A maior rede de estudos do Brasil

GMT20191018-001235_G-OUT-PEDU_1686x728video play button

Transcrição


Olá a todos sejam muito bem vindos para quem não me conhece uma enorme claudene. Eu sou a professora de vocês de psicologia, da educação. Hoje eu tinha que gravar a nossa aula dois referente à unidade, dois linhas teóricas da psicologia. Já cancelamos essas algumas coisas na primeira aula, tá gente! E hoje vamos falar um pouquinho mais sobre algumas das teorias atuais, quer antes de iniciar o resumo, eu quero me colocar à disposição de vocês através da ferramenta permite ao professor? Escutamos aqui lendo apostila, querendo fazer alguma pergunta, Alguma analogia, sobrevivência, Teoria pode me chamar lá na na ferramenta, que eu estarei inteiramente à disposição. Esta importante gente, vocês também lerem livros acadêmicos a respeito, né? Eu sei que a vida do estudante é muito complicada porque estudam, trabalham, têm. Alguns, têm filhos casados, casadas Mais. O que nos resta para a graduação e para uma vida pós graduado é estudar a gente. Então vamos estudar, estudar, ler e criar em nós um hábito de leitura para esse. Nós temos a biblioteca virtual porque está muito rica. Tanto em obras, quanto em autores, acabam, eu vou iniciar aqui um resumo. Então, como sempre, faço, eu vou ministrar aqui o resumo que ou trousse está e aí quando eu encerrar eu vou retomar os cheques com os presentes e pediram Eu não sei se foi nessa turma, mas me pediram para que ele deixasse gravado também as perguntas que quando terminar o resumo eu não foi encerrar a gravação. Eu apenas vão retomar o vídeo para que, se havendo alguma pergunta, eu possa responder todos serem contemplados. Bom, então vamos lá. Vamos iniciar a gravação unidade dois Linhas teóricas da Psicologia. Então, como foi falado na semana passada, uma das na aula passada, uma das escolas contemporâneas da psicologia humilha, Como vimos, o termo big terrorismo tenha sua origem na palavra inglesa, que significa comportamento. Porém o beijei terrorismo faz um recorte bem lá o tipo de comportamento humano que deseja pesquisar. Segundo Bocchi, o berreiro terrorismo dedica se ao estudo das interações entre o indivíduo e o ambiente entre as ações do indivíduo, ou seja, suas respostas e o ambiente, ou seja, as estimulações ou os estímulos. Porém, além de observável, esse comportamento deveria ser passível de ser mensurado, impossível de ser reproduzida em diferentes situações, espaços e ou ambientes. Então veio law, esquina e falou assim nao além de eu poder observar os indivíduos, as suas respostas, os estímulos do ambiente. Eu quero desenvolver uma ciência, uma, uma psicologia que seja mensurável e que nós possamos reproduzir em diferentes situações e espaços ou ambiente. Assim, destacamos que o princípio que norteia o revisionismo é a relação entre o estímulo e a sua consequente resposta, tanto que essa teoria também é conhecida como teoria que etimologicamente deriva dos termos latinos estímulos e response que é o estímulo e a resposta está perdeu sequência aos estudos de um Hodgson ele desenvolveu um conceito conhecido como condicionamento operante e sua teoria é conhecida também como by Revisionismo radical, que foi o que nós falamos na aula passada esse radical não este que ele veio radicalizar todas as coisas. Esse radical é porque veio do bioterrorismo de Watson, então ele como radical mesmo, ou a análise do análise experimental do comportamento. Alguns também chamam apenas de análise do comportamento. Esta é sem dúvida, uma das maiores referências intelectuais do século vinte nos campos da educação e da psicologia, sendo as suas pesquisas uma das responsáveis pelas extinções das punições no ambiente escolar. Para melhor entender nós vamos aprofundar no comportamento reflexo ou não voluntário Não vamos usar o comportamento não voluntário ou comportamento. Reflexo é aquele que decorre é produzido ou iniciado. Um exemplo recorrente em diversas literaturas que tratam do gênero são as lágrimas de uma pessoa quando cortam na cebola. Eu tenho certeza que todos vocês que estão ouvindo agora já viram alguém cortar cebola e já perceberam que de todas as pessoas que cortaram cebola na frente de vocês, pelo menos uma chorou o comportamento do choro da pessoa em voluntário, ela não quer chorar. Ela não estavam vontade de chorar nossa. Vou cortar uma cebola picadinha Não, não é isso. Nós observarmos a cebola na feira, não choramos compulsivamente. Porém o estímulo especial do ambiente produzido pelo odor eliminado no ato de cortá la desencadeia lágrima, assim como as pupilas dilatam e se contraem sobre o efeito da luz. Então olha, você está dentro de casa! Você está assistindo sua série na net e Fred com as cortinas todas fechadas e lá foram só de rachar mamona, Então você abre a porta e saem, Então dá um um choque e a sua, porque ela vai trap Aí por causa da luz aos poucos que vai acostumando. Ela vai voltando ao normal. Da mesma forma, quando você está lá fora e você entra e aí você face norte escuridão. Essa não enxerga nada. Isso é o que um comportamento não voluntário. Isso é um comportamento reflexo. Esses comportamentos observáveis que demonstramos são claramente produzidos pelo ambiente e o estímulo. No caso, o odor que provoca as lágrimas, o odor do cheiro da cebola ou a luz que afeta as pupilas, comprovadamente age e desencadeia uma resposta que são as lágrimas, as lágrimas no caso do doador e compila fechar e abrir o efeito da luz ou da falta de luz. Então, até que eu acho que está tudo bem, não vamos falar sobre o comportamento operante, Gente, isso parece ser difícil, mas não é, não viu, precisa de algumas leituras? Talvez precise de você ouvir novamente. Mas é uma delícia essa teoria. Não vamos a vocês estão vendo aqui uma alimentação, né? Um desenho da caixa de esquina primeiro usou essa caixa para fazer aquele experimento que nós falamos na última. Esta administração da caixa de esquina se refere a um experimento no qual o rato é colocado por vinte e quatro horas sem alimento ou água dentro da caixa. Nela, existe um dispositivo que, ao ser acionado, fornece ao ratinho gotas de água sobre esse experimento. Boki assim define. Então eu vou deixar aqui seu trouxe a explicação trouxe aqui eu vou mostrar pra vocês aqui nesse quadradinho inferior a esquerda, a água é dispensada, é o lugar onde a água cai. E em cima é a barrinha onde ele batia a patinha aqui embaixo, onde tem essa essa cerca elétrica, ela era uma ser literalmente uma cerca elétrica onde o ratinho pisada e davam Choquinhos. Isso foi um começo lá. Quando ele descobriu quando ele realmente fez esse experimento e descobriu o comportamento operante. Posteriormente, a grade zinha elétrica foi retirada. Quando eu fez um experimento, corra na minha graduação. O rap ficava privado de água durante quarenta e oito horas, não de alimento e sim de água. E aí a gente, quando ele foi colocada na primeira era um rato de laboratório e quando ele foi colocado por mim a primeira vez na caixa de esquina, ele ficou assim desesperado, porque estava com a ser de gente, é claro, né? Então a Caixa é muito pequena e ele ficava batendo a ata, tentando achar um lugar para sair o foro, um buraco e acidentalmente ele às vezes batia ataca na barra onde dispensava uma gota de água. Então agora vou terminar de ler para vocês entenderem. Durante a exploração da caixa, o ratinho pressionou a barra acidentalmente, o que ele trouxe pela primeira vez uma botinha de água que, devido à sede, fora rapidamente consumida. Ele continuou lá desesperada, disse por ter obtido água encostar na barra quando sentia sede, constatou se a alta probabilidade de queda. Estando em situação semelhante. O ratinho pressionasse novamente. Foi o que aconteceu. Ele nas primeiras vezes ele pressionava acidentalmente, porém com o passar do tempo ele foi condicionado Apata na Barra para que a água fosse dispensada. A partir disso, podemos afirmar que a e gente só concluir aqui e lá. No final do semestre, o rato ele estava completamente condicionado, então ele ficava lá se quarenta e oito horas sem sem água. Graco laboratório brasília- para mim Eu colocava ele na caixa quando colocado ele na caixa, ele s