânica dos fluídos no qual devemos analisar a queda de pressão em linha de circulação de ar por meio da análise da altura da coluna de mercúrio, ou seja, por meio do Teorema de Stevin.


No problema em questão, deseja-se determinar a pressão manométrica dentro da linha de circulação de ar, ou seja, Pa:

Devemos, portanto, analisar a diferença de pressão entre os pontos A e B, que é equivalente à pressão causada pela coluna de mercúrio de 4 mm de altura, pelo Teorema de Stevin:


Portanto, a pressão manométrica presente na linha de transmissão de ar é de -533,664 pascais.


Fonte:FOX, R.W.; McDONALD, A.T. . Introdução à Mecânica dos Fluidos. LTC Editora Guanabara Dois S.A., Rio de Janeiro, 6ª Edição, 2006.

User badge image

Evandro Gaio

Há mais de um mês

Pressão manométrica = peso específico do fluido (mercúrio) x altura

basta proucurar uma tabela com o peso específico se n tiver sido informado. Caso tenha dado a massa específica, basta multiplicar pela gravidade: g=9,81m/s^2

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas