A maior rede de estudos do Brasil

Extensivo Química - Aula 11 - Mol e Estequiometria (Calculo Estequiometrico) (parte 2 de 2)video play button

Transcrição


fala agora Beleza o gente começa com mais uma ou do vestibular de havermos hoje Estequiometria, disporem, Pessoa queria deixar um recado para vocês. Inscrevam se no nosso próprio youtube porque só assim você vai ficar a par de todas as nossas novidades. Beleza pessoal vamos a gente exercício seis, partir de dois após o vídeo e tenta fazer. Era uma batalha importante, está eu não fornece as massas atômicas, mas você consegue tranquilamente uma tabela periódica. Você vai me perguntar, mas o ITA ele vai me fornecer uma tabela periódica. Não que no cabeçalho da prova muita fornece todas as massas atômicas que você vai precisar neste exercício. Como vou precisar desse pedaço para ficar muito grande, eu vou pedir para você a gentileza de consultar a massa atômica. Mas é lógico insisto esse tipo de informação seria fornecido uma prova, estava uma pausa, o vídeo e tenta fazer e pessoal fizeram uma visita. Dois mil e cinco. Vidro de janela pode ser produzido por uma mistura de óxido de silício, óxido de sódio e óxido de cálcio nas seguintes proporções porcentagem pmdb- que a porcentagem m porcentagem em massa, ou seja, a massa sobre massa representados por setenta e cinco quinze dez respectivamente. Era uma coisa importante como você vai dividir massa por massa massa por massa é a dimensional, porque massa corta com massa sobra apenas a porcentagem, Então se acostuma com esse tipo de votação, porque ela disse que a noite para quem vai prestar ita obviamente estão lá óxido de silício e óxido de cálcio nas seguintes proporções setenta e cinco quinze dez respectivamente. Os óxidos de cálcio e de sódio são provenientes da decomposição térmica de seus respectivos carbonatos. Para produzir um quilo de vidro, Quais são as massas de óxido de silício, Carbonato de sódio e carbonato de cálcio que devem ser utilizadas? Mostre os cálculos e as equações químicas balanceadas da decomposição dos carbonatos. Ela era guarda essa informação com dez mil asteriscos de composição dos carbonatos. Obviamente, a gente está falando de decomposição térmica. E na decomposição térmica de carbonatos você vai ter que ser dois saindo do sistema. Esse tipo de informação é essencial para que a gente possa resolver o exercício. Outra coisa, um quilo de vidro e as proporções que nós temos são setenta e cinco, quinze e dez. Obviamente, nós teremos setecentos e cinquenta desse cara cento e cinquenta desse cara e sem desse cara. Porque, como é, um quilo somando setecentos e cinquenta mais cento e cinquenta, mas sem vai dar exatamente um quilo. Um número redondo estavam lá, já fizeram. Eu vou supor que sim e a gente vai fazer esse exercício. Então, como eu disse, em um quilos de vidro nós teremos setenta e cinco por cento dióxido de silício que corresponde a setecentos e cinquenta gramas de dois esse cara cento e cinquenta gramas e esse outro cara cem gramas. Até aí eu acho que sem nenhum tipo de crise, logo, isso significa que a massa de um ou dois para fazer um quilo de vidro de setecentos e cinquenta gramas, na verdade, na verdade, observando agora, eu vi que eu cometi um pequeno erro. Como e também forneceu a massa com duas casas decimais, eu não poderia fornecer aqui a massa sem as duas casas decimais? Está errado, então, na verdade setecentos e cinquenta vírgula zero zero Grama cuidado! O mec já perderia um pouquinho da população por esse erro, então não comenta esse mesmo erro Escreva setecentos e cinquenta vírgula zero programa porque a unidade aqui de massa também fornece duas casas decimais e vamos continuar em dois mil três. Que isso carbonato de sódio por aquecimento vai fornecer a dois ou mais seu dois. Eu não atinge absolutamente nada, Então uma olha que obra os óxidos de cálcio e de sódio são provenientes da decomposição térmica de seus respectivos carbonatos. Isso significa que eu vou ter que aquecer o carbonato de sódio o carbonato de cálcio para obter os óxidos desses dois caras. Eu vou começar pelo carbonato de sódio logo aquecendo o carbonato de sódio. Vai haver uma ter composição térmica que vai fornecer se a dois, conforme havia dito que sobra o óxido de sódio, então ele há dois ou três por aquecimento. Fornece em dois ou mais dois. A gente inclusive já tinha discutido isso parcialmente Iorque dos que não lembra dá uma olhada nao de óxidos era a equação já está balanceada. Isso significa que um ao desse cara um mol de carbonato de sódio fornece um mol de óxido de sódio consultando A tabela periódica vem da massa do DNA do ser do oxigênio a gente descobre que a massa em gramas desse cara por mau é de cem seid gramas já para esse cara uma alta em massa de sessenta e dois gramas. Como e também já tinha esta pessoal, coloque com duas casas decimais cento e seis vírgula zero zero gramas sessenta e dois vírgula zero zero grama friso isso e dois cálculo da massa necessária de vereadores seu três então uma massa de engenharia dois São três cem gramas de massa de dois cem gramas. A gente acabou de ver que cento e seis gramas desse cara fornecem sessenta e dois gramas. Desse cara estão cento e seis gramas de dois ou três fornecem sessenta e dois gramas de dois horas, como é preciso de cento e cinquenta gramas de dois homens, porque eu quero calcular a massa em gramas de dois ou três necessárias para a produção dos cento e cinquenta gramas. Dia dois que existem um quilo de vidro estavam a multiplica em cruz, Fica então às vezes sessenta e dois chegou a cento e cinquenta vezes trinta e seis para aqui para vocês pegam. Essas revisões. Passam por outro lado, dividindo E como infelizmente, a questão não é de alternativa, eu vou ter que fazer ficar com no braço mesmo fazendo no braço obter duzentos e cinquenta e seis vírgula cinco gramas de dois ou três O raciocínio para as demais partes do exercício é praticamente o mesmo. Continuando agora a gente vai fazer o cálculo da massa necessária, disse a seu três A mesma coisa A gente sabe que por decomposição térmica do carbonato de cálcio da mesma forma que nós tínhamos a decomposição térmica do carbonato de sódio, esse cara vai fornecer seu dois, mas o seu respectivo óxido óxido de cálcio que nós temos como já está balanceado uma iniciação três fornecendo um mal de seu mais humor. Só dois Que como a questão não pergunta nada. Não é importante para a gente que é importante saber que um ao verificada produz um modo. Se cara uma obra ficará olhando na tabela periódica, inclusive eu não me engano, a gente já fez exercício hoje com o carbonato de cálcio. Já mostrei para vocês que a massa desse cada cem gramas. E se nós olharmos na tabela periódica, a gente vai ver facilmente que esse cara tem massa molar de cinquenta e seis gramas maravilha cem gramas cinquenta e seis gramas novamente a mesmíssima coisa Massa de celso três e massa de sol cem gramas de cessação três fornecem cinquenta e seis gramas de pó e programas que eu quero saber desse cara vão fornecer a cem gramas de seu estado vocês a cem gramas e señaló que são necessárias para fazer um quilo de vidro, então vamos lá. O que vou fazer agora? Pessoal, eu vou multiplicar grosso, vai ficar então e pessoal vezes cinquenta e seis gols sem vez e sem fazendo no braço é cem vezes sem a cada dez mil dividido por cinquenta e seis para cento e setenta e oito vírgula seis gramas de ser três E é difícil Acertaram, parabéns, continuando gente agora a gente vai fazer o exercício seis por análise dimensional. Formular o que eu digo para vocês por enquanto é que o cálculo de e ou dois é igual ao processo anterior, não muda nada e a gente vai utilizar as mesmas equações que nós utilizamos na resolução por Aguirre. Três Isso a gente também não foge e conforme nós já havíamos visto na decomposição térmica do dois são três do carbonato de sódio ocorre a formação de gás carbônico e óxido de sódio. E a gente também viu que, como a situação da balanceada uma aldeia ficará fornece um gol desse outro cara e a gente sabe que uma ou de carbonato de sódio olhando a tabela periódica equivale a cento e seis gramas e uma orla ficará olhando também na tabela periódica,