A maior rede de estudos do Brasil

04 3 - Telencéfalo- Giros e Sulcosvideo play button

Transcrição


Olá, hoje vou ministrar para vocês a monitoria de telencéfalo E nós vamos abordar os seguintes quesitos Primeiro, uma pequena introdução do telencéfalo, nós vamos poder dizer para vocês o seguinte ele é o principal órgão do sistema nervoso central, Isso é indiscutível. Ele vai ser dividido, então, em divisões funcionais e anatômicas. A gente vai abordar principalmente as divisões anatômicas, você, essas divisões. Mas vamos dividir o cérebro, então, em face às margens, logos, vírus e sucos, como então que a gente vai a abordagem de primeira coisa que a gente tem que saber a localização do cérebro? Todo mundo sabe que o cérebro se localiza na Ucrânia, em que parte do crânio, no euro, crânio o cérebro, ele ocupa um espaço dentro do crânio. Esse espaço João, chamado então de loja cerebral. A loja cerebral, então era composta por três andares. Vai ser então a força craniana anterior, a força craniana média e a força supera territorial. Como assim faz campanha inferior, não há força craniana inferior. Ela forma a loja séria Bela, onde o cerebelo está repousando. Então essa força supera territorial ela, porque ela supera territorial, porque ela é formada por uma prega de dramática que se forma acima do cerebelo, essa prega se chama a tenda do cerebelo, território do cerebelo. Então acima dessa tenda, a força supera territorial abaixo dela a infra territorial, O cérebro. Então vai se localizar os seus três forças que eu acabei de está aqui Para vocês, Além dessa divisão, o cérebro e vai ser dividida em logos. Quais são os logos? Nós vamos ter então o lobo frontal, o temporal parietal, o hospital o logo da isso, logo olímpico, logo olímpico, ele vai ser dividido basicamente nessas quatro estruturas cerebrais corticais, porque vou abordadas a seguir. Mas esses são os logos do cérebro aqui. Então nessa imagem está enxergando a distribuição desses logos. Os novos dos serviços vão se eles vão se localizar em cada uma dessas partes? Nós vamos estar aqui, nessa imagem que estou em cima do curso aqui o lobo frontal. Atrás dele vem o lobo parietal. Atrás veio logo hospital que ele só melhor delimitado na fase medial do cérebro. Essa face que estão chegando nesta imagem, que é a face superior lateral. Assim como esta aqui, nesta outra imagem, eu tô apontando para vocês, a facilmente ao do cérebro, na facilmente ao do cérebro nós vamos poder delimitar bem logo o hospital. Além disso, nós vamos ter aqui logo olímpico. Ele está nessa corte de roxo, é um rosa mais escuro. E também nós vamos ter o lobo temporal logo temporal e fica localizado nessa porção. Além dos lobos, nós vamos falar dos polos, O cérebro, então vai ter três polos para cada um dos hemisférios. Lembre que o cérebro, ele é uma massa cinzenta, uma massa neural básica, que basicamente vai ser composta por dois hemisférios, um direito e um esquerdo. Cada um desses hemisférios, além de ter seus logos, vão ter seus polos. Só que eles são simétricos, então a gente vai ter que na extremidade anterior do lobo frontal, nós vamos tentar um polo frontal na extremidade posterior. Nós vamos ter o polo hospital e nessa extremidade lateral que continua sendo uma extremidade anterior, nós vamos ter então pólo temporal? Então são três polos frontal o temporal e o hospital. Além desses logos, logo que fica escondido em só vai enxergar e afastar as bordas do sul. Colateral, que é um sonho que eu vou dizer para vocês logo da ínsula. Esse logo que a gente consegue enxergar bem, que nós vamos. Nós não vamos abordar os seus giros e sucos, mas basicamente nós iremos apontar ao longo da isso aqui. Então eu nessa imagem, o que você faria? A gente vai ver que com dois afasta dores, nós vamos enxergar. Então, logo da ínsula o que e se tratando então, das faces, imagens de cérebro, nós vamos ver aqui então esta margem que ela é basicamente uma margem lateral, não sei porque lateral, porque ela está para fora. É uma transição entre a face superior lateral e a face inferior, uma margem lateral, afastando aqui então as bordas do sulco lateral. Nós vamos ter aqui logo da ínsula escondido, e toda essa porção que a gente chega por fora é fácil superar o lateral mundialmente. O que a gente vai enxergar, a face mundial do cérebro, essa margem que ela, basicamente à Super o Mundial. Mas nós vamos chamar de imagem medial do cérebro. Ao que, e nós vamos ter uma margem inferior mundial, que essa que contorna o lobo temporal na sua face? Na sua fase inferior? Aqui a gente está enxergando a face inferior do cérebro. Então ele vai ser dividida em três faces e três imagens. As faces são super lateral a medial inferior, as margens. Elas vão ser a Infraero em firmar dial a lateral e a super medial. Nós vamos agora para a parte mais complicada de se estudar o telencéfalo, o cérebro vai ser dividido em sucos e giros. O principal são que a gente vai observar é o suco central, esse suco aqui à frente dele e atrás dele. Nós vamos ter um giro, um giro para o giro. Pois então, vai ser giro pré central atrás do giro pós central à frente do giro pré central. Levam sul, tem um suco que leva o nome dele. O que é o suco frontal superior e o suco frontal inferior vem abaixo. Esses dois são ramos do Sul e central e esses dois sucos frontais vão dirigir aqui, então apontando proceso central frontal, inferior e superior. Esses dois sulcos vão dividir os giros frontais em superior, bem aqui, superior o médico e o giro frontal inferior qualquer. Este então foi logo frontal. Nós vamos falar agora de lobo parietal no labor parietal. Nós vamos identificar então o suco pós- central, que então é o suco que vem posteriormente ao giro pós central. Então, se a gente enxerga o suco pós- central, nós vamos enxergar que existe um ramo que sai dele. É o suco intra parietal que vai dividir o lobo frontal em dois pequenos lóbulos. Lóbulo é um lobo pequeno. O logo que vai ser originado vai ser o superior inferior. Lóbulo parietal superior Logo parental referiu Nós não estamos saindo do lobo parietal. Nós vamos agora para o lobo temporal para identificá lo. Nós não nos temos que enxergar o sulco lateral, o suco lateral ex, que vai dividir o logo temporal logo do lobo parietal, este aqui e o lobo frontal, o lobo temporal, ele vai ser. Ele vai ter. Vai ser bem semelhante ao lobo frontal, porque ele vai ter dois sucos que vai que vão dividir três vírus. Então nós vamos ter o suco temporal superior, o sulco temporal inferior que vai dividir em três vírus o giro temporal superior, o médio inferior. Mas nós conseguimos vê-los de sequência. Além disso, nós temos dois outros giros que nós conseguimos enxergá los a partir do álbum posterior do sulco lateral. Este aqui nós vamos ter então aqui o giro supra marginal e após ele nós vamos ter o giro angular como nós vamos ver, nós temos que identificar o lóbulo parietal inferior e o posterior do sul colateral. Passamos então a falar dos juros e sucos mundiais dos direitos primordiais. Nós vamos enxergar primeira. O primeiro giro, que é mais bem delimitado, é o Giro do Senhor, que acima dele há um suco que leva o seu nome o suco do sim. Abaixo, abaixo do giro do símbolo, nós vamos ter o suco do corpo caloso. O que é o corpo caloso, Um corpo caloso, uma comissão inter hemisférica? São feixes de fibras que se cruzam que se cruzam horizontalmente e vão para cada um dos hemisférios cerebrais. Uma começo inter hemisférica. Então aqui eu estou apontando para vocês o suco do corpo caloso, o corpo caloso. Então nós podemos já dividi lo aqui nessa imagem em rosto. Esse é o que aparece o joelho, o tronco e o esplendor. Essas são as quatro porções do corpo caloso. Então, como é que nós vamos ver na sequência, a primeira de baixo para cima, nós vamos, Nós vamos ter um corpo caloso acima dele. Hoje o subúrbio leva o seu nome, o segundo corpo caloso. Acima dele, o giro do símbolo acima dele o suco do símbolo, partindo então, para os ramos do giro do símbolo, o giro de sim, o suco do símbolo. Este ramo do segundo, assim é o o suco para a central, suco para a central, após dele nós vem. Nós conseguimos chegar aqui, o ramo Vamo marginal. Nós conseguimos che