A maior rede de estudos do Brasil

2- Disserte sobre o princípio da fungibilidade recursal (Procurador do Distrito Federal. (Esaf. 2004).


2 resposta(s)

User badge image

Vivian Fernandes

Há mais de um mês

É um princípio de aproveitamento do recurso interposto erroneamente, quando ocorra dúvida gerada pelo próprio sistema e que no âmbito do CPC 2015 obtêm novos fundamentos normativos, como na propalada regra interpretativa da primazia (ou preponderância) da análise de mérito, prevista em seu artigo 4º, que busca o máximo aproveitamento da atividade processual.

É um princípio de aproveitamento do recurso interposto erroneamente, quando ocorra dúvida gerada pelo próprio sistema e que no âmbito do CPC 2015 obtêm novos fundamentos normativos, como na propalada regra interpretativa da primazia (ou preponderância) da análise de mérito, prevista em seu artigo 4º, que busca o máximo aproveitamento da atividade processual.

User badge image

Santiago Gaby

Há mais de um mês

O princípio da fungibilidade recursal significa que se no caso concreto deveria ser interposto um tipo de recurso, mas se escolhe outro, esse último pode ser aceito, desde que haja dúvida na doutrina e jurisprudência, quanto a qual tipo correto o recurso a ser utilizado no caso. Neste caso, a lei não definiu a natureza jurídica da decisão se interlocutória ou sentença, sendo assim, para que seja aplicado esse princípio, deve ser verificado a cumulação de dois requisitos: Interpor recurso equivocado no prazo do correto e demonstrar a não ocorrência de erro grosseiro, sendo evidenciado pela dúvida objetiva.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes