A maior rede de estudos do Brasil

Direito Constitucional - Aula 38 - Classificação da Constituição quanto à Eficácia e Aplicabilidade (Parte II)play_circle_filled

Transcrição


muito bem. Meus amigos, vamos lá, sejam. Sabem o quanto eu sofro aqui nessa história, muita gente feia, mas assim mesmo, isso trabalhando aqui, você tenha logre êxito aí no seu concurso. Na verdade, beleza. Então a pessoa o placar! Nós falamos da classificação de Rui Barbosa, falamos a classificação do professor José Afonso da Silva, que é a classificação para o seu concurso público. Mas falamos lá na classificação plena. Contido ilimitada, inclusive diferenciamos. Colocamos lá na classificação conferida várias espécies recessão pelo legislador, pela própria Constituição, em casos excepcionais, falamos dessa classificação também de eficácia limitada e cuidado com isso. Agora, classificação da professora Maria Helena de Nice. Uma classificação que não cai tanto em concurso, mas nós não podemos deixar de falar sobre essa classificação, ela disse o seguinte Existe normas eficácia absoluta que são normas super eficaz. Intangíveis jamais poderão ser, resistir das jamais poderão ser restringidas, por exemplo, aos aspectos. A forma federativa de Estado, na verdade, é um núcleo intangível da Constituição. Isso eu posso até alterar, ampliar jamais. Para restringir, jamais serão revestidas o voto direto, secreto, universal e periódico. A separação dos poderes e os direitos individuais, na verdade, é um núcleo supera ficar vivo da Constituição. É o que ela chama de normas de eficácia absoluta. Beleza também. Ela fala uma segunda norma que a norma de eficácia, plena norma de eficácia plena, ela agiu seguinte. São eficazes, pois possuem todos os requisitos para produção imediatos. Os efeitos, todavia, eventual emenda à Constituição poderá atingi la. É uma segunda norma, norma de eficácia plena. Isso lembra um pouco as normas de eficácia plena do poço José Afonso, Mas com uma diferença é só. Ela fala que são eficazes, pois possui todos os requisitos para produção imediatos os efeitos. Ainda havia, contudo, uma emenda à Constituição pode atingir a região. Ela fala também de norma de eficácia relativa ou restringe, viveu. São as novas que equivalem as normas de eficácia contida, que nós já estudamos, aqui do professor José Afonso da Silva, uma norma de eficácia relativa recém legível. Eu posso falar que ela estava falando de uma norma que nós já estamos aqui de eficácia, contida do professor José Afonso da Silva. Ela fala o seguinte podendo ser reduzida na forma em que a lei estabelecer. A lei pode restringir. Ela é auto aplicável, mas a lei pode restringir. São normas eficácia continua podendo ser reduzida na forma que a lei estabelecer normas de eficácia reativa restringido. Elas são auto aplicáveis, mas podem ser restringidas por uma norma infraconstitucional. Ela também falava em norma de eficácia relativa, dependente de complementação legislativa. Olha só como é que é lógico se hoje, na verdade, como as doutrinas interagem norma de eficácia relativa, dependente de complementação do amigo se pretende complementação? Você lembra do que nós já estamos aqui no professor José Afonso da Silva, uma norma de eficácia limitada? Isso é que vale se as normas eficácia limitada. Nós colocamos aqui, pois dependem desesperadamente urgente, nem necessariamente de complementação. Legisla Fifa, beleza. Aqui ela fala norma de eficácia absoluta. Norma de eficácia. Plena norma de eficácia relativa, restringe viveu norma de eficácia relativa, dependente de complementação legislativo. São quatro espécies que a professora Maria Helena Vinícius trabalha nessas classificações. Beleza exercício nos amigos, anular fixando entendimento para pagar exercícios. A primeira decisão fala que é uma questão do Cesp. Agora, dois mil e doze, nós já estamos em dois mil e treze, uma questão recente, dois mil e doze, que fala sobre essa eficácia das obras ou a crise. A questão para que as normas constitucionais de eficácia limitada ou parte, identificamos de eficácia limitada, produzam todos os seus efeitos. É necessário