A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre ligação iônica e covalente? Cite exemplos.


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

As ligações químicas consistem na agregação dos átomos para a formação de moléculas. Em suma, tem-se que as ligaçções químicas ocorrem quando os átomos reagem entre si.

Existem quatro tipos de ligações químicas. São elas:

  • Ligação Iônica;
  • Ligação Covalente;
  • Ligação Covalente Dativa;
  • Ligação Metálica.
  • A ligação covalente caracteriza-se pelo compartilhamento de elétrons da camada de valência através da aproximação dos átomos. Como consequência, tem-se a não formação de íons, já que não há perda nem ganho de elétrons. As principais moléculas formadas através de ligações covalentes são a água, o metano e o gás oxigênio. Tratando-se da molécula de água, tem-se cada hidrogênio realizando uma ligação covalente com o átomo de oxigênio. Assim, tem-se o oxigênio com 8 elétrons na camada de valência e cada hidrogênio com 2.

    A ligação iônica - também chamada de ligação eletro- valente ou heteropolar - caracteriza-se pela transferência definitiva de elétrons e consequente formação de íon, que se unem em retículos cristalinos. Tal tipo de ligação geralmente ocorre entre metais e ametais, pois os metais precisar doar elétrons para se tornarem estáveis (terem 8 ou 2 elétrons na camada de valência), enquanto os ametais precisam receber elétrons para ganhar estabilidade. Desse modo, os me- tais geram cátions (íons com carga elétrica positiva) e os ametais formam ânions (íons com carga elétrica negativa).

As ligações químicas consistem na agregação dos átomos para a formação de moléculas. Em suma, tem-se que as ligaçções químicas ocorrem quando os átomos reagem entre si.

Existem quatro tipos de ligações químicas. São elas:

  • Ligação Iônica;
  • Ligação Covalente;
  • Ligação Covalente Dativa;
  • Ligação Metálica.
  • A ligação covalente caracteriza-se pelo compartilhamento de elétrons da camada de valência através da aproximação dos átomos. Como consequência, tem-se a não formação de íons, já que não há perda nem ganho de elétrons. As principais moléculas formadas através de ligações covalentes são a água, o metano e o gás oxigênio. Tratando-se da molécula de água, tem-se cada hidrogênio realizando uma ligação covalente com o átomo de oxigênio. Assim, tem-se o oxigênio com 8 elétrons na camada de valência e cada hidrogênio com 2.

    A ligação iônica - também chamada de ligação eletro- valente ou heteropolar - caracteriza-se pela transferência definitiva de elétrons e consequente formação de íon, que se unem em retículos cristalinos. Tal tipo de ligação geralmente ocorre entre metais e ametais, pois os metais precisar doar elétrons para se tornarem estáveis (terem 8 ou 2 elétrons na camada de valência), enquanto os ametais precisam receber elétrons para ganhar estabilidade. Desse modo, os me- tais geram cátions (íons com carga elétrica positiva) e os ametais formam ânions (íons com carga elétrica negativa).

User badge image

Gabriela Brites

Há mais de um mês

Ligação iônica será entre metal e ametal, onde o metal "doará" seu(s) elétrons para o ametal.
Ligação covalente é entre ametais e ametal e hidrogênio, onde esse elementos "compartilharão" seus elétrons

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas