A maior rede de estudos do Brasil

Extensivo Química - Aula 14 - Química Ambiental - (parte 1 de 1)video play button

Transcrição


fala Agora, Beleza! Hoje a gente começa com mais uma hora de química para vocês Antes, Porém, para só queria deixar um recado inscrevam se no nosso campo youtube, porque só assim você vai ficar a par de todas as nossas novidades. Beleza pessoal, como a gente, papel que ele está na mão, um detalhe importantíssimo a qualquer momento que você achar necessário. Paulo e o vídeo E leia o quadro é isso mesmo. É muito importante que você, mesmo ou você mesmo, faça uma leitura completa dos assuntos aqui presentes. Porque química ambiental galera é leitura, inclusive eu gostaria de pedir para vocês que criem o hábito de ler jornais, revistas, saibam o que está acontecendo de maneira geral no mundo, pois tudo que tem relação com mente pode acabar virando uma questão de química, inclusive química, ambiental. Voltando a química ambiental, ela vai estudar os agentes responsáveis pela degradação do ambiente e friso, nem sempre a degradação do ambiente vai ser provocada por ação humana. A gente vai falar um pouquinho disso daqui a pouquinho. Outra coisa importante é que existe um estudo muito parecido, realizado tanto pela Geografia quanto pela biologia, ou seja, no Ensino médio, a questão ambiental vai ser preocupação de três disciplinas geografia, a Biologia e a própria Química. A diferença, como eu disse, é que a química vai ter uma preocupação maior com quem causa, não necessariamente com relação à questão dos seres vivos e agora pessoal. Um detalhe óbvio, impossível numa única aula citar todos os exemplos, casos, situações em que é química ambiental, vai ser abordada. É importante que, conforme eu disse, no comecinho, você busque material complementar, principalmente pelo fato desta ser uma disciplina muito fácil, e que na média todo mundo sabe. Ou seja, quanto mais você souber acerca da química ambiental, mais você vai se destacar em relação aos seus concorrentes. Continuando a gente como focos, a gente vai falar sobre três aspectos que influenciam o meio ambiente, da nossa abordagem química, que são a poluição, a energia e a própria reciclagem. A poluição nós vamos detalhar um pouco mais, ao longo dos próximos quadros, a energia, nós veremos como os recursos energéticos afetam a nossa vida. E, finalmente, na questão da reciclagem, nós veremos como ela adota uma postura positiva na reutilização de embalagens, na destinação correta de resíduos, por exemplo, na criação de fertilizantes a partir dos resíduos orgânicos que, muitas vezes não pararem até os sanitários. Mais uma vez galera um lembrete a cada fim de quadro como esse, eu recomendo que você, Paulo, vi o vídeo e que leia por conta própria todo o assunto, o presidente do quadro para que você possa melhorar o seu aprendizado e aumentar a sua fixação acerca do assunto. E vão não há poluição, gente, a poluição vai ser um desequilíbrio, Contaminação provocado, principalmente, mas não unicamente pela ação do homem. Pois a surpresa e vocês vão conhecer os outros eventuais agentes poluidores que existem na natureza. Mas é bom enfatizar que nós estudaremos as seguintes formas de poluição atmosférica hídrica, poluição dos solos e poluição radioativa vão falar um pouquinho mais de cada tipo de poluição nos próximos quadros. E importante que vocês saibam que existem diversos tipos de agentes que causam poluição, indústrias, veículos, o nosso próprio lixo, tanto o lixo doméstico, quanto o lixo industrial. Em resumo basicamente os nossos consumos e as nossas ações diretas contribuem para a poluição. E agora a galera, aquela questão, dizia polêmica. O homem não é o único agente poluidor. Eventualmente ocorrer emissões provenientes de vulcanismo, que são muito ricas enxofre e que podem prejudicar o nosso ambiente, inclusive de forma catastrófica. Eu recomendo que vocês pesquisa acerca do vulcão Krakatoa, o nome que aparece no vídeo de vocês, para que vocês possam fazer uma complementação de aula a respeito da ação do vulcanismo. Outro exemplo AgNews na África, que é um lago extremamente rico em gás carbônico, só dois em mil novecentos e oitenta e seis, esse cara provocou uma grande tragédia através de provavelmente um processo de desmoronamento. Houve uma desestabilização no lago que provocou a emissão de enormes quantidades de só dois, que acabou matando por sufocamento vários animais e pessoas próximos, Olha só vão a gente poluição. Visão geral A poluição vai surgir dos processos industriais da produção desenfreada de lixo. Como a gente já havia dito nos quadros anteriores, os próprios processos industriais galera ocasionalmente geram também resíduos indesejáveis, como, por exemplo, o vinhoto, que é um subproduto da produção de álcool. Eventualmente, esses resíduos como esse cara aqui ou acabam sendo jogados nos rios, matando peixes e contaminando as águas mais recentemente, entretanto, é bom dizer que esse cara vem sendo cada vez mais utilizado através do seu processo de decomposição na produção de biogás que, consequentemente, acaba gerando energia elétrica. Olha que legal era um problema que, posteriormente, um pouco mais pensado, acaba se tornando uma solução, no caso, uma solução energética. Uma outra coisa óbvia é que o nosso próprio consumo humano ele gera lixo. Todo mundo sabe que após o seu almoço, o seu jantar, que nós temos latas de sardinha, os sacos que vem das compras de supermercado, a Coca Cola ou a Fanta que acabou nem através das garrafas pet. Enfim, todos esses elementos eles precisam passar por um processo de reciclagem justamente para que a gente possa diminuir o lixo urbano. Se nós não fizermos a reciclagem desses materiais, nós acabamos contaminando o meio ambiente, os lençóis freáticos, os mares, os oceanos, os lagos. Acabamos também superlotando a estrutura de aterros sanitários. Uma coisa que pouca gente ainda sabe é que a decomposição da matéria orgânica presente nesses aterros sanitários gera um líquido escuro chamado de chorume. Esse líquido penetrou subsolo e vai justamente contaminar os lençóis freáticos, ou seja, inviabilizando a água de consumo e contaminando ainda mais qualquer fio o lago que eventualmente isso, alimentos da selecção freático, outra coisa pessoal a exploração de petróleo também tem comprometido a saúde ambiental, como através do aumento de emissões de gases tóxicos. A gente sabe que a gasolina, por exemplo, vem do petróleo e a queima da gasolina nos carros provoca a emissão de uma série de gases, muitos deles responsáveis pelo efeito estufa, pela chuva ácida. Isso quando o próprio petróleo diretamente não provoque a tragédias ambientais, como por exemplo, através do vazamento de navios petroleiros. E eu acredito que muita gente já deve ter ouvido falar daquele famoso navio Edson Valdez, que foi um dos piores desastres ecológicos do mundo. Imagina manchas de óleo cobrindo milhares de quilômetros no oceano, prejudicando a pesca, matando aves marinhas, tartarugas? Enfim, foi uma desgraça. Outra sugestão de pesquisa é que só Valdez. O nome também está aparecendo no vídeo de vocês pesquisa, poluição atmosférica, galera. A poluição atmosférica óbvio provocado por duas fontes principais, que são as indústrias e a própria queima de combustíveis. Fósseis que vem dos veículos e das usinas termoelétricas vão fazer uma pausa e vamos explicar o que é uma usina termoelétrica. A gente está acostumado no Brasil com as usinas hidrelétricas, que são as usinas que aproveitam a energia proveniente da queda dos fios. Já as usinas termoelétricas, com o próprio nome, sugere termo. Ou seja, calor. Elas aproveitam a energia térmica proveniente da queima de carvão, normalmente carvão. E como vocês devem perceber? Claro, essas usinas também são muito poluentes. Além disso, a decomposição da matéria orgânica e os grandes rebanhos, eles vão contribuir para a formação de um gás chamado metano, que é um dos responsáveis pelo efeito estufa. Aí você me pergunta o que é que os grandes rebanhos tem a ver com efeito estufa? Aliás, que os grandes rebanhos tem a ver com a formação de metano? Agora parece piada muita gente vai, mas é verdade quando você