A maior rede de estudos do Brasil

Extensivo Quimica - Aula 07 - Sais - (parte 1 de 1)video play button

Transcrição


apenas uma curiosidade, jamais prove qualquer substância citada aqui porque, inclusive, pode provocar sua morte. Não houve nada aqui. E a maior parte dos sais e únicos é sólida em temperatura ambiente, inclusive com altos pontos de ebulição e fusão. O sal de cozinha, por exemplo, ele funde a oitocentos e um graus Celsius e ferve. Olha que absurdo a mil quatrocentos e sessenta e cinco eram seus muita coisa. Tem gente que quando pega o sal de cozinha e qualquer uma frigideira falar meu, isso nunca vai ter realmente, não vai derreter nas condições normais de uma cozinha doméstica e nesse aspecto, os sais. Eles são muito parecidos com as bases que também na maior parte das vezes são compostos iônicos e que precisam de altíssimas temperaturas para fundir e ferver. E vão não a gente, Nomenclatura dos seis normais. Olha só vamos começar com as nomenclaturas mais normais. Eles vão ser os mais importantes e comuns entre os seis, exatamente por isso é importantíssimo que você domine a nomenclatura pelo menos para o setor. Mais porque elas costumam cair tanto nos vestibulares convencionais quanto no Enem. Então é só nós temos aqui o ácido clorídrico. Se o hidróxido de sódio jogar esses dois caras, ou seja, conhecidas aos anteriores que nós temos aqui, sai entre aspas, junta com essa série e ocorre a formação do cloreto de sódio e a água. Como é que a gente leva um salto? A nomenclatura vai seguir essa lógica nome do ano, de nome do cartão. Então nós temos um caminha Celi. No caso, a gente vai ler entre aspas, de trás para frente, qual que é o nome deste ano? O nome deste ano é coreto. Qual que o nome deste Kátia se Kátia é o Kátia Sódio, portanto, o cloreto de sódio? Olha que macho em minha série mais é o Kátia Sódio o céu e menos Eugênio Coreto o cloreto de sódio. Agora a pergunta que você vai fazer? Como é que você sabe que esse ano se chama de um coreto simples? Porque esse ano o coreto proveniente do ácido clorídrico, ácido clorídrico. Se vocês lembram bem, ele é um IDH nascido ele não tem oxigênio da molécula e a determinação dele hídrico, como a determinação dele hídrico. A terminação do crânio que ele gera vai terminar direto, ou seja, ácido clorídrico. Anne, um coreto, inclusive pessoal. Eu deixei aquela frase para vocês. Mosquito corajoso, mordeu o bico do pato e é por isso que o espeto é cilíndrico, esperto, determinação e eto hídrico. Conforme a gente viu na lojas, não. Se você não lembra, daqui a pouco eu vou fazer um pequeno repeteco. Mas é importante que você veja essa aula ao A de aço para ter um pleno domínio do assunto. Então eu só queria ser o nome do ano de nome do cat, o nome do ano. Coreto O nome do Kátia é sódio como a gente ler de trás para frente com cloreto de sódio. Aqui para vocês vão a gente a nomenclatura dos seis ou mais paranoicos fixo. Para que a gente possa realizar a nomenclatura e montarmos a forma correta, são necessários os seguintes passos primeiro, o nome correto e o norte do ano que a gente viu na hora de ácidos. O norte do Kátia que a gente viu na loja e bases se cruzar as cargas que a gente também viu na hora de bases e de simplificar quando possível. Seguindo esses quatro passos, você consegue obter a nomenclatura de qualquer sal normal. Então vamos ver como exemplo a nomenclatura para o sulfato de sódio. Olha só sulfato de sódio A primeira coisa que eu pergunto é qual é o norte do Kátia? O sódio? Mais um longa, só mais como que a gente representa o sulfato só quatro? Qualquer norte do sulfato dois menos. Então nós temos um cartão sódio em a mais para o sulfato, essa quatro dois menos como é que eu vou saber que o quatro dois menos união sulfato simples esse cara o anel sulfato ele é proveniente do muito bem. Você lembra do ácido sulfúrico o ácido sulfúrico? Ele perde dois hidrogênios qualquer forma do osso do sul público antes de mais nada. Dois mil quatro quando ele perde os dois hidrogênios indenizáveis e cada hidrogênio tem carga mais um. Qual é a carga