A maior rede de estudos do Brasil

QUAL A DIFERENÇA ENTRE SOBERANIA E ESTADO?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O Estado é nada mais do que uma sociedade constituída por um grupo de indivíduos organizados, como: os grupos familiares, profissionais, educativos, políticos, religiosos, que buscam objetivos em comum. 

A formação de um Estado consiste em três elementos: uma população, um território e um governo. Esses aspectos são essenciais, porque sem eles não poderia existir um Estado.

Soberania, constitui-se como o poder absoluto de ação legítima no âmbito político e jurídico de uma sociedade. É, portanto, o exercício da autoridade que reside em um povo e que se exerce por intermédio dos seus órgãos constitucionais representativos.

A soberania possui algumas características essenciais como: ser una (há somente um poder superior, ou seja, não podem existir duas soberanias dentro de um mesmo Estado); ser indivisível (todos os fatos ocorridos no estado são indivisíveis); ser inalienável (quem a detém desaparece ao ficar sem ela, seja o povo, nação ou o Estado); e ser imprescritível, ou seja, não possui prazo nem duração.

Se vê, portanto, que a soberania é uma característica essencial de um estado. Eis a diferença entre eles.

O Estado é nada mais do que uma sociedade constituída por um grupo de indivíduos organizados, como: os grupos familiares, profissionais, educativos, políticos, religiosos, que buscam objetivos em comum. 

A formação de um Estado consiste em três elementos: uma população, um território e um governo. Esses aspectos são essenciais, porque sem eles não poderia existir um Estado.

Soberania, constitui-se como o poder absoluto de ação legítima no âmbito político e jurídico de uma sociedade. É, portanto, o exercício da autoridade que reside em um povo e que se exerce por intermédio dos seus órgãos constitucionais representativos.

A soberania possui algumas características essenciais como: ser una (há somente um poder superior, ou seja, não podem existir duas soberanias dentro de um mesmo Estado); ser indivisível (todos os fatos ocorridos no estado são indivisíveis); ser inalienável (quem a detém desaparece ao ficar sem ela, seja o povo, nação ou o Estado); e ser imprescritível, ou seja, não possui prazo nem duração.

Se vê, portanto, que a soberania é uma característica essencial de um estado. Eis a diferença entre eles.

User badge image

Glaucia Cardoso

Há mais de um mês

 

Estado: à Há uma divisão de competências e cada um exerce o seu poder em seu respectivo território.

Ex.: A presidente Dilma não pode mandar em uma cidade, pois em um município existe um prefeito que exerce seu poder, assim como o governador o seu estado e a presidente a união.

A soberania é a autoridade suprema, o exercício do poder sem limites. Ocorre entre estados e países independentes, então cada um faz o que quer e vai até o limite de suas forças. A República Federativa do Brasil, de acordo com o art. 1º da Constituição é soberana.

Soberania à É permanente e se extingue apenas quando forçado por algo superior. É o exercício da força sem limites.

Ex.: A presidente exerce a função de Chefe de Estado em solenidades fora do Brasil, sendo a expressão da República Federativa brasileira no exterior, e quando volta para seu país, é a chefe da união. Ou seja, a presidente é soberana como chefe de estado e autônoma como chefe de governo/união.

A rainha da Inglaterra, por sua vez, reina, mas não governa, pois ela exerce apenas a função de chefe de estado. A administração fica por conta do Primeiro Ministro, que é o chefe de governo.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O Estado é nada mais do que uma sociedade constituída por um grupo de indivíduos organizados, como: os grupos familiares, profissionais, educativos, políticos, religiosos, que buscam objetivos em comum. 

A formação de um Estado consiste em três elementos: uma população, um território e um governo. Esses aspectos são essenciais, porque sem eles não poderia existir um Estado.

Soberania, constitui-se como o poder absoluto de ação legítima no âmbito político e jurídico de uma sociedade. É, portanto, o exercício da autoridade que reside em um povo e que se exerce por intermédio dos seus órgãos constitucionais representativos.

A soberania possui algumas características essenciais como: ser una (há somente um poder superior, ou seja, não podem existir duas soberanias dentro de um mesmo Estado); ser indivisível (todos os fatos ocorridos no estado são indivisíveis); ser inalienável (quem a detém desaparece ao ficar sem ela, seja o povo, nação ou o Estado); e ser imprescritível, ou seja, não possui prazo nem duração.

Se vê, portanto, que a soberania é uma característica essencial de um estado. Eis a diferença entre eles.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

O Estado é nada mais do que uma sociedade constituída por um grupo de indivíduos organizados, como: os grupos familiares, profissionais, educativos, políticos, religiosos, que buscam objetivos em comum. 

A formação de um Estado consiste em três elementos: uma população, um território e um governo. Esses aspectos são essenciais, porque sem eles não poderia existir um Estado.

Soberania, constitui-se como o poder absoluto de ação legítima no âmbito político e jurídico de uma sociedade. É, portanto, o exercício da autoridade que reside em um povo e que se exerce por intermédio dos seus órgãos constitucionais representativos.

A soberania possui algumas características essenciais como: ser una (há somente um poder superior, ou seja, não podem existir duas soberanias dentro de um mesmo Estado); ser indivisível (todos os fatos ocorridos no estado são indivisíveis); ser inalienável (quem a detém desaparece ao ficar sem ela, seja o povo, nação ou o Estado); e ser imprescritível, ou seja, não possui prazo nem duração.

Se vê, portanto, que a soberania é uma característica essencial de um estado. Eis a diferença entre eles.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas