A maior rede de estudos do Brasil

TI, Habilidades e papéis Gerenciais - Desafio

DESAFIO Leia a situação descrita a seguir e responda às questões propostas: Antônio Miguel ficou 30 anos na Dunpsy Pharmacêutica. Após passar por vários cargos em diversas fábricas e sete anos no exterior, ele estava de volta ao escritório central, preparando-se para o seu novo cargo como vice-presidente. Com duas semanas no novo cargo, Antônio recebeu algumas notícias desordenadas sobre um dos gerentes sob sua supervisão. Em uma conversa casual no almoço, a Diretora de Recursos Humanos avisou a Antônio que ele receberia um telefonema sobre Carlos, gerente de desenvolvimento de novos produtos. Segundo ela, Carlos tinha um histórico de ser “bastante cruel” com os seus subordinados, e um empregado descontente solicitara falar com alguém da alta administração. Após o almoço, Antônio fez um trabalho de verificar a ficha de Carlos e percebeu que seu desempenho tinha sido brilhante, mas o seu arquivo pessoal também tinha um grande número de notas documentando maus-tratos a subordinados. As reclamações variavam de “observações inadequadas a pejorativas”, para subsequentemente cair em assédio sexual. O mais perturbador era que o número e a gravidade das reclamações cresciam a cada ano. Antônio questionou, então, ao presidente da empresa sobre o assunto. A resposta que recebeu foi: “ele teve alguns problemas, mas é difícil substituí-lo por alguém com a mesma visão dos novos produtos. Você é um homem que veio de baixo e entende porque deixamos essas coisas passarem.” Não sabendo como lidar com a situação, Antônio reuniu-se brevemente com Carlos e lembrou-o de manter o moral do grupo elevado. Logo após a reunião, a diretora de Recursos Humanos ligou para informá-lo de que o problema que ela mencionara durante o almoço já tinha sido resolvido. Entretanto, avisou que outro empregado viera cobrar se suas reclamações tinham sido encaminhadas para a alta administração. Como você agiria se estivesse nesta situação? Qual habilidade destacou-se nesta situação? Qual o papel mais importante do gerente neste caso?

Administração

UNIPLENA


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Outra abordagem para estudar administração é examinar os papéis que os gerentes devem desempenhar. Essas funções podem ser definidas como os conjuntos organizados de comportamentos identificados com a posição. Esses papéis foram desenvolvidos por Henry Mintzberg no final dos anos 1960, após um estudo cuidadoso dos executivos no trabalho.


Todos esses papéis, de uma forma ou de outra, lidam com as pessoas e seus relacionamentos interpessoais. Essas dez funções gerenciais são divididas em três categorias. A primeira categoria de papéis interpessoais surge diretamente da posição do gerente e da autoridade formal concedida a ele. A segunda categoria de papéis informacionais é desempenhada como um resultado direto dos papéis interpessoais e essas duas categorias levam à terceira categoria de papéis decisórios.


Os gerentes gastam uma quantidade considerável de tempo interagindo com outras pessoas tanto dentro de suas próprias organizações quanto fora dela. Essas pessoas incluem pares, subordinados, superiores, fornecedores, clientes, funcionários do governo e líderes comunitários. Todas essas interações requerem uma compreensão das relações interpessoais. Estudos mostram que interagir com as pessoas ocupa quase 80% do tempo de um gerente. Essas interações envolvem os três principais papéis interpessoais a seguir:

  • Figura: Os gerentes atuam como figuras simbólicas realizando obrigações sociais ou legais. Esses deveres incluem saudar os visitantes, assinar documentos legais, levar clientes importantes para almoçar, participar do casamento de um subordinado ou falar em funções em escolas e igrejas. Todos estes / principalmente, são deveres de natureza cerimonial, mas são importantes para o bom funcionamento da organização.

  • Líder: A influência do gerente é mais claramente vista em seu papel como líder da unidade ou organização. Como ele é responsável pelas atividades de seus subordinados, ele deve liderar e coordenar suas atividades no cumprimento de metas relacionadas a tarefas e deve motivá-las a um melhor desempenho. Ele deve ser um líder exemplar para que seus subordinados sigam suas orientações e orientações com respeito e dedicação.

  • Ligação: Além do contato constante com seus próprios subordinados, pares e superiores, os gerentes devem manter uma rede de contatos externos para avaliar o ambiente externo de competição, mudanças sociais ou mudanças nas regras, regulamentos e leis governamentais. Nessa função, os gerentes criam seu próprio sistema de informações externas.

Outra abordagem para estudar administração é examinar os papéis que os gerentes devem desempenhar. Essas funções podem ser definidas como os conjuntos organizados de comportamentos identificados com a posição. Esses papéis foram desenvolvidos por Henry Mintzberg no final dos anos 1960, após um estudo cuidadoso dos executivos no trabalho.


Todos esses papéis, de uma forma ou de outra, lidam com as pessoas e seus relacionamentos interpessoais. Essas dez funções gerenciais são divididas em três categorias. A primeira categoria de papéis interpessoais surge diretamente da posição do gerente e da autoridade formal concedida a ele. A segunda categoria de papéis informacionais é desempenhada como um resultado direto dos papéis interpessoais e essas duas categorias levam à terceira categoria de papéis decisórios.


Os gerentes gastam uma quantidade considerável de tempo interagindo com outras pessoas tanto dentro de suas próprias organizações quanto fora dela. Essas pessoas incluem pares, subordinados, superiores, fornecedores, clientes, funcionários do governo e líderes comunitários. Todas essas interações requerem uma compreensão das relações interpessoais. Estudos mostram que interagir com as pessoas ocupa quase 80% do tempo de um gerente. Essas interações envolvem os três principais papéis interpessoais a seguir:

  • Figura: Os gerentes atuam como figuras simbólicas realizando obrigações sociais ou legais. Esses deveres incluem saudar os visitantes, assinar documentos legais, levar clientes importantes para almoçar, participar do casamento de um subordinado ou falar em funções em escolas e igrejas. Todos estes / principalmente, são deveres de natureza cerimonial, mas são importantes para o bom funcionamento da organização.

