A maior rede de estudos do Brasil

Como calcular PIS ?


1 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Contabilidade.


O PIS (Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e a COFINS (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social) são impostos que incidem sobre a receita bruta das pessoas jurídicas, com exceção aos microempreendedores e empresas de pequeno porte. O PIS e o COFINS possuem dois sistemas de tributação: regimes cumulativo e não cumulativo, e possuem diferentes formas de cálculo.


O cálculo do PIS e CONFINS é dependente das modalidades que cada um apresenta. Existem PIS cumulativos (alíquota de 0,65%) e não cumulativos (alíquota de 1,65%), e CONFINS cumulativos (alíquota de 3,00%) e não cumulativos (alíquota de 7,60%), cada modalidade é aplicada grupos diferentes de entidades que se enquadram em determinados parâmetros.

O cálculo do PIS é dado pela seguinte relação:

Na qual, PV é o PIS sobre as vendas, ou seja é a alíquota, cumulativa ou não, aplicada ao valor das vendas num período (taxa do imposto vezes o valor); PC é o crédito sobre as compras, isto é, é a alíquota, cumulativa ou não, aplicada sobre o valor das compras no mesmo período considerado para o PV.


Portanto, tem-se que:

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre Contabilidade.


O PIS (Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e a COFINS (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social) são impostos que incidem sobre a receita bruta das pessoas jurídicas, com exceção aos microempreendedores e empresas de pequeno porte. O PIS e o COFINS possuem dois sistemas de tributação: regimes cumulativo e não cumulativo, e possuem diferentes formas de cálculo.


O cálculo do PIS e CONFINS é dependente das modalidades que cada um apresenta. Existem PIS cumulativos (alíquota de 0,65%) e não cumulativos (alíquota de 1,65%), e CONFINS cumulativos (alíquota de 3,00%) e não cumulativos (alíquota de 7,60%), cada modalidade é aplicada grupos diferentes de entidades que se enquadram em determinados parâmetros.

O cálculo do PIS é dado pela seguinte relação:

Na qual, PV é o PIS sobre as vendas, ou seja é a alíquota, cumulativa ou não, aplicada ao valor das vendas num período (taxa do imposto vezes o valor); PC é o crédito sobre as compras, isto é, é a alíquota, cumulativa ou não, aplicada sobre o valor das compras no mesmo período considerado para o PV.


Portanto, tem-se que:

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas