A maior rede de estudos do Brasil

01 1 - Planimetria e Conceitos Morfológicosvideo play button

Transcrição


Olá, meu nome Rosina Rezende, eu só acadêmico do curso de fisioterapia, irão ministrar sobre o assunto. Colorimetria Bom começaremos primeiro pela posição anatômica. Ela é uma posição a qual o indivíduo ele se encontra em pé, o corpo ereto olhando fixo para horizonte, membros superiores junto ao tronco com uma das mãos voltadas para a frente, membros inferiores, unidos ao longo do corpo e as pontas dos pés também estarão voltadas para a frente. Essa é uma posição o padrão a qual não pode se ter uma ambiguidade. Tem que se haver uma posição certa, vocês podem visualizar a imagem a qual o indivíduo encontra se com a cabeça ereta voltada para o horizonte. As palmas das mãos voltadas para a frente. Os membros inferiores ao longo do corpo, com o pé também voltada para a frente, começaremos pelo plano mediano. Ele é um plano a qual, mas passa longe originalmente ao corpo e vai dividir o corpo em dois metade, uma direita e outras pequenas, Sendo elas iguais, vocês podem ver o plano azul aqui vai dividindo as metades iguais. O corpo passaremos para o plano frontal ou também chamado de coronal Esse plano ele também vai passar principalmente ao corpo e vai dividir o plano em outras dois metade. O corpo em dois outras metade, sendo em parte anterior, seria a frente e posterior atrás. Aqui você podem ver representado para esse plano amarela. Aqui O corte longitudinal ao corpo divide em parte anterior em parte posterior. Bom, agora começa. Agora. Veremos o plano. Se agitam o plano será digital. Ele vai passar paralelo ao corpo sendo paralelo ao plano mediano. O plano meio de ano vai dividir o corpo em dois metais iguais. Entretanto, o plano sai Edital vai passar tanto para a direita quanto a esquerda no Plano Mundial mediano. Desculpa Por último, temos o plano transversal ou também chamado de horizontal ou artificial. Ele é representado, porém, essa lâmina vermelha e vai dividir o corpo em superior e inferior. Bom, aqui vocês podem ver as três representação em dois planos. Então, aqui maior vocês vêem. Um plano mediano vai dividir o corpo em duas metades iguais, tanto de direita quanto a esquerda e aquilo que lança edital, onde ele vai mais para a lateral, dividindo o ombro que a palma da mão em espécie. Segundo o plano, o plano coronal dividir o corpo anterior e posterior e o terceiro o plano transversal que vai dividir o corpo e superior e inferior. Bom. Agora temos os eixos anatômicos Esses eixos são linhas imaginárias que vão passar paralela aos planos às quais ela se relacione. Então cada plano tem a sua linha imaginária, sendo elas dividida em três, uma lateral lateral, outra outro ano, ter o posterior e outro eixo longitudinal. Primeiramente começaremos pelo lateral lateral. Ele vai de um lado ao outro do corpo, sendo ele perpendicular ao eixo ao plano sai edital. É também se isso é conhecido como eixo transversal e longitudinal. O eixo dianteiro posterior ele vai de um sentido de frente para trás ou de trás para frente. Ele também. Ele é um espectro articular a qual a fazer noventa graus com o seu plano e e também é chamado de plano sai edital como terceiro eixo. Nós temos o eixo longitudinal. Ele vai se estender de cima para baixo e de baixo para cima ao longo do corpo. Ele vai formar também noventa graus ou é perpendicular ao plano transversal. Agora partiremos para as secções. As secções são divididas em muito original, a qual tem se um corte ao longo do corpo. A maior parte dele temos a secção transversal que vai formar um ângulo reto com estilo original, e a secção oblíqua que não vai seguir nenhuma regra vai ser obliquamente ao corpo. Agora temos os conceitos morfológicos, os conceitos morfológicos eles são muito importantes para dar a para dar a correlação de duas áreas onde somente uma área temos a comparação primeiramente do anterior e o posterior, também chamada de ventral ou dorsal. Como exemplo, o nariz anterior, enquanto a coluna vertebral é posterior, medial e lateral temos o polegar é lateral ao quinto dedo também temos o terceiro dedo é intermédio ao polegar e o quinto dele, o intermédio vai ser o intermediário de medial lateral. Também temos o superior e inferior. A cabeça é superior aos ombros e o joelho é inferior ao quadril. Bom. Aqui nessa figura, vocês veem representados as regiões tanto anterior ou ventral posterior ou dorsal genial e caudal medial, que seria a próxima linha média lateral afastada a linha média também temos proximal distal proximal. Seria próximo ao tronco em distal afastado do tronco. Então temos proximal de estado membro superior proximal, distal do membro inferior. Agora temos os termos de relação em comparação superficial, intermédio e profundo. Aqui você vem representado nessa figura muito real, como por exemplo o tecido muscular. Quem tem sido once de fora para dentro. Temos que o tecido epitelial seria superficial, muscular, intermédio e o ócio o profundo. Agora nós temos de lateralidade são divididas em lateral e contra a lateral o ex lateral seriam aquelas regiões comparadas de mesmo lado, ou seja, o polegar direito e o Alex. Direitos são os laterais são do mesmo lado, contra a lateral seria o lado oposto. Por exemplo, a mão direita é contra a lateral. A mão esquerda agora partiremos para os termos de movimento, sendo eles flexão e extensão abdução. Adoção, votação interna e externa oposição produzam reduzam elevação, rebaixamento, reversão, inversão, pronação, superação Começaremos com a flexão e extensão, o que seria a flexão a flexão? Ela vai ser a diminuição de um ângulo entre os sócios ou partes do corpo e a extensão seria o aumento deste ano. Aqui está representado a flexão no ombro, à qual o membro superior vai para volta se para a frente e a vinda dele para trás seria a extensão. Então temos uma flexão, entrou uma desculpa, uma flexão de ombro Aqui abaixo também temos uma flexão de quadrilha, tanto tanto membro inferior voltado para a frente e reflexão. E quando ele retorna para a parte posterior do corpo, temos a extensão. Temos a flexão e a extensão do punho e a reflexão e a extensão dos dedos da mão. Aqui, nessa outra mais vocês têm. Vocês podem ver que temos a flexão do cotovelo quando esse ângulo diminui e a flexão do joelho? O joelho é uma exceção, pois ele realiza a flexão posteriormente. Nessa outra, mais temos a flexão de tronco e depois a extensão do tronco. Nessa outra imagem, temos à frente um outro nome, denominado a flexão de tornozelo. Seria Dorsa flexão a qual face dorsal se aproxima da perna e a flexão plantar a qual planta dos pés. Se a faixa da perna bom, agora temos a redução e a adoção de redução é quando um membro se afasta do plano mediano, seguindo no plano coronal. Então aqui eu tenho a abdução de ombro e quando ele volta, nós temos a adoção. Seria o movimento já em direção ao plano mediano. Então a abdução como a que está sendo realizado e depois a volta a noção do ombro. Temos também a redução e a adoção da perda bom. Também temos a votação medial ou também chamada interna, a qual traz a face anterior do membro para a pesca do plano mediano e a rotação lateral externa será inverso a qual a face anterior ela é levada para longe do plano mediano. Então temos a rotação interna do ombro e a rotação externa num votação interna e externa do quadril e o movimento de reflexão em extensão. Redução a adoção Eles são realizadas em conjunto e pode se ver aqui com o movimento de circulação seria um movimento combinado bom. Agora iremos falar da contusão e retrô A protusão seria um movimento em dianteiro da mandíbula, em retração o movimento para trás da mãe, a elevação e rebaixamento seria mover se para cima como elevação e a baixa mento para baixo. Aqui temos a elevação e rebaixamento do e temos a reversão. Inversão A reversão quando o pé seria um movimento da sola do pé para longe do plano mediano e a inflação seria o movimento da sala do pé em direção ao plano mediano, então nós temos a inversão para dentro do plano mediano e a reversão para fora fora do plano. Mente bom, temos um movimento de pronação e superação Pronação Seria o movimento que a mão faz com a palma voltada