play_circle_filled_white

A Psicologia Educacional e Escolar em São Paulo: Construção de um Novo Homem

https://images.passeidireto.com/thumbnails/video/57021766/thumb.jpg.xlarge
Para fazer download do vídeo, acesse o site do CRP SP: http://www.crpsp.org.br/portal/comunicacao/vol8_educacao/educacao.html História e Memória da Psicologia em SP "A psicologia educacional e escolar em São Paulo: construção de um novo homem" Foi a partir das demandas da Educação que a Psicologia se desenvolveu; e foi na Psicologia que a Educação fundamentou suas atividades. As escolas foram organizadas e reorganizadas em toda sua estrutura ao longo deste processo, sempre refletindo as concepções vigentes em cada época. Das primeiras carteiras escolares, fixas no chão, com um único professor à frente em um tablado para o formato escolar atual, com educação inclusiva, computador, há uma longa e complexa história. Os primeiros professores concebiam que as dificuldades de aprendizagem eram só do aluno, portanto, a escola e a sociedade eram isentas de culpa. Depois, o aluno deixou de ser problema e a responsabilidade recaiu na escola. Até que professor e escola passaram a ser vistos como parte de um todo, e a sociedade, esta sim, a principal responsável pelo não aprendizado dos alunos. Pode-se concluir, portanto, que a Psicologia Educacional/Escolar se desenvolveu a partir do Brasil colonial, considerando o contexto histórico e social e as concepções de cada época.
UNISANTA