A maior rede de estudos do Brasil

o que variação anatômica


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A anatomia (do latim ana = em partes, tomé = cortar) é a ciência que estuda a estrutura (macro e microscópica) de nosso corpo, sua constituição (células – tecidos – órgãos – sistemas – aparelhos) e seu desenvolvimento (fases da vida). Com a descoberta do microscópio desenvolveram-se ciências que, embora constituam especializações, são ramos da anatomia. Assim, como:

Citologia (estudo da célula);

Histologia (estudo dos tecidos e de como estes se organizam para a formação de órgãos);

E a Embriologia (estudo do desenvolvimento do indivíduo).


Variações anatômicas são diferenças morfológicas entre elementos que compõem um grupo humano. Pode ser externamente ou em qualquer sistema do organismo sem que traga prejuízo funcional ao indivíduo. As variações anatômicas são comuns e as encontrar é esperado durante uma dissecação ou exames de peças dissecadas ou cadáveres. Por isso é muito importante saber que existem.


Já que entendemos as variações devemos entender também as normalidades. Assim, o termo normal para os anatomistas obedece a um padrão que não inclui variações. Este padrão corresponde ao que ocorre na maioria dos casos, ao que é mais frequente, ou melhor, a estrutura habitual do corpo é o padrão mais comum.

A anatomia (do latim ana = em partes, tomé = cortar) é a ciência que estuda a estrutura (macro e microscópica) de nosso corpo, sua constituição (células – tecidos – órgãos – sistemas – aparelhos) e seu desenvolvimento (fases da vida). Com a descoberta do microscópio desenvolveram-se ciências que, embora constituam especializações, são ramos da anatomia. Assim, como:

Citologia (estudo da célula);

Histologia (estudo dos tecidos e de como estes se organizam para a formação de órgãos);

E a Embriologia (estudo do desenvolvimento do indivíduo).


Variações anatômicas são diferenças morfológicas entre elementos que compõem um grupo humano. Pode ser externamente ou em qualquer sistema do organismo sem que traga prejuízo funcional ao indivíduo. As variações anatômicas são comuns e as encontrar é esperado durante uma dissecação ou exames de peças dissecadas ou cadáveres. Por isso é muito importante saber que existem.


Já que entendemos as variações devemos entender também as normalidades. Assim, o termo normal para os anatomistas obedece a um padrão que não inclui variações. Este padrão corresponde ao que ocorre na maioria dos casos, ao que é mais frequente, ou melhor, a estrutura habitual do corpo é o padrão mais comum.

User badge image

Debora Brenda do nascimento

Há mais de um mês

e refere a uma estrutura anatômica não-patológica que é diferente do que é observado na maioria das pessoas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas