A maior rede de estudos do Brasil

Extensivo Química - Aula 13 - Gases - (parte 1 de 1)video play button

Transcrição


os órgãos envolvidos, ou seja, do metano, hidrogênio e do nitrogênio. Soma esses três caras vai da zero a noventa e achei a pressão total. Feito isso, o próximo passo é achar a pressão parcial. Só que a pressão parcial, ela é proporcional ao número de mãos. Então, realiza hoje três muito simples número de mols. Quando essa noventa que a soma de todos os mãos vai dar pressão total. Ou seja, número de mãos total, pressão total, número de mãos parcial zero virgula pressão parcial. Agora ficou muito fácil. Aí nós chegamos em poupa de zero vírgula quatro nove e nós podemos continuar utilizando a mesma lógica. Era agora eu vou fazer a mesma conta para o hidrogênio e a mesma conta para o nitrogênio. Obviamente, o que vai mudar a regra de três é igualzinha, é o zero vinte zero vinte, a cisão trinta. E quando eu fizer para o nitrogênio, esse zero vinte vai ser zero quarenta só isso que vai mudar. E lógico o nome da variável, obviamente também vai mudar, então olha como fica zero noventa e dois vírgula vinte a quantidade total de mãos Pressão total para o caso de jogadores Nós temos zero vírgula finta maus, muito tranquilo. Multiplique cruz faz a continha decisão noventa Passa por outro lado dividindo multiplique em cima, vai dar zero virgula trinta vezes dois e vinte dividido por ano noventa zero vírgula sete três três atmosferas e finalmente a mesma coisa para o caso do nitrogênio que tinha zero vírgula quarenta mãos mesma Coisa pessoal multiplica em cruz para ficar zero quarenta vezes dois e vinte está aqui esse cara vezes zero noventa passo usa noventa dividindo agora conchinha na pessoa não tem jeito esse fizesse dividido por esse para então zero vírgula nove sete oito e outro detalhe importantíssimo a soma das pressões parciais tem que ser igual a pressão total. Ou seja, se eu somar zero vírgula quatro nove. Haver zero vírgula sete três três zero Vírgula nove sete oito. Vai ter que dar quanto dois vírgula vinte Beleza que a pressão total maravilha e vamos lá Pessoal exercício seis Após o vídeo e tenta fazer em pessoal fizeram como então UNESP a maior parte dos mergulhos recreativos realizada no mar, utilizando os cilindros de ar comprimido para respiração. Sabe se que um o ar comprimido é composto por aproximadamente vinte por cento de dois e oitenta por cento de dois em volume dois a cada dez metros de profundidade. A pressão aumenta de uma atmosfera três. A pressão total a que o mergulhador está submetido é igual à soma da pressão atmosférica mais a da coluna de água, traduzindo muito em três. A gente sabe pelo item dois, que a cada dez metros a pressão aumenta de uma atmosfera. Só que nós não podemos esquecer que não existe apenas a pressão provocada pelo acúmulo de água. A pressão atmosférica não deixa de existir. Então, na verdade, se você estiver, por exemplo, a dez metros de profundidade, você vai ter uma pressão de duas atmosferas, uma atmosfera por causa dos dez metros e outras chamou. Será da pressão atmosférica que não deixa de existir. É isso que nós temos entre três. Então, se, por exemplo, nós estivermos a vinte metros de profundidade, nós teremos uma pressão de duas atmosferas, mas a pressão atmosférica, ou seja, três atmosferas, beleza e tem quatro. Para que seja possível a respiração de baixo da água, o ar deve ser fornecido a mesma pressão a que o mergulhador está submetido maravilha. Cinco. Em impressões parciais de dois acima de um vírgula, dois cm ou dois tem efeito tóxico, podendo levar a convulsão e a morte. A profundidade máxima em que o mergulho pode ser realizado, empregando ar comprimido sem que seja ultrapassada a pressão parcial máxima de dois igual era a primeira coisa que vou fazer formular esse quadrinho é o seguinte cálculo a gente sabe que tem um que vinte por cento do ar em volume de oxigênio. A gente também sabe do item cinco, que a pressão para seu máxima do oxigênio é de um vírgula oito km. Nessas condições, a gente vai calcular a pressão total do ar no