A maior rede de estudos do Brasil

1 MERCADO DE CREDITO PARTE 1video play button

Transcrição


então vamos discutir o mercado de crédito. Os conceitos desse mercado já são conhecidos da gente, então só vão resumir o que a gente passa direto para as operações, que é o que, de fato começa, O que vai, O que vai nos nos nos interessar o mercado de crédito, o mercado de crédito formado pelas instituições financeiras, bancárias, o fundamento econômico dele provendo. Vamos usar o tema que, atendendo aprofundamento dele, é atender as necessidades de crédito de corto médio, prazos da sociedade, beleza e, ainda, como vimos em aula anterior, que acontece lá. Vamos ver se a dinâmica desse mercado, a dinâmica, é mais ou menos a instituição financeira bancária, mais ou menos não é assim. A instituição financeira bancária esta aqui como intermediária. De um lado, as suas operações passivas, de outro lado, as suas operações ativas e o que as instituições financeiras bancárias fazem, adicionalmente serviços bancários, serviços de natureza bancária, bom bom. Então para o banco, a instituição financeira bancária e a instituição financeira bancária, ela está prestando operações em duas pontas. Primeiro, as operações passivas são caracterizadas pelo que pela captação de recursos. Então as operações passivas elas significam que o banco está captando ou seja, uma captação de recursos e as operações ativas significa que o banco está concedendo recursos. Está, então, de um lado, uma ponta aplicar dinheiro na outra ponta. Ele empresta dinheiro, está aqui. Então, nas operações ativas, a gente está falando de operações que são caracterizadas pela concessão de recursos. Aí a gente vai ver uma a uma e no decorrer da aula e aí então o fluxo de recursos, ele vem aqui para a instituição financeira, isso na intermediária. Nesse tipo de transação, também vamos compreender algumas operações. Por exemplo, a operação tradicional da presidente vai dar mais detalhes sobre ela, mas só para clarear a captação de depósitos à vista. Então você vai ao banco. Você deposita no banco, mil reais na sua conta corrente, ao depositar na conta corrente, mil reais, você sabe o que é que você tem a sua disposição? Mil reais, Você tem o seu dinheiro a seu, o banco. Esse dinheiro é um passivo, porque se você for sacar esse dinheiro você vai ter que o banco vai ter que devolver esse dinheiro. Então ele é um passivo do ponto de vista bancário. Por isso que uma operação passiva está, ou seja, é uma obrigação do banco, não tem que devolver esse dinheiro, caso você exige também. E aí toda então operação caracterizada pela captação de recursos de uma instituição financeira é chamada de uma operação passiva? Está o banco faz isso, em geral, em operações à vista, em operações a prazo, operação à vista. Você saca o dinheiro prontamente, pelo valor integral e a operação a prazo, você só saca o dinheiro pelo valor integral no vencimento da operação. Então, sobre a compra, por exemplo, o banco emite uma CBC entrega. Daqui a pouco, também devem se daqui a um ano, só daqui a um ano você vai conseguir sacar o valor integral daquele título também. Se você quiser sacar hoje você pode, você pode, mas você vai perder dinheiro para que o banco vai te dar um valor menor do que o valor do título? Isso o banco faz, o banco capta um bolso. Aí uma parcela desse dinheiro fica com ele e uma parcela desse dinheiro fica com o Banco Central, como a gente sabe, via depósitos compulsórios, discutiu isso que também é um instrumento de política monetária do Banco Central. Beleza. Então digamos que o banco fique com metade do dinheiro que ele captou e a outra metade é lidar com o Banco Central está obrigatoriamente a essa metade que o banco mantém o que ele faz. Ele perde uma parcela. Ela digamos que pega metade da metade, ou seja, vinte e cinco por cento do total. E pega, e aí ele vai pegar esse dinheiro, que é vinte por cento do vinte e cinco por cento do total. Vai direcionar esse dinheiro para a concessão de recursos. Ele vai fazer empréstimos, fazer financiamentos, adquirir ativos, enfim, ele vai emprestar