A maior rede de estudos do Brasil

Prova Final Concurso de Crimes 02play_circle_filled

Transcrição


a regra do concurso material. Esse concurso será omolú gênio crimes da mesma espécie. Concurso é ter oxigênio, por consequência, é aquele em que o sujeito pratica crimes de espécies diferentes. Um roubo, estupro, um furto. Quando tem espécies diferentes, chamamos de meteorologia quem com o curso formal O que é o concurso formal no concurso formal nos termos do artigo setenta do Código Penal, o sujeito com apenas uma ação ou omissão, repito apenas uma ação ou omissão realiza vários crime. Apenas uma ação ou omissão realiza vários crimes. Essa característica do concurso formal Como será aplicada a pena aqui, é necessário fazer uma distinção. O concurso formal pode ser classificado em concurso formal perfeito, ou o próprio é imperfeito ou impróprio? Repito pode ser classificado em concurso formal perfeito o próprio e imperfeito ou impróprio. O que é um concurso formal perfeito próprio é aquele em que o sujeito não tem mais de um desígnio, repito é aquele em que o sujeito não tem mais de um desígnio, e o imperfeito, impróprio, fora de si própria, é aquele que o sujeito não tem mais de um desígnio. Claro que o prefeito, claro que o impróprio é aquele em que o sujeito tem mais de um desígnio. Então já montamos um quadro do concurso formal. Concurso formal é aquele que, com uma ação sujeito, pratica dois ou mais crimes perfeito, ou o próprio, quando ele não tem mais de um desígnio imperfeito ou impróprio quando ele tem mais de um design. Mas o que é design? O conceito traz uma série de interpretações de posições. Por isso, vamos tentar resumir em alguns simples em algo facilmente perceptível, principalmente da forma como se traz em provas em concursos tenha desígnio como previsão de resultado lesivo previsão de resultado lesivo representação do resultado querido, previsão de resultado lesivo, representação do resultado querido, certo, querido tenha a ver sim como querer do dolo direto para a doutrina majoritária o desígnio ele demonstra, ele traduz dolo direto. Então eu tenho dolo direto de quanto os resultados. Se eu tenho o dolo direto de vários resultados, eu tenho mais de um, dizia se eu tenho o dolo direto de apenas um, onde nenhum resultado, não tenho mais de um desígnio certo como que se aplica a pena? Como se aplicaria pena à noite No concurso formal perfeito, será usado o critério da exasperação, Repito Ex- Aspiração O que significa a critério da exasperação, significa que a pena deverá ser aumentada em fração. O critério da exasperação significa que a pena deverá ser aumentada em são que pela infração no concurso formal, o próprio perfeito, que é o que estamos tratando, deverá ser aplicada a pena mais grave deverá ser aplicada a pena mais grave. Com o acréscimo, a infração de um sexto a metade, deverá ser aplicada a pena mais grave, com o acréscimo a infração de um sexto a metade. Como assim? Pena mais grave? Agora, imagine que o sujeito praticou, em concurso formal um crime cuja pena é de cinco anos, um outro de dois e o outro de um. Qual é a pena que será tomada como base para a exasperação? A pena de cinco anos apoiasse a pena de cinco anos e sobre ela será feito um acréscimo de um sexto a metade. Como é feito o acréscimo livremente pelo juiz, ele escolhe uma fração preferida. Claro que não há um critério. Qual é o critério? Quanto maior, quanto maior o número de crimes, maior o aumento. Quanto maior o número de crimes resultantes daquela mesma ação, uma ação, vários crimes. Quanto maior o número de crimes, maior a um min. Mas se todos os crimes têm a mesma pena, qual que eu vou escolher para si a base? Isso não é um problema, Isso já é uma solução ainda mais simples. Qualquer uma não é também se todos os crimes praticados têm a mesma pena país, qualquer uma delas. Em cima, é feita uma creche. Esse é o concurso formal próprio ou perfil, e o impróprio ou o imperfeito no impróprio ou imperfeito. As penas serão aplicadas conforme acumulação conforme o critério da acumulação, o mesmo do concurso material ou mesmo do concurso material, o mesmo do concurso material. Também no concurso formal imperfeito é adotado o critério da acumulação. As penas devem ser somadas, somada. Exemplo Exemplos de concurso formal Perfeito, Imperfeito Perfeito, Imagine lá o motorista do ônibus, um exemplo que havíamos comentado há pouco o motorista do ônibus para dirigir o ônibus e se distrai por um. Segundo ela, a moça bonita pelo acidente na frente e acaba tendo como consequência, acaba causando a morte de quinze passageiros. Pela soma quinze, Visa apenas de dois anos teriam a pena mínima de três anos. Mas mas com uma ação que foi o movimento ou não o movimento, mas a condução de extraída que acabou batendo aí a roda na calçada e etc. Com uma ação, ele gerou quinze crime. Uma ação, quinze crimes. Concurso formal será a perfeito em perfeito. Quantos dolos ele tinha? Quanto os dólares diretos ele tinha quando os resultados criminosos ele havia representado? Quando os resultados criminosos ele havia previsto nenhum. Então este é um concurso formal perfeito, perfeito, porque não há mais de um design. Como é que deve ser aplicada a pena no concurso formal perfeito? Acabamos de comentar. A pena deve ser aplicada conforme o critério de exasperação. Apanha a pena do mais grave dos crimes. No caso. Como hipótese, todos esses homicídios culposos teriam a mesma pena de dois anos. As penas são iguais, qualquer um deles pega a pena de dois anos e aumenta de um sexto a metade. Quando que vai aumentar de um sexto a metade, quinze crimes é muito, muito, um grande número então vão aumentar de metade. Pega a pena de dois anos, aumenta de metade é um soma dois mais um, três, três anos. Nossa a pena que pelo concurso material chegaria há trinta anos no concurso formal prefeito foi de apenas três anos. Será que é uma pena muito branda? Ou será que não é um imperativo de proporcionalidade?