A maior rede de estudos do Brasil

quais os princípios da administração publica ? fundamente cada uma delas


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A administração pública é um sistema de limites imprecisos que compreende o conjunto de organizações públicas que funcionam como administrativa e gestão do Estado e outras entidades públicas com personalidade jurídica, seja regional ou local.

Devido à sua função, a Administração Pública coloca os cidadãos em contato direto com o poder político (servidores públicos), satisfazendo os interesses coletivos imediatamente, em contraste com os poderes legislativos e judiciais, que o fazem de maneira mediana. O modo como a Administração Pública está relacionada à cidadania e a dinâmica governamental a que está sujeita fazem dela uma subdisciplina acadêmica da Ciência Política. É por isso que a Administração Pública é estudada em conjunto com as referidas ciências sociais de maneira conjunta e complementar.

A administração pública é um sistema de limites imprecisos que compreende o conjunto de organizações públicas que funcionam como administrativa e gestão do Estado e outras entidades públicas com personalidade jurídica, seja regional ou local.

Devido à sua função, a Administração Pública coloca os cidadãos em contato direto com o poder político (servidores públicos), satisfazendo os interesses coletivos imediatamente, em contraste com os poderes legislativos e judiciais, que o fazem de maneira mediana. O modo como a Administração Pública está relacionada à cidadania e a dinâmica governamental a que está sujeita fazem dela uma subdisciplina acadêmica da Ciência Política. É por isso que a Administração Pública é estudada em conjunto com as referidas ciências sociais de maneira conjunta e complementar.

User badge image

Thays Oliveira Freitas

Há mais de um mês

“Os princípios básicos da administração pública estão consubstancialmente em doze regras de observância permanente e obrigatória para o bom administrador: legalidade, moralidade, impessoalidade ou finalidade, publicidade, eficiência, razoabilidade, proporcionalidade, ampla defesa, contraditório, segurança jurídica,

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas