A maior rede de estudos do Brasil

segundo Mary Parker Follet qual a forma de lidar com os conflitos ?


1 resposta(s)

User badge image

Claudionor Lyniker

Há mais de um mês

O conceito de conflito construtivo diz que divergências (que são as bases dos conflitos) são importantes porque revelam uma diferença de opinião que cedo ou tarde se manifestará, de forma danosa ou não, existindo três soluções possíveis para a situação de conflito. A primeira solução é pela dominação. O lado mais forte terá suas exigências atendidas, enquanto o outro lado não terá nenhuma de suas exigências atendidas, sufocando-se assim o conflito. A segunda solução é a conciliação. Cada lado cede um pouco e chega-se a um acordo que seja, ao menos de consenso. A observação que faz sobre essa solução é que essa alternativa é nociva a ambos os lados já que nenhum tem suas reivindicações plenamente atendidas. A terceira solução, tida por ela como a ideal é a integração. A resposta ao conflito não está pronta devendo ser pensada, inovada, criada. A Integração parte do pressuposto que o conflito existe porque demandas não são atendidas, e essas demandas não devem ser suprimidas, e sim supridas. Porém, ela mesma admite que não se resolve a totalidade das disputas pela integração por ser o mecanismo do conflito altamente complexo, havendo ocasião em que a solução possível é dada pela dominação ou pela conciliação simplesmente.

O conceito de conflito construtivo diz que divergências (que são as bases dos conflitos) são importantes porque revelam uma diferença de opinião que cedo ou tarde se manifestará, de forma danosa ou não, existindo três soluções possíveis para a situação de conflito. A primeira solução é pela dominação. O lado mais forte terá suas exigências atendidas, enquanto o outro lado não terá nenhuma de suas exigências atendidas, sufocando-se assim o conflito. A segunda solução é a conciliação. Cada lado cede um pouco e chega-se a um acordo que seja, ao menos de consenso. A observação que faz sobre essa solução é que essa alternativa é nociva a ambos os lados já que nenhum tem suas reivindicações plenamente atendidas. A terceira solução, tida por ela como a ideal é a integração. A resposta ao conflito não está pronta devendo ser pensada, inovada, criada. A Integração parte do pressuposto que o conflito existe porque demandas não são atendidas, e essas demandas não devem ser suprimidas, e sim supridas. Porém, ela mesma admite que não se resolve a totalidade das disputas pela integração por ser o mecanismo do conflito altamente complexo, havendo ocasião em que a solução possível é dada pela dominação ou pela conciliação simplesmente.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes