A maior rede de estudos do Brasil

Aula 06 - Processos de Fabricação - Telecurso Profissionalizantevideo play button

Transcrição


a tensão. Começa agora uma tele aula de processos de fabricação do curso profissionalizante. Você vai assistir a tele aula de número seis Bons Estudos. Hoje, depois dessas nossas aulas sobre fundição, você já deve ter aprendido muito sobre o assunto. Não é mesmo? Muito bem, mas da tele aula de hoje, você vai ver como quase tudo o que você aprendeu aqui pode ser processado pelas máquinas através da automação. Você vai ver hoje é que o computador entra no processo de fundição do projeto da peça e na construção do modelo e ainda da fabricação do molde e vai ver como funcionam as máquinas nas operações de vazamento, então preparada para encarar a automação na fundação. Então, vamos começar vendo como foi que a automação apareceu nessa história. Se você é uma daquelas pessoas que acha que a automação, a grande novidade, eu tenho uma novidade para você. Automação nas indústrias o resultado de um processo que vem de uma longa data. É claro que a partir dos anos cinquenta, quando o computador entrou nas fábricas, automação ganhou um impulso e as máquinas da linha de montagem ganharam importante característica no processo. A flexibilidade com os computadores ficou muito mais fácil adaptar os processos de fabricação, as exigências do mercado. Você já tinha pensado como computador, é importante na indústria moderna. Então fique por dentro uma produção automatizada, qualquer mudança no processo implantada com uma simples alteração no programa do computador. Isso economiza uma enormidade de tempo e de recursos, e por isso é que é tão importante você conhecer muito bem este novo amigo, o computador. O computador hoje em dia está presente no monte de processos industriais. E a fundição, como você sabe, não é muito diferente. Ele está presente no trabalho desde o começo, desde o projeto da peça no projeto, o computador ajuda a gente a fazer, entre tantas coisas, a análise da resistência da peça, que vai ser fundida. Ele ajuda a verificar a capacidade da peça, suportar esforços, variações de temperatura e assim vai. E a gente pode fazer todas essas análises sem precisar construir um protótipo dessa peça. A geometria da peça pode ser considerada la no projeto, com a ajuda do computador, assim como a localização dos canais de vazamento e distribuição do metal pelo molde. Sabe que eu nunca tinha imaginado quanto o computador pode fazer. A fundação olha imagina que têm computadores que controla a fabricação de modelos de fundação que são super complicado ao computador. É realmente surpreendente. Eu sinceramente não imaginava que aquele trabalhão todo o que a gente viu. Desculpe ladeira, para fazer modelos. É o que acontece. É que, às vezes, o modelo super complexo o modelador, tem que recortar e colar especial. Imagina só esse trabalhão, todo automatizado, é verdade, a partir do desenho da para produzir um programa de computador e esse programa é que vai controlar os movimentos da ferramenta ou da máquina operates computadorizada, tudo bem, tudo muito legal. Mas onde é que o homem entra nessa história? Aparece no começo do processo para fazer o programa de computador e depois, no final para o acabamento, para caprichar na superfície do modelo, Porque isso as máquinas não são capazes de fazer, pelo menos por enquanto. Quer dizer então, que dá para fazer o projeto e o modelo no computador. E mais dá para fazer uma onde também a fabricação automática de moldes acontece aqui essa máquina como ela? Nós podemos aumentar a produção e a qualidade dos móveis trabalhando com uma máquina como essa, O papel do homem passa a ser o de gerenciar a produção e da manutenção a ela. Confira agora as funções dessa máquina. A máquina de montagem têm a função de receber as caixas de montagem. Preencher as caixas com areia de moldagem compactar áreas carentes das caixas contra o modelo posicionar os machos de fechar a caixa. Na verdade, as técnicas usadas na montagem manual foram adaptadas para o processo automático. Assim como a gente usa tocadores