A maior rede de estudos do Brasil

Qual respostas correta?

4. Sobre as assertivas abaixo, quais estão incorretas: (2,0)

a) Inexiste o crime de prevaricação na conduta de delegado de polícia que deixa de lavrar o auto de prisão

em flagrante em razão da existência de dúvidas quanto à caracterização da infração cometida pelo

agente.

b) No crime de desacato não é necessário que o agente tenha o propósito claro de denegrir a função

exercida pelo funcionário, que a ofensa seja proferida na frente do funcionário ou que este se sinta

ofendido, entretanto é necessário que o agente saiba que o funcionário está no exercício da função ou

simplesmente que ele é funcionário público.

c) Não haverá crime de desobediência quando a ordem provém de funcionário incompetente, não se

revestiu da forma legal e o destinatário não tem o dever legal de atender à ordem.

d) No crime de corrupção passiva apesar do tipo descrever o elemento normativo “vantagem indevida” o

crime se configura mesmo que o funcionário receba vantagem devida porque o funcionário não tem o

direito de solicitar, receber ou aceitar qualquer tipo de vantagem em razão de sua função.

e) No crime de concussão mesmo que o agente acredite que a vantagem que exige é devida, não haverá

exclusão da tipicidade por erro de tipo, pois que a exigência constitui um verdadeiro constrangimento,

uma coação.

f) Não haverá crime de corrupção ativa quando o agente oferece ou promete vantagem para que o

funcionário retarde a prática de um ato ilegal.

g) No crime de Fraude Processual é necessário que haja processo judicial em andamento (civil, penal ou

administrativo), de modo que inexiste delito se a ação ainda não foi iniciada.

h) O crime de Autoacusação Falsa consuma-se quando a autoridade toma conhecimento da auto-acusação,

sendo necessário o efeito da conduta como p.ex. a instauração de inquérito policial.

Direito Penal IV

ESTÁCIO


Ainda não temos resposta. Você sabe responder?