limite tóxico. Ou seja, justamente quando o oxigênio exerce a pressão parcial de o vigoroso. Estavam lá. A gente sabe que a pressão pode ser relacionada com uma porcentagem, a gente sabe que um vírgula dois mm é a pressão exercida exclusivamente pelo oxigênio e essa pressão vai ser obviamente proporcional à porcentagem de oxigênio que nós temos um lar, então é só para uma porcentagem de vinte por cento ou dois exerce uma pressão de um vírgula, dois atmosferas numa porcentagem de cem por cento, ou seja, na pressão total, qual é a pressão exercida por toda a mistura, ou seja, pela mistura de oxigênio e hidrogênio, convocou agora multiplicando em cruz Eu vou ter que vinte X y Z alegou cem vezes um vírgula, dois cem vezes. Um vírgula dois vai dar o que centro? Vinte. Posso pegar ouvinte que está multiplicando? Posso por outro lado, dividindo ficou então cento e vinte, dividido por vinte, que vai dar seis seis atmosferas. Isso significa prestar o máximo de atenção que quando o oxigênio exerce a pressão parcial de um vírgula dois km. A pressão total é de seis atmosferas de novo de novo de novo. Esses diz que a gente colocou a pressão total como o que eu sei disso que cem por cento cem por cento é tudo total pressão total logo quando o oxigênio exerce a pressão parcial de um vírgula dois mm. A pressão total nessas condições é de seis km, beleza tranquilo, isso vamos continuar. A gente sabe também por dois. Que a cada dez metros de profundidade a pressão aumenta uma atmosfera. E no Inter entre a gente sabe também que a pressão atmosférica deve ser considerada só para vocês conferirem. Vão lá e tem dois a cada dez metros de profundidade. A pressão aumenta de uma atmosfera e qualquer outro item promover ou para e pelo três pelo outro interesse que a pressão atmosférica deve ser considerada nula e tem interesse, A pressão total a que o mergulhador está submetido é igual à soma da pressão atmosférica, mais a pressão da cúpula de água. Aquilo que eu falei se o cara estiver a dez metros de profundidade não é só a uma atmosfera que está submetido esta pressão. Uma atmosfera relativa apenas acúmulo de água. Não esqueça que a pressão atmosférica continua agindo, então, na verdade, a dez metros de profundidade, você tem duas atmosferas, uma atmosfera relativa aos dez metros, a outra atmosfera da própria pressão atmosférica, que não deixa de existir formular, continuando só um minutinho agora, assim como o ar, deve ser fornecido a mesma pressão na qual o mesmo jogador se encontra. Quando um examinador falar árabe, ele se refere a misturas de gases seria está falando de misturas de gases. Ele está falando pressão total. E se ele está falando de pressão total, ele está falando de seis atmosferas. Isso significa que o ar deve ser fornecido ao mergulhador, na pressão de seis atmosferas, no máximo limite. Mais do que isso, você vai matar o pobrezinho. Como a pressão atmosférica é de uma atmosfera, se a gente tirar essa uma atmosfera, a gente vai ver apenas a pressão relativa. Acumula água, ou seja, seis menos um que vai da cinco atmosferas, essa cinco atmosferas. Galera, repito, se referem apenas a máxima profundidade que o nosso mergulhador pode atingir. Estavam lá pressão em atmosferas, profundidade. A gente sabe que a cada dez metros nós temos uma atmosfera de pressão. Se nós tivermos uma profundidade e pessoal, nós teremos cinco atmosferas de pressão, dá até para fazer de cabeça. Mas lógico, eu preferi fazer a regra de três multiplicando na pessoa e pessoal vezes um chegou cinco vezes dez e pessoas risos. Aí pessoal, cinco vezes das cinquenta, ou seja, cinquenta metros é a profundidade máxima que o nosso mergulhador consegue atingir com essa mistura. Isso corresponde a a vocês de mais cinquenta metros. Corresponde a alternativa e vamos lá, gente, vamos continuar construindo gente, volume parcial de um gás, Esse conceito de vôlei parcial ele costuma causar muita confusão entre os alunos, mas ele é idêntico praticamente ao conceito de pressão parcial, então ele só imagine que você tem o recipiente de três litros e Messi e recipientes