biologia

Na área dermocosmética, os lipossomas vêm sendo utilizados, tanto para aumentar a incorporação de substâncias ativas às células, quanto como veículo para liberação controlada de princípios ativos. Eles têm sido empregados na prevenção da queda de cabelos, promoção do crescimento capilar, desaceleração do processo de envelhecimento da pele, clareamento da pigmentação cutânea e prevenção e tratamento da lipodistrofia ginóide. As principais vantagens do emprego de lipossomas para a administração de agentes dermocosméticos são o fato de que podem transportar substâncias hidro e lipossolúveis; apresentam alta afinidade pelas membranas biológicas, são constituídos de anfifílicos naturais biocompatíveis e biodegradáveis, além de acentuarem a hidratação natural da pele e cabelo. (Chorilli et al., Lipossomas em formulações dermocosméticas, Infarma, 2004). Considerando as características do tecido epitelial, avalie as seguintes proposições:

  1.  As junções celulares podem ser classificadas em junções impermeáveis (zônulas de adesão, hemidesmossomos e desmossomos), junções de adesão (zônulas de oclusão) e junções de comunicação (junções comunicantes).
  2.   As células mioepiteliais contém miosina e um grande número de filamentos de actina e são capazes de contração. Encontram-se nas porções secretoras das glândulas mamárias.
  3.  Os epitélios pseudo-estratificados são aqueles que apresentam única camada de células com núcleos em diferentes alturas, o que dá a falsa impressão de se tratar de um epitélio estratificado.
  4.  As zônulas de adesão existentes entre as células epiteliais promovem a vedação que impede o movimento de materiais entre as células;
  5.   Hipófise, ovários e pâncreas produzem secreções endrócrinas.

Sobre as proposições acima, são corretas apenas as afirmativas

Disciplina:Biologia1.519 materiais