A maior rede de estudos do Brasil

V ou F? "Em relação ao ao negócio jurídico, o OBJETO POSSÍVEL OU LÍCITO pode ser considerado como requisito de validade e existência".


1 resposta(s)

User badge image

Wilton António

Há mais de um mês

Segundo a doutrina francesa da inexistência jurídica, um negócio inexistência é aquele não tem o "corpus" do negócio, ou seja, não tem a materialidade de um negócio jurídico.

Esta doutrina surgiu no contexto do direito da família com o propósito de estabelecer uma invalidade mais "forte" que a nulidade visto que a nulidade produz certos efeitos secundários mormente em relação a terceiros de boa-fé.

As restrições legais em relação ao objeto negocial são sem dúvida requisitos de validade de um negócio, segundo a referida disposição, porque não é admissível, por exemplo, que uma pessoa seja objeto de um negócio de compra e venda nem de locação, etc.

Por isso, eu entendo que a afirmação é verdadeira.

*Com a ressalva de que no código civil do meu país há mais requisitos de validade do negócio jurídico, a saber: o objeto negocial deve ser lícito, física ou legalmente possível, não contrário à lei, à ordem pública e aos bons costumes. Art.° 280 Código Civil moçambicano
Segundo a doutrina francesa da inexistência jurídica, um negócio inexistência é aquele não tem o "corpus" do negócio, ou seja, não tem a materialidade de um negócio jurídico.

Esta doutrina surgiu no contexto do direito da família com o propósito de estabelecer uma invalidade mais "forte" que a nulidade visto que a nulidade produz certos efeitos secundários mormente em relação a terceiros de boa-fé.

As restrições legais em relação ao objeto negocial são sem dúvida requisitos de validade de um negócio, segundo a referida disposição, porque não é admissível, por exemplo, que uma pessoa seja objeto de um negócio de compra e venda nem de locação, etc.

Por isso, eu entendo que a afirmação é verdadeira.

*Com a ressalva de que no código civil do meu país há mais requisitos de validade do negócio jurídico, a saber: o objeto negocial deve ser lícito, física ou legalmente possível, não contrário à lei, à ordem pública e aos bons costumes. Art.° 280 Código Civil moçambicano

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes