A maior rede de estudos do Brasil

Ativação de Soluções- Formula da Titulaçãovideo play button

Transcrição


e não caia na prova de hoje. Galerinha População Titulação é uma técnica que a gente utiliza para determinar a concentração de uma solução. Eu sei o que é a concentração é de natureza conhecida. Eu sei se é um rasto sem ser uma base. Eu sei o que é aquilo, mas eu não sei a concentração tanto, então não precisa jogar fora uma solução de um ácido que estava no meu laboratório e que ninguém anotou qual é. A concentração pode determinar através dessa técnica que chamada de titulação, são várias as titulações que a gente pode fazer a titulação de complexa ação de precipitação, situação que usam técnicas mais refinadas nela, nos laboratórios, mas para o ensino médio a titulação de neutralização é a principal, também é uma reação. Desculpa é uma titulação baseada na reação entre um ácido e uma base, por isso que ela chama reação de titulação de neutralização. Ela se baseia na reação de neutralização de um assunto por uma base e o fundamento da técnica é esse que se está vendo aqui ou o número de mols de água mais tem que ser igual ao número de mols. Diogo a. Menos como é que funciona essa técnica. Para a gente fazer a titulação, são necessários alguns equipamentos, insumos, algumas vidrarias de laboratório. Dentre essas vidrarias lado laboratório a gente tem aqui ou a Buri tá certo? Boa evitar Ratinho Caboré, ta bonitão, cilindro de vidro graduado, que vai permitir saber exatamente quanto o gasto de volume durante o processo de titulação. Aqui, nessa mureta vai algo que a gente chama de titular. Ti o que é o titular do professor? É uma espécie que eu sei a concentração dela. Esta é uma espécie que eu sei também o volume, porque quando eu terminar a titulação, basta olhar aqui na mureta quanto que gastou de volume. Eu vou explicar melhor Como funciona essa técnica estavam aqui em baixo, vai o euro em meio certo. Lém meio, ela e meia. O que vai aqui no meio vai aquilo que a gente chama de titulado, titulado aquela que eu quero determinar a concentração dessa solução. A concentração é desconhecida. O volume é conhecido porque eu sei quanto coloca de volume que dentro bom para a gente conseguir determinar esse ponto aqui, ou o ponto em que o número de motos de água, mais em igual ao de Oga, Menos é o chamado ponto de equivalência certo, momento em que eu tenho essa igualdade aqui. Ou eu tenho chamado ponto de equivalência que valem anunciar muito bem esse ponto de equivalência, o momento em que o número de motos, de água, mais e joga menos igualou. E como que eu vou saber isso? Professor, você vai saber isso com o auxílio de um indicador. Então, isso fransquinha, que está representando para mim de que é um indicador professor indicador, é uma espécie que me disse a cor que eu vou ter. Se o meio de ver ácido básico na então, como o nome sugere, indica. Se o mês está assinou básico como a base da titulação. O fundamento da titulação é que o número de mortes de água mais esteja igual ao número de mols de Oga. Menos nesse momento, o sistema está neutro, então nem acionem básico. O que a gente usa como indicador são vários. Está sendo um dos mais utilizados a fenol Ritalina. Afinal, Ritalina, ela vai ter colorações diferentes de acordo com o meio bom. Então, se o meio estiver ácido, um mês tiveram nascido. Ela é incolor se o meio estiver básico ela é sozinha vermelho. Assim, se o mês tiveram básico, ela é rosa, vermelha estiver neutro, ele vai estar nessa coloração incolor. Também está, na verdade, numa passagem entre o vermelho e o incolor que dá um rosa bin clarinho. Assim bom, como é que eu vou conseguir chegar isso aqui? Você vai chegar o ponto de equivalência a partir da viragem do indicador. Então, quando o indicador troca de cor, eu sei que eu devo parar a minha titulação, como assim para sua, que seria então essa viragem do indicador? Vamos considerar, por exemplo, que a gente tivesse que como titular, anti e que eu tivesse aqui no titulado uma vaga. Se exemplo, está pegando algo assim, genérico. Então, o que eu teria de monte aqui embaixo? Um montão de água mais que vem desse? Claro que teria ainda mais esse alimento está solto, representando a mais, Isso aqui é uma torneira, então vou abrir a torneira e vai começar a cair gotinhas. A gente faz o gotejamento e nessa gotinha eu estou jogando uma base. Aquilo condicionando uma base, estão aqui. Voltei org, a menos que o que vai acontecer cada vez que uma gotinha de ornamentos cai aqui embaixo, ela vai consumir uma água, mais Vai ser consumida também está? Então joga menos, vai consumir água, mais eles vão se transformar em água. Caiu mais uma gotinha, Está então mais uma gotinha de oga, menos cai. O que vai acontecer? Quando ela chega lá em baixo, essa gotinha vai consumir com água, mares e será consumida por ele. Então, cada vez que uma gota de base cair, ela consome um pouquinho de assunto, Consome um pouquinho de assunto, consome um pouquinho de assunto, vai chegar um momento que a gente vai ter o quê? Uma última gotinha cai Consome o último restinho que eu tenho de ácido. A próxima a gotinha que cair torna esse meio básico e instantaneamente. O indicador muda de cor. Percebeu? Estava lá, incolor. Caiu uma última gotinha de base consumir o último hasta próxima a gotinha que cai o jornal meio básico e aí? Então passaria sobrar. Joga menos aqui, porque é porque não tem mais água Mais. Então passou uma gotinha apreensões mais, então acabou passando da quantidade. Mas é uma gota, é uma quantidade muito pequenininha, irrisória. Vai fazer tanta diferença para gente assim. Acabou. Então, aí, quando ocorre essa mudança imediatamente Eu fecho a torneirinha aqui porque aí eu vou conseguir determinar aqui ou com base nessa mureta que saber qual é o volume que eu gastei dessa base, cuja concentração é conhecida e aqui em baixo a gente sabe que a gente sabe o volume relacionando essas duas espécies entre a mais desculpa, a gente consegue montar uma forma linha para resolver esse problema da titulação. Como é que fica essa fórmula aqui? Então? Olha só a gente vai ter que pensar o seguinte Isso aqui é meu ácido, minha base. Muito bem, minha base estavam marca assim o número de mons da base a sério, meu astro. Correto? Então markac número de mortos do ácido para que isso aqui se torna uma igualdade verdadeira, eu preciso fazer o seguinte pegar a quantidade de gás que tem na base, que nesse caso é um e jogar aqui. Para a base, a quantidade de a gás a mais que tem no ácido e jogar aqui no ácido pronto, O número de mãos de ácido é igual ao de base para que haja uma igualdade droga mais com um jogo a menos. Isso vem lá da reação de neutralização na verdade está bom herói. Se a gente quebrasse essa base, que horror eu teria olha a menos mais quebrando Esse ácido aqui ó eu teria mais menos. Veja que uma da mais neutralizam loga menos e pronto, porque sobra, que é o nosso sala. Então a gente teria que mais agradou, Isola o intuito aqui nem a se preocupar tanto com a equação em si, mas com essa relação, eu nem preciso terminar em boa parte dos exercícios. A ideia é isso. Aqui tem a relação entre o número de mols de ácido de base combinada. Bom, como a gente quase sempre vai estar trabalhando com concentração de soluções. É muito comum que a gente trabalha o seguinte A modalidade de uma solução na concentração em quantidade de matéria é o número de motos dividido pelo volume. Então poderia dizer aquilo que o número de mols regularidade a concentração em quantidade de matéria vez o volume. Então, após trocar aqui ou no lugar de de número de mons da base, eu posso colocar regularidade da base vezes o volume da base. E, no caso do ácido, eu posso trocar o número de mols de ácido por modalidade vezes, volume. Então posso trocar aqui o formulário Idade vezes volume, tão modalidade do aço, do volume do aço tranquilo, pode acontecer em algum exercício da gente trocar pelo seguinte Massa dividido pelo volume depende do que o exercício da trabalhando os dados que a gente apresenta vou te dar um exemplo, então não vou ficar tratando em cima assim, só nas ideias está muito bem. Olha a expressão que a gente chegou com base nessa expre