A maior rede de estudos do Brasil

Direito Constitucional - Aula 14 - Remédios Constitucionais (Parte III)play_circle_filled

Transcrição


vamos lá, pessoal, olha só vamos falar agora sobre um remédio muito importante, quando algo muito importante, muito importante para a vida da pessoa que o mandado de segurança falar primeiramente o mandado de segurança individual média nacional, que é muito importante no dia a dia de qualquer pessoa. Olha o que diz a Constituição Federal sobre o mandado de segurança. Na verdade um mandado de segurança que é um remédio constitucional, que está na nossa Constituição desde nossas trinta e quatro. Isso na época Vargas. Quatro foram construção promulgada e olha o que diz a Constituição Federal, no artigo quinto inciso sessenta e nove da fé vai falar, concedê ciar Mandado de segurança para proteger direito líquido e certo, não amparado por habeas corpus, habeas data sempre quando o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder por autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder público muito bem. O mandado de segurança também é tratado na Lei doze mil dezesseis, de dois mil e nove, uma lei recente que também regulamenta o direito de, ou melhor, a garantia do mandado de segurança. Primeira pergunta Essa é a finalidade do mandado de segurança com o objeto no mandado de segurança. Quando falarmos em mandado de segurança, por favor, tem meios garantir o direito líquido e certo. Garantir direito líquido e certo. Primeiramente garantir direito líquido e certo. A pergunta é essa? O que seria um direito líquido e certo direito? Líquido e certo? O direito líquido e certo Eu vou voltar. Mais cuidado ao colocar uma órbita. Você está, não está no seu material à noite. Assim, obter junto direito líquido e certo é aquele provado, no momento da impetração, o direito líquido e certo. No momento em que você vai demonstrar o seu direito em juízo, você tem que provar no momento em que você ajuizou a sua petição inicial. Na verdade, um mandado de segurança, ele aprovado exclusivamente por provas documentais exclusivamente por provas documentais. Imagina o sujeito que passou no concurso público passou uma classificação acima de uma pessoa e na hora de tomar posse, quem toma posse primeiro melhor, que é nomeado primeiro, é o sujeito que passou numa classificação abaixo dele. Como é que ele demonstra o dinheiro? A frustração da ordem cronológica de nomeação do concurso público, ele tem chamar testemunhas. Basta ele mostrar cópia do Diário Oficial, que ele passou justamente acima daquela pessoa. Basta a Copa do Diário Oficial, porque, na verdade, o Diário Oficial, para demonstrar que direito é uma prova entre certo, ou seja, o direito de prova ele crescer. Porque ele aprovado no momento que foi impetrado, fala anexo a cópia do Diário Oficial. Na verdade, na verdade, ele aprovado exclusivamente por provas documentais também exclusivamente por provas documentais. Muito bem. E olha só nós falamos aqui que o objeto do mandado de segurança, na verdade é garantir o direito líquido e certo que não foram parado por café. Ou olha só quando não se tratar lógico quando não se tratar de liberdade de locomoção. Quando não foram casos de liberdade, de locomoção, liberdade de locomoção, porque se for liberdade de locomoção, você vai utilizar o que se for liberdade de locomoção, você vai utilizar nem quando for informações informações personalíssimas. Mas isso nem quando foi informações personalíssimas. Porque se for uma informação persona na lista acima, quando foi informação, personalíssima, na lindíssima você vai utilizar. Ou, na verdade, você sabe disso quando se tratar de liberdade de locomoção. Habeas corpus, quando se tratar de informação personalíssima habeas data, porque, na verdade, o mandado de segurança é uma ação residual, ou seja, não se tratando de liberdade de locomoção nem de informação pessoa lindíssima, você pode utilizar o mandado de segurança para garantir direito líquido e certo, não amparado por A B C ou a Gabi muito bem. Uma outra observação importante é que quando ela fala ao aludir ilegalidade sempre que o responsável pela ilegalidade, o que viola o artigo trinta e cinco conhecido sessenta e nove Ilegalidade Olha o que diz o professor Michel Temer, o nosso vice presidente da República. Grande funcionalista Quando se alô gira a ilegalidade, nós estamos falando ato vinculado Lógico ilegalidade é porque está frustrando a lei. Se está a frustrar a lei, está frustrando um ato que era vinculado e quando se falarem abuso de poder, abuso de poder, estão se reportando, nos reportando a um ato discricionário. Abuso de poder era o sujeito que o sujeito que tinha uma discricionariedade exorbitou da sua discricionariedade Ilegalidade de ato vinculado abuso de poder Ato discricionário Fala no livro do professor Pedro Lenza, citando o professor Michel Temer Vivo no processo Michel Temer Elementos de direito funcional Um Ótimo livro Direito funcional muito bem legitimação. Quem pode utilizar quem está, podemos quem pode impetrar mandado de segurança? Quem pode impetrar mandado de segurança? Legitimação ativa Quem pode utilizar mandado de segurança? Qualquer pessoa que tem o direito líquido e certo, violado qualquer pessoa, qualquer pessoa que tem o direito líquido e certo violado pessoa jurídica. Pode claro que qualquer pessoa que tem o direito líquido e certo violado o direito líquido e certo é aquele que aprovado exclusivamente por provas documentais impetrante, qualquer pessoa e quem será o impetrado impetrado. Legitimação passiva é a autoridade pública, a autoridade que causou uma violação a um direito, seu líquido e certo e também a pessoa equiparada. Só muito cuidado com isso a pessoa tem que parar muito cuidado com isso, que seria uma pessoa equiparada a pessoa equiparada a autoridade pública olha fogo Gomes equipara se a autoridade pública cuidado com isso. Equipara se a autoridade pública, os representantes ou órgãos de partidos políticos. Sabemos que partido político, a pessoa jurídica de direito privado e isso é que, para se a autoridade pública, esta lei doze mil dezesseis, partidos políticos representantes do órgão de partidos políticos, equipara se a autoridade pública, os administradores de entidades autárquicas, os administradores de entidades autárquicas também se equiparam os dirigentes de pessoas jurídicas no exercício de atribuições do poder público. Também se equiparam a autoridade pública para a finalidade do que visa o mandado de segurança. Então, cuidado. Equipara se a autoridade pública, os representantes dos órgãos de partidos políticos, os administradores, entidades autárquicas, bem como os dirigentes de pessoas jurídicas, o exercício de atribuições do poder público, espécie de um mandado de segurança, ele pode ser impetrado tanto de forma preventiva, ou seja, antes de se causar a violação de um direito líquido e certo. E também na modalidade repressiva, quando foi causada a violação ao direito líquido e certo. E você vai utilizar na verdade, o mandado de segurança para impedir que aquela lesão continue, ou seja, antes da lesão, ao direito líquido e certo, ou mesmo após a lesão ao direito líquido e certo, ele pode ser impetrado na modalidade preventiva, bem como na modalidade repressivo advogado, o advogado. Ele é obrigatório hoje é facultativo. Claro que nós já falamos que um único remédio constitucional, que o advogado é facultativa, quer lembra aí somente outro habeas corpus, todos os outros remédios, o advogado é obrigatório e aqui nós sabemos que no mandado de segurança. Você tem que pagar sim um advogado. Isso diga se de passagem, não é barato. Na verdade é muito barato. Muito bem, advogado é obrigatório. Custas. Ele é gratuito. Ele é oneroso. Logicamente tem que pagar custo. Assim, além de advogado, além de advogado, você pagar as custas processuais lembrados. Olha só pessoal, Somente os dois habeas são gratuitos habeas corpus e habeas data. Mandado de segurança tem que pagar. Além do advogado, você paga também as custas processuais. Beleza Algumas considerações acerca do mandado de segurança a primeira muito importante, muito importante. A legislação diz que não cabe mandado de segurança para que o nosso a