resultante do ano? O sulfato bom ele perde dois hidrogênios mais um mais um. Para compensar esse cara tem que ser menos humanos, Ou seja menos dois, dois menos e o sódio como da família uma antiga nomenclatura, hoje chamada de Grupo um poço inox, mais um maravilha mais um quatro dois menos que eu vou fazer, vou pegar o Inea mais e depois o quatro, dois meninos e agora eu vou utilizar a velha regra que nós aplicamos em bases Eu vou cruzar as cargas uma vez que você sabe o símbolo e a carga acabou. O problema é só cruzar, perdesse um joga para cá, pega esse dois joga para cá Como ficou um aqui macho não precisa colocar fica só são quatro, e como foi dois ficou dois logo a dois São quatro, de novo de novo de novo cruz. As cargas aqui é mais, significa mais um, então aqui embaixo joga ficar. Lá para cá fica um esquece o sinal dois jogos ficará para cá. Fica dois logo, nós temos a dois, só quatro, tranquilo, bem tranquilo, espero eu Exemplo dois Vamos encontrar agora a fórmula do sulfato de cálcio Bom o anuncio fato a gente acabou de ver que é o quatro dois, menos o cálcio. Ele é do grupo! Dois noites mais dois. Uma vez que a gente já saiba disso, é só cruzar de novo as cargas nós temos dois, quatro dois apenas falando número, estou desconsiderando o sinal que a gente vai fazer. Pessoal parece dois. Joga para cá, paga se dois joga para cá, só que eu quero que você percebe uma coisa importantíssima entender. Nós podemos simplificar os índices dois e dois são simplificava ao posto de vinte e dois por dois, o que não ocorre aqui um e dois. Exatamente por isso, ao invés de cruzar as cargas, eu posso fazer direto. Ceará Só quatro Ficou então se a quatro. Se fosse, por exemplo, três e três de novo treze três. Dá para simplificar um pelo outro. Se fosse treze três eu novamente quarta- mil três com três Seria ser essa quatro, cinco com cinco mesma coisa e assim por diante. Tem uma pergunta pode fazer se fosse dois e quatro dois e quatro, simplifica por dois. Então você faria um e dois beleza sempre que for possível, simplificar, simplifique. Vamos lá pessoal lembrete de ônibius determinação do ácido terminação do ano Terminação hídrico O ano oito determinação e com o ano é ato terminação. Uso O ano é isto, Então nós temos mosquito corajoso. Mordeu o bico do pato e é por isso que o espeto é se lidere com um cuidado, não é cilíndrico, cilíndrico, sem o por isso que o espeto é cilíndrico. Vamos mais uma vez o mosquito corajoso, virtuoso, mordeu o bico do pato e quatro e um espeto é cilíndrico, eto hídrico, hídrico, decreto ato doloso e tu, com base nessa tabelinha fica mais fácil. Inclusive deixa voltar e mostrar para vocês que o ácido clorídrico, cuja determinação é hídrico, vai fornecer um ano determinação. Cloreto muito faça agora, espero eu e vão avançar máquina do tempo. Nós temos essa tabelinha e agora a gente vai ver alguns exemplos. Olha, só parcele marcele, ele se decompõe em meio aquoso em pagar mais e se ele menos esse processo para o ácido vai ser chamado de ionização, ocorrem formação de once. Então nós temos que ali menos vai ser chamado de ano o coreto porque o ácido de origem terminei hídrico o ano para terminar em Itu ha sido por hídrico ano o cloreto. E como que você sabe que a carga do coreto menos um simples, porque ele perde um hidrogênio e cada hidrogênio tem carga mais um se ele perdesse enviadas para os dois hidrogênios a carga, que seria menos dois dois menos. Vamos ver outro exemplo há dois ou três neste ácido. Os dois hidrogênios são indenizáveis, então se ficará entre as suas pernas e dois hidrogênios. Ele fica com carga dois menos Na maior parte dos casos se tem um hidrogênio, o ânimo de origem carregamentos um. Se tem dois hidrogênios o ano de origem carga menos dois. Agora nem sempre isso é válido. Você tem que tomar muito cuidado com os ácidos derivados do ácido fosfórico ácido que tem fósforo na molécula. Você tem que ter cuidado redobrado. Inclusive. Eu recomendo que para usasse dos que têm fósforo na molécula, que você decore os ânimos para evitar cair uma pegadinha. Beleza e vão a gente paga