Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Quais são as características da avaliação formativa?

Pedagogia

UNOPAR


7 resposta(s)

User badge image

Rafael Garcia

Há mais de um mês

Geralmente ela é empregada para acompanhar o processo da aprendizagem dos alunos. Talvez seja a mais importante das formas de avaliação, pois ela não carrega a tensão de um resultado final, e oferece ao professor direcionar ou redirecionar o seu trabalho. Retribui o joinha Fernanda

Geralmente ela é empregada para acompanhar o processo da aprendizagem dos alunos. Talvez seja a mais importante das formas de avaliação, pois ela não carrega a tensão de um resultado final, e oferece ao professor direcionar ou redirecionar o seu trabalho. Retribui o joinha Fernanda

User badge image

Jucilene Silva

Há mais de um mês

Uma das mais importantes características da avaliação formativa é a capacidade em gerar, com rapidez, informações úteis sobre etapas vencidas e dificuldades encontradas, estabelecendo um feedback contínuo sobre o andamento do processo de ensino e aprendizagem. Com esse tipo de avaliação é possível ter os subsídios para a busca de informações para solução de problemas e dificuldades surgidas durante o trabalho com o aluno. Na avaliação formativa, os fatores endógenos, ou seja, os fatores internos à situação educacional são levados em conta para proceder à avaliação. Por acontecer durante o processo de ensino e aprendizagem, a avaliação formativa se caracteriza por possibilitar a proximidade, o conhecimento mútuo e o diálogo entre professor e aluno

User badge image

Gleicy Alves.

Há mais de um mês

5 principais características da Avaliação Formativa

Conheça as características da avaliação formativa:

1. Considera que o desempenho escolar não é algo estático

A primeira das características da avaliação formativa que resolvemos apresentar a você é: considera que o desempenho escolar não é algo estático.

Para os grandes cientistas e pensadores, a avaliação formativa que realmente tem valor acredita que o desempenho escolar é algo provisório e em constante evolução. 

Isso significa, na prática, que cada novo resultado serve como base para um passo adiante, a fim de melhorar esse desempenho que está em constante melhora e evolução. E é justamente por isso que a avaliação formativa não vê o erro como uma falta, mas sim como algo que faz parte do processo de aprendizagem. 

2. A avaliação não é pontual

A segunda de nossa lista de características da avaliação formativa está relacionada à não pontuação. 

A avaliação formativa considera o ou a estudante como ser em constante evolução, portanto não acredita em um método avaliativo pontual. 

Ao contrário, a avaliação interessa pelo passado, presente e futuro dos estudantes, sempre contribuindo para o melhor desempenho, levando em conta o que foi, o que é e o que será aprendido. Sendo mais que uma avaliação que mede um desempenho específico pontual, atendo-se ao processo de conhecimento que é longo e merece ser visto de maneira individualizada.

3. É uma avaliação diagnóstica

Por se interessar em formar um estudante de maneira plena, a avaliação formativa possui o caráter de ser diagnóstica.

Como assim? Você pode estar se perguntando.

Entendemos, por caráter diagnóstico, a avaliação do ensino-aprendizagem dos estudantes a cada nova etapa. Essa característica permite a melhor intervenção educacional, que será feita em um determinado momento adequado, objetivando uma melhora constante.

4. É uma avaliação inclusiva

A quarta de nossas características da avaliação formativa diz respeito à inclusão.

A avaliação formativa é inclusiva, ela não exclui ou descarta o aluno, mas o convida a melhorar e ser autor de seu processo de conhecimento. 

E é por isso que um dos instrumentos mais usados dentro da avaliação formativa é a autoavaliação.

Essa é, portanto, uma alternativa bastante viável às escolas que procuram adotar uma educação inclusiva.

5. Avaliação de mão dupla

Por fim, a última de nossa lista de principais características da avaliação formativa é que ela é um método de mão dupla.

Isso significa que esse tipo de avaliação permite aos alunos darem um feedback às didáticas utilizadas pelos professores e professoras.

Os professores devem sempre dar feedbacks atualizados acerca do desenvolvimento dos alunos, assim como os alunos também precisam informar aos professores questões pertinentes à didática e ao ensino, o que tem ou não funcionado.

Essa pergunta já foi respondida!