A maior rede de estudos do Brasil

a história de Rômulo e remuplay_circle_filled

Transcrição


ela era pronto para mais uma aula. Hoje vamos terminar a antiguidade ocidental vendo Roma, Roma, um tema também bastante presente no nosso querido e amado Enem Bora, Lá, arborizada A história humana se divide em três fases As fases de Roma dizem respeito ao sistema de governo que era aplicado então uma como uma monarquia. Depois passa por uma república e termina sua história como um império. Vamos a moradia como estudo, funcionou embora, Então vão começar aqui. Ela era um mito fundador romano, conta a história de Rômulo e Remo. Esse mito é contado no livro chamado Enem do poeta Virgilio, aonde esses dois recém nascidos teriam sido abandonados no Rio pela sua mãe e amamentados por uma loba. Por isso, toda vez que você ver Roma, você vai lembrar dessa estátua aqui ao Rômulo e Remo sendo amamentados pela loba. Teoricamente, Rômulo teria matado Remo se tornar do primeiro rei idioma, fato oleira os dois, porque o primeiro rei de Roma, de fato se chama Rômulo. É muito possível que Virgino tem usado seu nome para criar essa lei, além da toda show de bola. Agora, durante o período monárquico, Roma vai ser fundada de fato por três povos latinos, sabinos, e posteriormente vão chegar os etruscos. Show de bola, galera, vamos namoradinho. Como funcionava o governo no peito do monarca? O governo, como o próprio nome diz, uma monarquia tem que ter um rio. Só que Roma vai ser caracterizado pela presença desse elemento aqui do Senado. O Senado é uma das principais características do governo romano ao longo de todas as fases. Show de bola, então, se rei governa já assessorada por um Senado e também por assembleias. Quais as classes sociais que nós vamos ter aí no período monárquico? São as mesmas dos três períodos, tanto na monarquia quanto na República, quanto no Império nós teremos patrícios. Podemos clientes escravos, Quem são esses caras? Os patrícios são os grandes proprietários, os latifundiários, os aristocratas, quem são os plebeus, os pequenos proprietários, os clientes são os homens livres, sem impostos. Os escravos são os caras dominados, guerra ou que contraíram dívidas, não conseguiram pagar. Lembra vocês que na monarquia a concepção de escravo em Roma podia ser ou por conquista ou por dívida. Show de bola, como só que vai funcionar como só que vai cair, como essa república vai surgir, como da monarquia, passaremos para uma república. Durante esse período, nós tivemos sete reis. Os quatro primeiros reis serão de origem latina. O Senado tinha uma maioria latina. Então governavam em consonância com esse. Acontece que os três últimos reis serão etruscos e o último deles, Tarquínio, o Soberbo, como o próprio nome diz, era um cara meio difícil de se lidar. Então o Senado fez o que instituiu esse rei e tomou as funções do rei para se dando origem à fase americana. Show de bola. Então quando o Senado institui o rei acaba Monarquia e Roma vira uma república só de bola galera, bora lá. Então, como vai funcionar o governo dessa República? Nós vamos manter o Senado, vamos manter as assembleias e vamos criar o que nós chamamos de magistratura. O Senado faz as leis elaboradas, leis. Essas leis são voltadas pela assembleia e as magistraturas vão aplicar essas leis como a namoradinha que a magistratura. Na verdade são vários cargos políticos que você vai ter o consumo, maior cargo político de Roma, sempre o número de dois a um para comandar o Senado e o outro para comandar o Exército. Depois eu vou ter que o diretor quem é o diretor é o cara encarregado de aplicar as leis como se fosse a polícia do Senado. Mandou apreender executar fulano de tal. Quem vai catar, ficaram na casa dele, o diretor executivo do edital, diretor, ou seja, o cara que aplica as leis e voltei um índio que el medio de um cara que vai ajudar a administração pública vai estar lá na cidade ajudando a administrar ou sem só faz O que faz o recenseamento da população e ver quanto cada um ganha, para que para que o gestor possa recolher os impostos. Então, é mais ou menos assim