A maior rede de estudos do Brasil

educação infantilplay_circle_filled

Transcrição


Olá, O tema da aula de hoje é a história da educação, da infância. O nosso objetivo com a aula, visitar um revisitar importantes pensadores que pensaram a criança, pensaram infância. Começamos com Jean Jacques o Sol procurar o homem na criança. A ideia principal do cursor é de que a criança diferente do que outros pensadores até então de Zinho, as crianças já nascem boas. Elas não eram adultos em miniatura. Eles eram sujeitos, eram seres de acordo com o sul, a criança. Ela já portava em si muitas qualidades. Enquanto então, enquanto quanto mais ela pudesse ficar afastada do adulto, melhor para ela. Ele criou uma teoria chamada Teoria da bondade natural do homem, então professor. Era o seguinte a criança, ela devia viver, devia ser criada baseada em seus instintos e seus interesses naturais. Esses instintos, interesses naturais é que guiavam a educação. Um outro educador muito importante recebeu, escreveu. Ele pensou a criança, ele pensou uma instituição voltada Essa criança tem uma exceção muito conhecida até os dias de hoje, que é o jardim de infância. Nós ainda dizemos essa expressão jardim de infância é uma criação do frevo. Qual é o pensamento do frevo de que as crianças. Elas eram boas, elas nasciam boas. Elas eram como sementes, com muitas potencialidades. Elas precisavam, então, de um bom jardineiro, que cuidaria da água, da poda, do adubo e com isso florescer seria todas as potencialidades das crianças. É importante compreender a ideia do frevo a partir da própria formação dele. Ele era formado em filosofia, química e mineralogia. Agricultura, linguagem, artes Era um homem bastante estudioso, bastante erudito. E a partir de todo esse cabedal de conhecimentos e mais da sua compreensão de que a natureza é perfeita, porque ela é uma criação de Deus é que bebeu, pensa a educação das crianças pequenas em um jardim de infância, previu. Também se baseou nas ideias Pestalozzi, Ana por isso tanta importância para o contato com a natureza e para as aulas. Passeio De acordo com Fred deu. Eu até trouxe uma citação para vocês, em todas as coisas, a vida e reina uma lei eterna. A unidade está em Deus. Todas as coisas procedem da unidade de Vila de Deus e tem sua origem na divina unidade. Deu somente Deus é o princípio de todas as coisas. Esta é a ideia fundamental para Fred, como se organizaria o cotidiano nesse jardim da infância. Nessa escola, para crianças, muito a partir da alta atividade, era muito importante a ação da criança expressa no contato que ela teria com o mundo externo. A boa educação tinha basicamente três características ela tinha muita liberdade, muita regra, muita lei e também autodeterminação, dessa forma que as crianças aprenderiam. Para Weber, as atividades e a linguagem infantil eram importantíssimos, importantíssimas no cotidiano desta escola. Brincar era fundamental porque, ao brincar, as crianças atingiriam o ápice de seu desenvolvimento. Mas, como é que brinca, não poderia ser com aquela roupa pesada que elas usavam. Então, é importante uma roupa leve, uma roupa própria que produzisse, né? As condições necessárias para brincadeira. Para o frevo, eu era esta fórmula interessante. A criança precisa fazer, é preciso usar as mãos. Ela precisa se expressar de várias formas. Nós poderíamos dizer que ele foi um precursor do que hoje chamamos das múltiplas linguagens. Um outro autor muito importante muito interessante é o vídeo de controle e os Centros de Interesse de Colher. O médico nasceu na Bélgica, se dedicou à medicina e por conta da medicina, por conta do trabalho com aquelas crianças que à época eram chamadas de deficientes mentais. Retardadas mentais é aquele que nasce o interesse pela educação. O jeito como a educação estava organizada não dava conta. Ele não entendia ser possível uma organização separada em matemática, linguagem oral, linguagem escrita, ciências, porque ele discordava, porque esse modo de organizar não era compatível com o modo como a criança pensava. Como ela se apropriava do conhecimento. Então