a atuação do legislador Ordinário, Opaca May, até aqui, são a norma de eficácia limitada. Realmente, ela não produz todos os efeitos, ela precisa de uma lei regulamentadora, definem necessariamente desesperadamente. Ela precisa de uma lei regulamentadora. Agora vamos determinar a questão. Não obstante, o fato dessas normas possuem eficácia jurídica imediata, direta, vinculante, certo. Errado? A questão, a segunda parte da primeira parte. Nós não temos dúvida, isso correta. A questão limitada precisa de uma atuação do legislador de na área da atuação do Estado ordinário. Agora, fala na questão de forças, não possui eficácia jurídica imediata, direta e cinco longe certo? Errado. Por que? Porque aplicabilidade da nova realmente aplicabilidade de uma norma limitada imediata e não integral, mas a sua eficácia imediata, segundo o professor José Afonso da Silva, porque ela tem eficácia imediata, o legislador não pode trabalhar contra uma norma prevista na Constituição Ele não pode trabalhar, ela tem eficácia imediata. Ela pode, inclusive, ser utilizada como parâmetro um controle. Ela tem eficácia direta. E ela, vincula, vincula quem conversava, não trabalhar contrariamente à norma, que nós falamos sobre isso. Olha só antes das classificações da professora Maria Helena disse Olha, só colocamos um cuidado. Está no seu caderno. Você responde com essa observação. Olha só as normas de eficácia limitada possuem aplicabilidade imediata e reduzida realmente uma absoluta. No entanto, a aplicabilidade a sua, a eficácia imediata, direta e vinculativa. Foi o que disse o professor José Afonso da Silva saber como é que é importante essa classificação. Pessoas Afonso da Silva Ele fala ao menos efeito de vincular o legislador infraconstitucional ou aos seus setores ao que está exposto estabelecido. Observa que as referidas normas têm menos eficácia jurídica imediata, direta e vinculante. Consequentemente, essa questão está certa, correta. Essa questão tranquilo, mais uma vez, não. Paulo leia novamente porque nós sabemos que as questões se repetem. Prova de concurso público Isso estão conscientes e aí, eficácia limitada ela aplicabilidade dela imediata e não absoluta. Realmente, mais a sua eficácia pode ser imediata, direta, vinculante. Foi o que estabeleceu o Jota José Afonso da Silva. José Afonso da Silva fala sobre isso por isso que essa questão está correta. Segundo a questão, são efeitos concretos das normas constitucionais programáticas, efeitos concretos das normas programáticas para buscar a sua prova, normas programáticas, Você sabe que nós estamos falando de objetivos metas, não é isso. Vitória só são efeitos concretos das normas constitucionais, programáticas, programas, metas, ações, entre outros. Condicionar a atividade discricionário da administração e do Poder Judiciário e de condicional conteúdo da legislação futura, Certo? Certo? Eu estou vinculando, Já programou uma meta que o legislador não pode trabalhar contrariamente a isso. Por isso que essa questão está correta. Certa questão condiciona a atividade discricionário da administração e do Poder Judiciário e condicionar o conteúdo da legislação futura da legislação ordinária beleza norma programática, a exemplo lá do artigo Terceiro construir uma sociedade livre, justa e solidária Garantir o desenvolvimento nacional, erradicar a pobreza e a marginalização. Promover o bem de todos, sem preconceito de origem são os objetivos da República que condiciona o conteúdo de uma possível e futura legislação. A questão da EBC dois mil e doze também analista judiciário. Olha só que são interessantes. Considere a seguinte situação seguinte Norma constitucional previsto no artigo quinto o quinto quinze falou da liberdade de locomoção, o que disse livre livre a Libéria a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, ele entrar, permanecer ou dele, sair com seus bens livre, locomoção, território só em tempo de paz, podendo qualquer pessoa nos termos na lei, nos termos da lei, não entrar, permaneceu da Mercedes Benz. Eu pergunto por senhores que não essa qual a eficácia dessa norma nos termos da lei? Eu