esse dinheiro, vai colocar esse dinheiro para trabalhar porque o banco grande não vive de graça, então ele vai emprestar o dinheiro para que, ao fazer esses empréstimos, ele resulte na uma rentabilidade, não uma taxa de juros combinada. Isso traga para ele o lucro na sua operação também. Então essa é uma atividade bancária. É assim que o banco opera ao banco, trabalha, em geral, com dinheiro de terceiros também. E aí, adicionalmente, o banco faz serviços bancários, uma anotação de cartão de crédito, cartão de débito Você quer emitir o boleto no banco limite para você você graças ao serviço de cobrança e faz com que ele te cobra tarifa para prestar serviços bancários em geral. Também essa ideia fundamental de um banco, de um disco, parte de um mercado de crédito institucionalmente falando essa que opera a dinâmica dele é essa A gente já sabe quais as quais as instituições que fazem parte desse mercado pressão, banco comercial, banco comum, tipo com carteira comercial, o banco comercial cooperativo, a cooperativa de crédito, A gente tem esses quatro caixas econômicas, desculpa, a gente tem se cinco assim como instituições operando no mercado de crédito também. Assim que o que acontece as transações neste vamos dizer a beleza que a gente agora precisa haver, precisa estudar as operações bancárias realizadas no mercado de crédito, tanto do lado do passivo quanto do lado ativo, Enfim. Mas a gente precisa analisar isso esquematizada para não confundir nos. E aqui tem o tema para a gente discutir. Talvez vá até o final do dia de hoje só falando das operações bancárias. É bastante coisa, mas vamos começar, vamos lá, Então a gente vai começar com as operações passivas. A gente vai começar pela mais fácil, que são os depósitos à vista, porque a gente já sabe o que ele significa e é muito fácil, muito simples. Não tem muito segredo aqui lá. Depósitos à vista. A primeira operação passiva é a operação de depósito. À vista está o depósito à vista. Ele é realizado pelo depósito de recursos, conta corrente a conta corrente em uma conta mantida para depositar o dinheiro que será sacado. A vista que estará disponível para saque à vista também é isso. Então você vai lá faz, faz um depósito de mil reais, como já disse, e esses mil reais estão prontamente disponíveis para você. Você pode tanto Sá Carlos como utilizar a função débito do seu cartão, por exemplo. Então, os depósitos à vista, eles são configuradas como um passivo herdado a instituição bancária, como a gente já viu, eles podem ser sacados, Foi utilizados na função débito do cartão, ou seja, significa que um depósito à vista ele tem. Ele tem duas, dois direcionamentos. Somos assim que tem duas, duas possibilidades Ou você usa o dinheiro manualmente falando Então você vai lá no banco você saca cem reais para ver de perto o dinheiro para ou você vai usar o dinheiro de plástico que é o cartão. Depois a gente vai ter comentários sobre cartões está cartões de crédito e de débito. Mas aqui só para saber que existe essas duas formas. A forma tanto eletrônica, via cartão, com uma forma manual de dinheiro é uma forma tradicional de ser. Utilizar o dinheiro, esse depósito à vista, função tradicional deste. A operação passiva tradicional deste mercado bancário, de de crédito é muito fácil. Isso aqui, então a gente já continua e vamos para o que importa mesmo. É isso que importa muito esta ficar aqui a essa segunda operação voltou a pagar por quê? A gente vai falar então da nossa segunda operação passiva dois, que é a operação da poupança aqui. Sim, aqui temos muito o que comentar. Acontece que a caderneta de poupança, a caderneta é uma fórmula popular de poupar dinheiro. Então, você vai no seu banco, abre uma conta de poupança, uma conta de caderneta de poupança. E você pode depositar o dinheiro lá também. Esse dinheiro vai receber capitalizações mensais, ou seja, ele vai render juros mensalmente na data de aniversário da conta. Então, nublado, vamos. Vamos fazer esses comentários. Caderneta de poupança, a forma mais tradicional de poupança, ela é um depósito a prazo e a gente vai explicar