funciona no Senado, faz as leis, as assembleias, voltam as leis e a magistratura vai acabar dando um jeito de aplicar a fazer show de bola galera. Vamos lá, Então, continuando aqui, Roma, durante o período monárquico, é uma vilã. Ela vai se tornar essa grande potência durante o período republicano, através de dois movimentos, o que a gente chama de expansão interna e o que a gente chama de expansão externa. O que seria a expansão interna romana é a tomada da península Itálica. Então Roma deixa de ser essa vila e toma todo o sul aqui, na verdade, só vai tomar o Norte toda a região aqui da península Itálica para dominar a boca inteira, uma vez que ele dominou a bola. A gente que está em volta dessa bota, só mediterrâneo, não é? Qual é a forma mais fácil de você se expandir a partir desse momento, dominando o Mediterrâneo? Então a expansão externa vai começar numa disputa pelo controle do Mediterrâneo, que na época era controlada por Cartago. Ou seja, Cartago controlava o Mar Mediterrâneo. Roma queria continuar a sua expressão agora vai ter que dominar o Mar Mediterrâneo, Então vai começar uma guerra entre quem? Entre os cartagineses romanos, nós vamos chamar de Guerras Púnicas. Essas guerras vão ser travadas ao longo de vários anos e vão dar como resultado o domínio do Mar Mediterrâneo a Roma. A partir do momento que Roma toma o domínio do Mar Mediterrâneo, ela vai conquistar todo o litoral do Mediterrâneo. Show de bola a galera. Só que assim, o que parecia muito bacana, muito legal, vai acabar gerando uma crise dentro da República. Por quê? Todas as terras conquistadas ficavam nas mãos dos patrícios. Todos os escravos conquistados ficavam na mão. Doze. Patrícia Produção A produção nos latifúndios começou a crescer muito porque os patrícios, seus latifúndios, tinha aquelas terras imensas e botava um monte escravo para produzir ali o que vai acontecer, a desvalorização do produto do plebeu. Então, os plebeus começam a família um atrás do outro. E o que esses plebeus fazem começam a migrar para a Roma. Vão para Roma, exigindo no Senado uma solução. Aí vão aparecer alguns legisladores, como os irmãos gráficos Caio Tibério Graco Governo de uma área, o governo de pessoas que vão tentar resolver esse problema. Mas nada disso vai dar solução à crise de Roma. A crise do escravismo romano que acontece no período republicano, então vão ser criados ou teriam virados. O primeiro triunvirato é formado por Julio Cesar Pompeu. Traço traço foi criado aqui antes de falar de graça para que foi criado só aqui. Só que foi criado para resolver o problema dos plebeus. Outros legisladores já tinham tentado resolver esse problema e todos tinham o mesmo fim. Qual os patrícios? Matos caras? Porque viram só se eles estão preocupados em melhorar a vida do plebeu, da onde vai sair o dinheiro para melhorar a vida, descreveu os patrícios. Então todo mundo que propõe alguma reforma em prol dos plebeus, acabava propondo alguma coisa que tirava gerados patrícias. Patrícia não gostava, acabavam a acabando logo com cara show de bola galera. Então foi guiada esses triunvirato para que esses três caras aqui tentassem resolver o problema. O primeiro cara dançar disse ter virado foi traço que saiu em batalhas, tentando expandir mais territórios para conseguir mais dinheiro e acabou sendo morto. Então ficaram aqui Júlio César e Pompeu. Julio Cesar partiu para galha para tentar conquistar a galera. O que era uma conquista rápida deveria ser uma conquista rápida. Acabou se tornando uma campanha de dez anos que, em vez de arrecadar dinheiro, estava gastando dinheiro. Então Pompeu consegue fazer com que o Senado mande uma carta. Júlio César acusando o de traidor, gente que ele teria que largar, que não vai voltar para a Roma, como Júlio César se negou a fazer isso, Senado falou Julio, Você traiu o homem. E aí você já vai dizer pela sua grande frase a sorte está lançada e diz o que eu sou traidor. Beleza, vou estragar, estou entrando em Roma como exercício espera. Aí Pompeu esperou. Esperou coisa nenhuma. Quando Julio Cesar conquistou a Gale voltou para Roma. Pompeu fug