mamães, é claro para acomodar a areia nas caixas de móveis, a máquina tem um funcionamento parecendo uma finalidade. Só que aqui a prensagem semântica Desde então, que a automatização seguiu os passos da produção anual algum de fato para cada etapa do trabalho manual, o homem encontrou um mecanismo para substituir o seu trabalho pelo da máquina e depois desenvolveu programas de computador para controlar as máquinas. Esse é o princípio da automação. Compreendeu, caiu isso quer dizer que o computador sabe tudo o que acontece, tudo o que não acontece com isso, através dos seus sensores, ele pode saber como está o trabalho da máquina. Está muito para que entende o computador. É como se fosse a cabeça da máquina. É como se fosse a cabeça claro que dentro do que ele está programado para fazer O computador só faz o que está programado para fazer. Não pensa, Mas eu penso logo insisto que o vazamento ele também pode ser automatizado. Foi o que se encaixa. Isso torna o processo muito mais seguro. A automatização do vazamento livrou os trabalhadores das altas temperaturas aqui Ele se submetiam nesse trabalho e os livrou também dos riscos de acidentes que podem ser fatais quando se transporta mental fundido por controle manual. Tarefa tão repetitiva. Depois da solidificação, os moldes são abertos e as peças retiradas. As caixas dos moldes voltam para a primeira etapa do processo. Os canais de vazamento e distribuição são tirados das peças fundidas. Então começa o acabamento no acabamento. Muitas empresas já introduziram robôs industriais usando ferramentas abrasivas rotativas. Os robots se adaptam a uma grande variedade de geometrias e peças para reformar seus contornos com precisão e rapidez, se lembra daquela aula de fundição sob pressão, lembra Sinca. Como é que fica a automação de uma fundição sob pressão que trabalham com uma injetora automação da injetora pode ser feita sem computador Como assim a gente só precisa colocar alguns componentes elétricos para controlar os movimentos da editora. É claro que a maioria das injetoras modernas trabalha, consegue, é controlador lógico programável e esse é um computador de uma tarefa simples. Ele controla determinada máquina, mas ele também precisa de um programa. É claro que tem que seguir uma sequência de ações que é colocada em sua memória assim que ele envia as ordens para os motores elétricos e as válvulas hidráulicas e pneumáticas da máquina. Essas válvulas acionam os pistões, que por sua vez vão injetar o metal para o interior da matriz. As válvulas fecham e abrem uma onde se realizam junto com os motores os demais movimentos da máquina. E para fechar o esquema existem os sensores. Professores, como você sabe, são dispositivos elétricos ou eletrônicos que avisam aos se as ordens estão sendo cumpridas à risca. Caso seja necessário, o CPF pode corrigir o desvio entre a ordem contida no programa e aquela executada pelas máquinas, o céu e corrige a distância entre intenção e gesto. Mas o que ele pode fazer? Além disso, para controlar o processo, ele controla a pressão de injeção do metal, controla a força de fechamento do molde, a vazão e a pressão do óleo lubrificante. Nesse contar uma parte coisa, ele praticamente libera o homem da operação da marca. O robô ajuda um bocado na fundição, sob pressão, tanto nas injetoras de câmara quente quanto nas de Câmara fria, e o processo de seu mouse também pode ser automatizado. Claro que pode cair no chão ou de, ou seja, na moldagem em casa, como você já viu numa tela anterior, existe um único modelo metálico e através dele que a gente pode produzir quanto os moldes for necessário, é uma tarefa bastante repetitiva. Como toda a tarefa repetitiva aceita bem a automação. Após uma pergunta, por favor, o que a máquina de chamou de amortizada faz aqui nesta fábrica essa máquina existe um painel que além do controle a temperatura controlada, toda a sequência automática até a fase final da Convenção da Casca, certo outras máquinas, inclusive controla a cobertura do modo com areia automaticamente isso de fato, existem máquinas controlada até a estação total da casca. Cem a