as bases para o descontrole, as bases do desenvolvimento não partem do da parte para todo, mas sim, ao contrário do todo para parte. E assim que ele propõe a criação de centros de interesse, eram centros de interesse. Os centros de interesse na acima das necessidades das crianças são as necessidades das crianças alimentação, respiração, asseio, proteção, fim, necessidade de brincadeira de jogos. A partir dessas necessidades é que os centros de interesse se organizavam. Assim, as crianças teriam uma visão do todo para depois ir para as partes. Como seria a escola Escola Seria praticamente uma oficina, um laboratório em que a criança teria muita oportunidade de fazer descobertas, de realizar experiências. Então sim que se podemos dizer que o pensamento decole é baseado na observação que as crianças constroem na associação das características entre os observáveis. Depois, na expressão do que aprendeu do que observou do que associou. Essa expressão se daria também diversas formas por múltiplas linguagens, pelo desenho, pela modelagem, pelo trabalho manual, pela linguagem Maria Montessori essa mulher médica também pensou e criou materiais para a infância. Qual era a ideia da Maria Montessori de que a pedagogia deveria ser científica e voltada para a paz na escola? Desde pequeno que nós formamos as crianças para um mundo melhor? A criança, segundo Montessori, carrega em si todas as potencialidades, como se fosse o que de melhor o homem possui e a partir disso que cabe ao professor, o professor é aquele que organiza o espaço que pensa o acesso aos materiais, para que essa criança cada vez aprenda e explore mais a partir de suas próprias potencialidades. Interessante, no caso da Maria Montessori, que nós temos criança e professor aprendendo juntos os princípios da pedagogia da Maria Montessori, Liberdade, atividade livre, escolha a criança, se auto alto educa. Ela escolhe a atividade que ela quer fazer a partir daquele ambiente preparado pelo professor. Bastante disciplina, mas não uma disciplina externa, e sim uma disciplina interna ativa. É preciso silêncio em movimento, independência e dignidade. Existe uma preparação espiritual para ser professor. E para conseguir organizar esse ambiente de modo a atingir necessário, nós podemos dizer que tem três circunstâncias que favorecem uma pedagogia montessoriano, primeira mobiliário, mobiliário pequeno do tamanho da criança propício à exploração, segundo um professor que ela chamava de mestre humilde que aquele que está junto com as crianças, preparando, mas não se sobrepondo a elas o material científico. E aí é bastante interessante a proposta da Montessori, Ela dizia é fundamental o material para crianças exercitar essa função motora e esse exercício do sistema muscular por meio de materiais da vida cotidiana. Conforme vemos da imagem, as crianças lavando roupa por meio de trabalhos domésticos, trabalhos manuais. É também fundamental todo todo o aprendizado por meio dos sentidos. Então por meio de materiais térmicos, táteis, cores, formas, som, a linguagem, o desenvolvimento da linguagem se daria por meio desses materiais que ela denominou como letras móveis avançando, chegando em seu frenesi frente a frente, entendia que o ensino, a militância engajamento. Não é possível separar o pedagógico, o engajamento político, porque a educação é a possibilidade de emancipação do homem. Para o frenesi, não fazia sentido uma escola enclausurada nela mesma escola tinha que se abrir para a vida, abrir para o mundo e aí nós entendemos esse modelo de planejamento dele. O que seria o cotidiano de uma escola? Para Freenet? Bom, tem um momento de planejamento junto com as crianças. O que faremos hoje tem um momento de conversa, uma pedagogia da escuta, dos sentimentos, dos desejos, dos sonhos, um momento de atividades coletivas, um momento de comunicação do que fizemos em um momento de avaliação do nosso dia. Quais são as técnicas utilizadas por Freenet? O texto impresso, A correspondência escolar, O texto livre, a livre expressão, A aula passeio e o Livro da Vida? O nosso último autor?