  • Líder: A influência do gerente é mais claramente vista em seu papel como líder da unidade ou organização. Como ele é responsável pelas atividades de seus subordinados, ele deve liderar e coordenar suas atividades no cumprimento de metas relacionadas a tarefas e deve motivá-las a um melhor desempenho. Ele deve ser um líder exemplar para que seus subordinados sigam suas orientações e orientações com respeito e dedicação.

  • Ligação: Além do contato constante com seus próprios subordinados, pares e superiores, os gerentes devem manter uma rede de contatos externos para avaliar o ambiente externo de competição, mudanças sociais ou mudanças nas regras, regulamentos e leis governamentais. Nessa função, os gerentes criam seu próprio sistema de informações externas.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Outra abordagem para estudar administração é examinar os papéis que os gerentes devem desempenhar. Essas funções podem ser definidas como os conjuntos organizados de comportamentos identificados com a posição. Esses papéis foram desenvolvidos por Henry Mintzberg no final dos anos 1960, após um estudo cuidadoso dos executivos no trabalho.


Todos esses papéis, de uma forma ou de outra, lidam com as pessoas e seus relacionamentos interpessoais. Essas dez funções gerenciais são divididas em três categorias. A primeira categoria de papéis interpessoais surge diretamente da posição do gerente e da autoridade formal concedida a ele. A segunda categoria de papéis informacionais é desempenhada como um resultado direto dos papéis interpessoais e essas duas categorias levam à terceira categoria de papéis decisórios.


Os gerentes gastam uma quantidade considerável de tempo interagindo com outras pessoas tanto dentro de suas próprias organizações quanto fora dela. Essas pessoas incluem pares, subordinados, superiores, fornecedores, clientes, funcionários do governo e líderes comunitários. Todas essas interações requerem uma compreensão das relações interpessoais. Estudos mostram que interagir com as pessoas ocupa quase 80% do tempo de um gerente. Essas interações envolvem os três principais papéis interpessoais a seguir:

  • Figura: Os gerentes atuam como figuras simbólicas realizando obrigações sociais ou legais. Esses deveres incluem saudar os visitantes, assinar documentos legais, levar clientes importantes para almoçar, participar do casamento de um subordinado ou falar em funções em escolas e igrejas. Todos estes / principalmente, são deveres de natureza cerimonial, mas são importantes para o bom funcionamento da organização.

  • Líder: A influência do gerente é mais claramente vista em seu papel como líder da unidade ou organização. Como ele é responsável pelas atividades de seus subordinados, ele deve liderar e coordenar suas atividades no cumprimento de metas relacionadas a tarefas e deve motivá-las a um melhor desempenho. Ele deve ser um líder exemplar para que seus subordinados sigam suas orientações e orientações com respeito e dedicação.

  • Ligação: Além do contato constante com seus próprios subordinados, pares e superiores, os gerentes devem manter uma rede de contatos externos para avaliar o ambiente externo de competição, mudanças sociais ou mudanças nas regras, regulamentos e leis governamentais. Nessa função, os gerentes criam seu próprio sistema de informações externas.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Outra abordagem para estudar administração é examinar os papéis que os gerentes devem desempenhar. Essas funções podem ser definidas como os conjuntos organizados de comportamentos identificados com a posição. Esses papéis foram desenvolvidos por Henry Mintzberg no final dos anos 1960, após um estudo cuidadoso dos executivos no trabalho.


Todos esses papéis, de uma forma ou de outra, lidam com as pessoas e seus relacionamentos interpessoais. Essas dez funções gerenciais são divididas em três categorias. A primeira categoria de papéis interpessoais surge diretamente da posição do gerente e da autoridade formal concedida a ele. A segunda categoria de papéis informacionais é desempenhada como um resultado direto dos papéis interpessoais e essas duas categorias levam à terceira categoria de papéis decisórios.


Os gerentes gastam uma quantidade considerável de tempo interagindo com outras pessoas tanto dentro de suas próprias organizações quanto fora dela. Essas pessoas incluem pares, subordinados, superiores, fornecedores, clientes, funcionários do governo e líderes comunitários. Todas essas interações requerem uma compreensão das relações interpessoais. Estudos mostram que interagir com as pessoas ocupa quase 80% do tempo de um gerente. Essas interações envolvem os três principais papéis interpessoais a seguir:

  • Figura: Os gerentes atuam como figuras simbólicas realizando obrigações sociais ou legais. Esses deveres incluem saudar os visitantes, assinar documentos legais, levar clientes importantes para almoçar, participar do casamento de um subordinado ou falar em funções em escolas e igrejas. Todos estes / principalmente, são deveres de natureza cerimonial, mas são importantes para o bom funcionamento da organização.

  • Líder: A influência do gerente é mais claramente vista em seu papel como líder da unidade ou organização. Como ele é responsável pelas atividades de seus subordinados, ele deve liderar e coordenar suas atividades no cumprimento de metas relacionadas a tarefas e deve motivá-las a um melhor desempenho. Ele deve ser um líder exemplar para que seus subordinados sigam suas orientações e orientações com respeito e dedicação.

  • Ligação: Além do contato constante com seus próprios subordinados, pares e superiores, os gerentes devem manter uma rede de contatos externos para avaliar o ambiente externo de competição, mudanças sociais ou mudanças nas regras, regulamentos e leis governamentais. Nessa função, os gerentes criam seu próprio sistema de informações externas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas