A maior rede de estudos do Brasil

Onde estão localizadas as placas de Peyer?

Anatomia I

ESTÁCIO


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre anatomia humana, mais especificamente, sobre sistema linfático.
No intestino delgado, mais precisamente na porção do íleo oposta à fixação do mesentério, podem haver nódulos linfáticos em grande quantidade, ao conjunto deles denomina-se placas de Peyer. Essas placas estão na camada submucosa, para chegar lá atravessaram a lâmina própria e a camada muscular da mucosa. A quantidade de nódulos varia entre 20 e 30, com exceção da puberdade que podem chegar a 300 nódulos. Seu comprimento varia entre um a doze centímetros e sua largura entre um a dois centímetros e meio.
Envolta das placas de Peyer, estão as células M que são enterócitos modificados e possuem formato cúbico, invaginações na superfície basal com lâmina e micropregas na superfície apical. Essas células tem como função capturar antígenos da luz intestinal, transportar para os macrófagos e para os linfócitos T que estão entre as invaginações. Dessa forma gera o estímulo para que haja reação imunológica.
Portanto, a reposta da pergunta é na porção do íleo oposta à fixação do mesentério.
Para responder essa pergunta devemos colocar em prática nosso conhecimento sobre anatomia humana, mais especificamente, sobre sistema linfático.
No intestino delgado, mais precisamente na porção do íleo oposta à fixação do mesentério, podem haver nódulos linfáticos em grande quantidade, ao conjunto deles denomina-se placas de Peyer. Essas placas estão na camada submucosa, para chegar lá atravessaram a lâmina própria e a camada muscular da mucosa. A quantidade de nódulos varia entre 20 e 30, com exceção da puberdade que podem chegar a 300 nódulos. Seu comprimento varia entre um a doze centímetros e sua largura entre um a dois centímetros e meio.
Envolta das placas de Peyer, estão as células M que são enterócitos modificados e possuem formato cúbico, invaginações na superfície basal com lâmina e micropregas na superfície apical. Essas células tem como função capturar antígenos da luz intestinal, transportar para os macrófagos e para os linfócitos T que estão entre as invaginações. Dessa forma gera o estímulo para que haja reação imunológica.
Portanto, a reposta da pergunta é na porção do íleo oposta à fixação do mesentério.
User badge image

Kedna Leite

Há mais de um mês

localizados principalmente na mucosa do íleo
 

User badge image

Marilini Antoniou

Há mais de um mês

Na parte do intestino oposta ao mesentério.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas