A maior rede de estudos do Brasil

Direito Constitucional - Aula 34 - Classificação das Constituiçõesplay_circle_filled

Transcrição


Olá, meus amigos. Tudo bem, tranquilo, pessoal, olha, só o assunto de hoje é realmente um assunto extremamente importante o seu concurso. Um assunto que está em moda. Na verdade as provas, os editais têm cobrado por demais o tema Classificação das constituições. Na verdade, esse assunto tem caído em vários concursos. Dá mais uma prova Cespe, o Cespe. A Universal também gosta muito desse tema. Então é um tema que merece atenção na sua prova. Cuidado com isso. É um tema que não é um tema tão fácil. É isso exige uma certa a memorização do candidato, Então, na verdade, nós vamos apresentar aquilo, inclusive no seu material de apoio. Esse tema está todo também impresso. Na verdade, então, cuidado com isso é um tema que exige realmente uma atenção maior, bem como na verdade, o candidato tem que memorizar, entender, internalizar o instituto. Tudo bem. Então vamos lá Classificação das Constituições Na verdade, nós vamos falar como as Constituições no mundo. Eu falo Constituição no sentido lato como esse documento, essa carta que regulamenta que seria essa norma fundamental. Lembramos dos conceitos que nós falamos aqui, sentido sociológico, político e jurídico. Na verdade, nós vamos falar como que o mundo, como que se conceitua, na verdade, como se classifica as constituições ao redor do mundo? Na verdade, pessoal, Primeira classificação que nós vamos falar Quanto à origem, para isso, quanto a origem de uma Constituição na verdade conta a origem ao surgimento. Quanto à ideia de nascer, na verdade, a finalidade de quanto que começa a existir uma constituição, a origem assim que se fala, quanto à origem, quem prova dessa maneira? Classificação? Quanto à origem, a Constituição pode ser ou prorrogada, senhores, antes de lemos o conceito de interpretar. Mas esse conceito que está elencada aqui no nosso quadro, outorgar significa, por isso, outorgar significa estabelecer, Então, quanto à origem, a Constituição pode ser a primeira espécie outorgada. Nós falamos são constituições impostas, Elas nascem sem a participação popular, sem a participação das pessoas. E mesmo sem a participação de representantes de pessoas escolhidos para tal finalidade e a constituição imposta outorgada essa surgem. Olha sua palavra chave que tem prova direto unilateralmente. Na verdade, dá vontade de uma pessoa. Pode ser o imperador. Por exemplo, um grupo de pessoas ou um grupo de um grupo político, grupo de pessoas muito bem são impostas. Na verdade, foi imposto, por exemplo, posso afirmar que se hoje que a Constituição de mil e novecentos e trinta e sete, segundo a Constituição de vagas na isso Getúlio Vargas foram a Constituição imposta inclusive conhecida como polaca. A Constituição imposta é uma Constituição que foi realmente você tem duas opções da construção da jogada, ou você aceita, ou você aceita, na verdade, é uma Constituição imposta. Na verdade, caiu muito em prova de múltipla escolha, perguntando quanto Na verdade, quais foram as constituições brasileiras que foram impostas? Nós temos várias construções impostas pelo mundo, na verdade. Mas no Brasil foram constituições brasileiras outorgadas, impostas a Constituição do Império, na verdade, de mil novecentos e vinte e quatro, que foi a Constituição de Dom Pedro, a Constituição de mil novecentos e trinta e sete, que foi a segunda Constituição, a segunda Constituição da Era Vargas, a Constituição de sessenta e sete. Isso mesmo a consultórios lage na época da ditadura militar Emílio Médici Na verdade, o Ato Institucional Número sessenta e nove, que também é considerado uma Constituição também, que foi uma Constituição outorgada mil e novecentos e vinte e quatro mil nove, sessenta e sete a Constituição de mil e novecentos e sessenta e sete e a constituição de mil novecentos e sessenta e nove. Foram constituições outorgadas, constituições impostas ao lado das constituições outorgadas. Nós temos também as constituições promulgadas pessoal, uma Constituição. Na verdade, cuidado Olha o estudo quanto à origem, também. Você tem uma Constituição quanto à origem. Quanto ao surgimento, uma Constituição promulgada O que seria a Constituição promulgada promulgada, quer dizer uma constituição reduzida, com participação promulgada. Quer dizer, uma constituição democrática. Na verdade, eu coloquei aqui alguns sinônimos que cai em prova. Inclusive caiu recentemente. Uma prova. Acesse tudo bem com a prova específica. Analista. Caiu uma questão falando sobre a constituição democrática, uma constituição democrática, nada mais é do que uma Constituição promulgada. A Constituição promulgada, então prorrogada pode ser conhecido como constituições populares, que nasce da vontade do povo. Constituições votadas? Não é isso. Que, porque realmente nós temos representantes que vão votar essas constituições ou democráticas. São aquelas constituições produzidas, com a participação do povo, guarde bem. Isso, quando falarmos aqui. A palavra chave para a sua prova, essa Constituição prorrogadas, são aquelas constituições que nascem com a participação do povo muito bem. Olha só a participação pode ocorrer em democracia direta que a democracia direta que nós falamos em direitos políticos, democracia direta, é aquela que o povo exerce diretamente diretamente, sem a participação de ninguém, como o que se pode chegar à Constituição Promulgada por meio de plebiscito, uma consulta prévia ou por meio do referendo quer referem, dando uma Constituição a posteriori, mas pode se dar uma Constituição promulgada. Quanto à origem promulgada, pode se dar com a participação da democracia direta ou por democracia indireta, ou seja, a democracia representativa. Nós escolhemos representantes e os representantes, estabelece uma Constituição em nosso nome, com o mandato conferido por nós, com mandato conferido pelo povo. Beleza é um mandato popular. Na verdade. Então, olha só, ela pode ser essa Constituição promulgada, democrática, votada ou popular, Ela pode ocorrer com a participação da democracia direta ou por democracia indireta? Lógico, mediante a escolha dos nossos representantes? Beleza? Muito bem, olha só foram constituições brasileiras prolongadas, promulgadas você sabe disso. Aquelas constituições que nasceram na vontade popular. Na isso, promulgadas nasceram na vontade a Constituição de mil oitocentos e noventa e um. Com isso, a primeira Constituição lá de Deodoro da Fonseca lá que teve, Rui Barbosa, não é isso, sugere extremamente importante nessa Constituição de mil e oitocentos e noventa e um de vinte e quatro de fevereiro, mais precisamente de mil oitocentos e noventa e um a primeira Constituição Vargas, a Constituição de mil novecentos e trinta e quatro, a Constituição de Gaspar Dutra, mil e novecentos e quarenta e seis, e também a Constituição Cidadã. Isso Constituição cidadã que teve lá. José Sarney Não é isso. Como presidente em mil oitocentos e oitenta e oito, na verdade ela vai agora cuidado, atenção comigo, uma dica de memorização para sua prova de constituições outorgadas, impostas e também de constituição. Constituições promulgadas outorgadas! Não vai estar aqui, mas eu vou colocar aquilo outorgadas. Olha só outorgadas, Promulgadas, outorgadas, promulgadas Primeiramente as prolongadas você vai lembrar de um telefone celular Ou como é que fica fácil? Vai lembrar de telefone celular qual o telefone das promulgadas É o famoso nove um três quatro quatro oito, Que fica fácil! Telefone das promulgadas até o pessoal do estúdio! Está rindo aqui fingindo Karina Isso. Nove um, três quatro quatro mil oito oito A sua pessoa não houve um três, quatro quatro mil e oito, quatro mil e oito. Não estou contente. Quero memorizar também o telefone das outorgadas que são impostos. Fácil demais nega. Aqui na Asa Norte bairro em Brasília, você está fora do DF mais o Distrito Federal. Em Brasília tem um bairro que tem um prefixo dois quatro, isso dois quatro e sete seis sete mil nove. Olha aí mil oitocentos e vinte e quatro a primeira constituição outorgada na época do Império mil e novecentos e trinta e sete segundo a Constituição. Vagas mil novecentos e sessenta e seis, ses