A maior rede de estudos do Brasil

1 - Você sabe mesmo como funcionam processos seletivos?video play button

Transcrição


a gente sabe que conseguiu entregar uma tarefa nem um pouco fácil. Mesmo depois de ter passado quatro, cinco anos se preparando na universidade, Muitos jovens ainda reclamam que simplesmente não conseguem achar uma vaga. Da mesma forma, conversando com alguns recrutadores, a gente ouviu bastante lado deles de que não é fácil encontrar pessoas qualificadas, de que eles não estão encontrando as pessoas no perfil que eles querem. É claro que esse descompasso tem diversas razões, mas uma delas é que nos processos seletivos, às vezes o candidato não consegue mostrar o seu melhor. Não consegue dar visibilidade para o recrutador de todas as suas competências, de tudo o que ele já viveu e acaba passando a noção de que ele não está preparado para a vaga. Então, o candidato precisa, assim, correr atrás, se qualificar de ter experiências relevantes. Mas ele também precisa dedicar tempo para se preparar e mostrar tudo isso durante um processo seletivo. Você lembra quantas horas você se preparou conscientemente para o último processo seletivo que você prestou. Quando a gente não passem alguma vaga, a gente acaba colocando na cabeça mitos ou crenças limitantes baseadas em suposições que a gente fez ou em coisas que nossas colegas falam e a gente acha que é verdade. Por exemplo, as pessoas estão faculdade, são aprovadas, eles cortaram todo mundo que não morava em São Paulo. Mas daí, muitas vezes a gente se esqueça de pensar Eu será que eu cheguei preparado? Será que eu realmente fiz a minha lição de casa na hora de chegar naquele processo seletivo? Imagina se a gente gasta tanto tempo ou não, tanto tempo assim estudando para uma prova na faculdade ou para alguma apresentação que a gente tem que fazer o emprego, porque a gente não vai dedicar tanto tempo para se preparar para o processo seletivo, onde há uma vaga de emprego que está em jogo. Os processos seletivos não são nenhum bicho de sete cabeças, mas eles também dá um certo treinamento para você performar melhor o jeito que você vai se mostrar para o recrutador falar sobre você. Como você vai contar, sua história, tudo isso importa muito. E é isso que a gente vai aprender aqui, mas aí você pode até estar pensando. Ah, mas eu não tenho tanto tempo para me dedicar para um processo seletivo ou para alguma vaga bom, eu devolvo para você, o tempo é o bem mais bem distribuído da face da terra, todo mundo tem igual. Então se você vai se preparar ou não para aquele emprego, não é uma questão de gestão de tempo e sim de gestão, de prioridades. O quanto você quer um emprego se você realmente está querendo. Se aprovado algum processo seletivo, vai valer muito a pena dedicar tempo para se preparar.