A maior rede de estudos do Brasil

Extensivo Quimica - Aula 02 - Introdução à Química e Atomística Básica - (parte 1 de 1)video play button

Transcrição


átomo neutro, ele também vai ter que ter sete elétrons, logo o número de elétrons vai valer sete finalmente e tem ser número de nêutrons. A gente vai lembrar que a gozar mais ele disso nós temos que a vale catorze número de a massa inúmeros atômico sete estimular aí goza, mas ele catorze igual sete. Mas ele que eu posso eu posso pegar esse sete que está somando passa para o outro lado subtraindo catorze mil sete catorze mil sete vai dar sete, sete. Se sete en goele eu também posso escrever que ele chegou a sete e acabou? Chegamos na resposta e é difícil. Com certeza não vamos exercício três. Pergunta olha que legal É possível que um ato não possua número atômico maior que o de massa justifique pós o vídeo e tentar fazer em pessoal fizeram um pouco difícil de explicar, Mas a resposta não é possível para essa atenção a massa, a de um átomo como vocês bem sabem, é definida como sendo a soma da quantidade de prótons com a quantidade de Newton, ou seja, a gozar. Mas ele estamos cansados de saber disso. Eu quero que vocês percebam que esse A é o total de uma soma composta das seguintes parcelas Após ser lazer e a parcela galera pergunta para vocês faz sentido uma parcela ser maior que o total, Não não faz sentido porque o total sempre vai conter a parcela que no caso e a outra parcela que no caso eu ou ele pode até valer zero. Mas ainda assim perceba que esse cara seria igual a este cara. Matematicamente a esse cara é o total dizer, é uma parcela do total e todos os números envolvidos são naturais. Assim, no caso especificado, não é possível que uma parcela no caso seja maior que o total Beleza Formula representação Considere um átomo de carbono que a gente vai representar pela lei para ser e que possui um número de massa, além do doze e número atômico valendo seis para atenção a letra ser vai representar o átomo de carbono. A gente ainda não viu tabela periódica, mas eu já vou apresentar para vocês esse cara muito famoso, Tão famoso que existe uma química só para ele, praticamente que a química orgânica, mas isso também é assunto para uma outra lá estavam lá, nós temos aqui o átomo de carbono representado por essa fantástica entra ser. Ele possui números de massa, além do doze e número atômico valendo seis, como que a gente representa, Isso presta atenção, Então nós temos aqui o carbono em cima. Do lado esquerdo fica o número de massa e em baixo também do lado esquerdo fica o número atômico do nosso querido amigo carbono. É fácil de você lembrar em cima é o ar em baixa. Use o alfabeto vai sediar até dizer a em cima em baixo número de massa em cima, Número atômico embaixo, esses dois caras sempre do lado esquerdo Olha só o número de massa, número atômico de A até zero. Nós temos também que observar claro, eu friso isso porque muita gente acaba errando. Observe que esses dois símbolos ficam à esquerda, e essa representação, muita gente vai ver em livros antigos está em desuso ninguém mais nenhuma prova séria costuma fazer a utilização desse tipo de representação. Hoje em dia, esse cara que representa o número de massa fica dor lado esquerdo, Então genericamente para um automóvel de, por exemplo, se boxes, nós temos que o átomo lanches em cima, fica o número de massa embaixo fica número atômico e cuidado não caia na tentação de chamar a de número atômico em números de massa é que é o número atômico e vamos lá Isótopos. Agora a gente acabou de ver agora há pouco que atuamos com a mesma quantidade de prótons representam o mesmo elemento químico, só que isso não significa que todas as outras características não são iguais. Então, por exemplo, eles podem diferir números de massa, mas não importa. Átomos que possui a mesma quantidade de prótons vão ser chamados de isótopos e a dica que eu dou para vocês se lembra de prótons e prótons. Como vocês bem sabem, estão relacionados com o número atômico e formular dica isótopos mesmo número de prótons, ou seja, nós também podemos falar, eles possuem o mesmo número atômico porque a quantidade de prótons diz para a gente o número atômico de um determinado ato e formular exemplo os três isótopos de hidrogênio a que nós temos um hidrogênio chamado de próprio o outro deutério e o terceiro trítio. O que eu quero que vocês percebam esse cara amarelinho é uma representação, naturalmente, uma representação simplificada sem compromisso com a realidade, até porque a seleção está muito grande e no caso nós temos um único próton e um único elétron. Isso ocorre o próprio que é a variedade mais frequente de hidrogênio. No caso do deutério que também hidrogênio, ele vai ter o mesmo pronto, só que agora com um nêutron, então nós temos um próton ou nêutron e o mesmo elétron. Já o triste pessoal possui o mesmo pronto, dois neutros e um elétron. Perceba que nos três casos, esses três caras possuem essa mesma partícula verde que representam pronto. O que muda de um para o outro é a quantidade de neutros beleza e vamos lá, continuando a abundância. E sou tópica. Presta atenção quando não. Se olharmos a tabela periódica, a gente ouviu ainda, mas a boa gente falar disso, agora a gente vai perceber que o número de massa apresentado numa tabela periódica, se você quiser, você até pode baixar alguma da internet. Vocês vão perceber que o número de massa apresentado lá na maior parte das vezes é um número quebrado. Se vocês olharem, por exemplo, a massa atômica do ouro, vocês vão perceber que a massa desse cara é de trinta e cinco vírgula cinco. Isso causa estranheza muita gente olha isso. Pergunta o mais porque a massa do coro é de trinta e cinco vírgula cinco. Será que ficará? Tem meio pronto ou meio neutro no núcleo? Não posso ter um pouquinho mais complicada. Olha só o cloro da mesmíssima, forma que os demais elementos químicos que estão presentes na tabela periódica possui uma quantidade inteira de prótons e nêutrons que eu quero dizer com quantidade inteira um, dois, três quatro não existe meio pronto, muito menos meio neutro. Só que o quórum não se apresenta na natureza, uma única variedade. Nós temos, por exemplo, o cloro trinta e cinco. Olha onde está sendo que em cinco está em cima E isso significa que a massa desse cara trinta e cinco E nós temos o coro trinta e sete norte que esses dois caras possuem massas distintas. Mais friso. Esses dois caras possuem a mesmíssima quantidade de prótons, porque se eles estiverem com as cidades diferentes de prótons, eles não são um mesmo elemento químico. Obviamente, eles diferem na quantidade de neutros muito bem o que a gente percebe. Se a gente comparar a ocorrência dessas duas espécies na natureza é que o coro trinta e cinco aparece com uma frequência de setenta e cinco vírgula quatro por cento muito mais abundante que a variedade colorado, vinte e sete que aparecem com menos de vinte e quatro vírgula, seis por cento. E uma coisa importante, claro, Todas essas porcentagens estão aqui arredondadas para a gente ter uma facilitação do cálculo que a gente vai ver daqui a pouco, logo essas porcentagens vão representar as abundâncias utópicas de cada espécie. Ou seja, o isótopo cloro trinta e cinco tem uma abundância utópica de setenta e cinco vírgula quatro por cento. Já o corpo e sete tem uma abundância utópica de vinte e quatro vírgula seis por cento da natureza. Finalmente, eu quero que vocês percebam que o cálculo da massa atômica real, que é o cálculo da massa atômica que a gente observa na tabela periódica vai ser calculada com base na média para ser mais exato. A média ponderada dessas duas abundâncias e com a média costuma dar valores quebrados, é algo comum. Valores quebrados são também muito comuns na tabela periódica e vão. A gente vai poder nos próximos quadros com o que a gente calcula a média ponderada. Como em uma turma, existem seis alunos com oito anos de idade e quatro alunos com seis anos. Qual é a média de idade da turma? Esquece média ponderada, Até porque a gente ainda não aprendeu a fazer esse tipo de cálculo na aula. Como É que você faria esse cálculo simples para calcular a média da idade das pessoas? Nessa turma que você