A maior rede de estudos do Brasil

Aula 03 - Resumo de Literatura (Parte 03)video play button

Transcrição


um raciocínio lógico. Isso é o conselho Petismo está bom. Eu falei de Gregório de Março, preciso falar sobre isso. O conflito todo do barroco, esta presente na vida, na obra de Gregório de Marx. Porque a gente, ele agora de Marx, autor de poesia lírica, satírica, religiosa e erótica. Erotika não vai cair no concurso. Está na verdade, em até. Mas a satírica religiosa lírica certamente vão cair. Mas se pensa assim, ele é o autor de várias nuanças. Sim, Inclusive, ele é o autor. É um autor que trouxe uma literatura mais engajada e realista. O realismo vai ser bem lá para frente. Por quê ele a vida dele. Quando no jovem novo, ele era da Igreja Católica, eles que ele estudou em colégio jesuíta? Ele seguia da Igreja Católica até certo momento em que ele começa a criticar a Igreja com suas sátiras. E aí, ele excomungado da igreja, não, não, não faz mais parte. Ele se afastou, talvez da religiosidade. Teve lá suas sátiras, as suas críticas, que não foram só contra a Igreja e, no final da vida, não só no final da vida ele vai se arrepender todas as sátiras de tudo o que ele escreveu e vai pedir perdão. Ele vai se voltar novamente para a religiosidade e a esta pulo do gato desse autor, porque o Gregório de Matos representa o conflito barroco, representa esse sentimento dicotômico. O que eu falei aqui que eu marquei no mapa mental aqui esta dicotomia ele representa isso. Vida carnal, carnal, versos espiritual está na fase, pois esses satíricas Gregório de Matos, Ele nos mostra uma baía diferente daquele daquela que ele gostaria, porque ele sai do Brasil, vai estudar em Coimbra. Quando ele volta, ele encontra a Bahia muito diferentes. Ele começa a escrever sobre isso. Ele critica os governantes por furtar e por ganhar dinheiro em cima dos outros, ele critica as pessoas simples mortais da cidade. Ele critica também o A Igreja deu Calero, então o clero, os governantes e o povo. A sátira dele atinge todo o mundo. Está claro que você ofende a Igreja é muito pior, não pode. Isso é questão de respeito. E ele fazia a crítica ao clero questões de vários níveis, inclusive questão do enriquecimento. Quem quer ser rico, que se torne papa. Aí sim, você está dinheiro na vida. Ele escreveu muitas coisas, escrevia na sátira dele, colava na porta da igreja e tudo mais por essa fase dele. Por esse momento satírico, ele também demonstrava os problemas políticos da Bahia, terra natal dele. Ele foi esta poesia engajada nessa arte engajada, mas por conta dela ele recebeu a alcunha de Boca do Inferno. Então ele foi chamado a se ela é o boca do inferno Boca do Inferno, Voltando se para depois a religiosidade novamente, ele fez uma arte totalmente confessional. Ele pede perdão. Ele muito pela gente que era, faz poesia, escreveu poemas pedindo clemência, mas ele corre de Deus, mas não só eu peço, imploro pelo seu poder, implorou o perdão e tudo mais. Minha salvação, não. Ele joga um pouco com as ideias, fala que cita o texto bíblico porque era um grande conhecedor da Bíblia da Ele diz, assim como uma ovelha desgarrada que saiu do rebanho. Agora volta o senhor como pastor de ovelhas. Se alegrou o inverno, Ovelha perdida irá se alegrar em me ver de volta. Então é assim que ele se colocava como uma ovelha perdida. Se desgarrou, foi para o mundo, mas agora ela foi encontrada e ela tem que ela quer voltar para os braços e para os cuidados daquele pastor. Então são terças, muito bonitos, está e o tom confessional e demonstra a gente se conflito. Se vai, vem do homem, do pensamento, da época. Então assim a nota no seu caderninho de leituras O que você precisa ler? Gregório de Matos Se você fizer uma rápida pesquisa no google, você vai encontrar poemas rimados. Ali você vai encontrar está. Se você não tiver o material para estudar a IBDF, você encontra também visita coisa, mas caiu na nossa, foi contra muita coisa no no Google está bom na internet, não análise na análise dos textos. E a gente tem que saber que sempre em sites confiáveis, mas o texto em sim, você conseguem contar para ler e encontrar essas características nos poemas. Bom, lembrando que eu estou sempre à disposição para tirar as dúvidas para resolver as dúvidas. Sempre aí bala mando no meu e mail já notado em meio a que fala de novo. Fala de novo, né? Porque vai que ninguém anotou o professor Rafaela Freitas arroba em meio a palavra anda com Rafa Freitas se encontra nas redes sociais, Manda directa y la no Instagram que eu respondo a joia com as suas dúvidas e negações. Enfim, beleza