A maior rede de estudos do Brasil

No que dispõe ao direito de ação explique a teoria concretiza,abstratista e eclética, informando qual foi acolhida no Brasil?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Carlos Eduardo Ferreira de Souza Verified user icon

Há mais de um mês

        1. Teoria da Ação como direito autônomo e concreto:
          1. O Direito de ação é um direito à sentença favorável, razão pela qual a ação não se considera exercida em caso de sentença desfavorável e não soluciona casos em que não são preenchidos requisitos mínimos para análise do mérito;
        2. Teoria da Ação como direito autônomo e abstrato:
          1. A ação não tem qualquer relação ou dependência com o direito abstrato.
          2. O direito de ação é um direito público e subjetivo a um pronunciamento judicial (favorável ou não).
          3. Problema dessa teoria: houve afastamento muito grande entre o direito processual e o direito material, pois o formalismo exacerbado retira a preocupação e a importância do direito material
    1. Teoria Eclética:
      1. O direito de ação é autônomo e abstrato: é o direito a uma sentença de mérito, qualquer que seja o conteúdo.
      2. Mas o direito de ação tem que se aproximar do direito material, pois não faz sentido tramitar ação desprovida de qualquer fundamento.
      3. Surgem as condições da ação: são os requisitos para exercer o direito de ação:
        1. Interesse:
        2. Legitimidade:
        1. Teoria da Ação como direito autônomo e concreto:
          1. O Direito de ação é um direito à sentença favorável, razão pela qual a ação não se considera exercida em caso de sentença desfavorável e não soluciona casos em que não são preenchidos requisitos mínimos para análise do mérito;
        2. Teoria da Ação como direito autônomo e abstrato:
          1. A ação não tem qualquer relação ou dependência com o direito abstrato.
          2. O direito de ação é um direito público e subjetivo a um pronunciamento judicial (favorável ou não).
          3. Problema dessa teoria: houve afastamento muito grande entre o direito processual e o direito material, pois o formalismo exacerbado retira a preocupação e a importância do direito material
    1. Teoria Eclética:
      1. O direito de ação é autônomo e abstrato: é o direito a uma sentença de mérito, qualquer que seja o conteúdo.
      2. Mas o direito de ação tem que se aproximar do direito material, pois não faz sentido tramitar ação desprovida de qualquer fundamento.
      3. Surgem as condições da ação: são os requisitos para exercer o direito de ação:
        1. Interesse:
        2. Legitimidade:

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas