A maior rede de estudos do Brasil

Aula 05 - Plástico - o Impacto Ambientalplay_circle_filled

Transcrição


Olá, meu nome é Paulo Vale o seu professor de química. Em poucos segundos, começará a sua aula para ter acesso a todo o meu conteúdo. Vídeo Aulas exclusivas, exercícios ouvidos em vídeo e preparação completa para o Enem e vestibulares. Conheço, sim, sem ação para você que está aqui, tudo isso pode ser seu consultor o desconto usando ocupou. Passei direto, então? Bora apesar de toda essa importância positiva de impactos positivos para nossa sociedade, eu, como biólogo, sou obrigada a falar para vocês que também os plásticos têm um grande problema impacto ambiental fortes, como ele se disseminou no mundo inteiro Todo mundo do plástico. Acaba que ele, os plásticos, as tampinhas, os copos descartáveis, tudo acaba indo para a natureza. Muitas vezes sem ser reciclado. Lembra que eu falei para vocês que menos de dez por cento do plástico utilizado é reciclado? Isso chega. O grande problema é o ápice do que eu quero conversar com você. Imagina que você tomou refrigerante, pegou a tampinha, plástico, a garrafa pet e jogou. Isso acabou indo para os oceanos. Pessoal, o plástico leva centenas de anos para se decompor. É comprovado que antes dele se decompor. Ele vai para de ficar alguns animais. Você já fica aquela sacolas plásticas, Parece unidades. As mães da água, tartarugas que se alimentam desses animais acabam se confundindo comendo essa acordo que pode gerar morte. Terra sem contar com as tampinhas que aves comem o animais marinhos, O que vai dar uma grande obstrução do trato digestório desse animal, que pode levar à morte as redes de pesca que, também fragmentos, às vezes caem nos oceanos. Nos rios, O que acontece leva centenas de anos para se decompor. Alguns animais acabam se enredando, também gerando esse problema muito grave. E quando a gente fala em plástico, não podemos nos esquecer do que a gente chama de micro plástico, que são partículas muito pequenas de até um milhão de Alguns autores consideram micro plástico de partir para cerca cinco milímetros. Esse é um grande problema, porque você está utilizando plástico todos os dias. Partículas de plástico, esses micro clássicos caem, vão pelo bueiro, cai nos esgotos. Muitas vezes vão para os rios, vão para os oceanos. São milhares bilhões de micropartículas de plástico que estão na natureza e, pasmem, eles entram na cadeia, alimentar os animais. Os peixe acabam ingerindo, fica dentro deles O que gera um grande problema também. Muitas vezes, o plástico ingerido pelos animais acaba causando micro perfurações no trato de história, o que gera hemorragias e o impacto devastador. Você deve ter visto imagens desses animais que muitas vezes as aves, como em tampinhas, achando que são pequenos insetos ele se acumula. Fica horrível, muito triste quando a gente vê isso. Nós, seres humanos, nós não somos nós e os animais somos nós e os outros animais, porque também somos. Então nós temos que entender que todas as nossas ações interferem, direta ou indiretamente no meio ambiente. Logo, nós temos que pensar como utilizar o clássico, obviamente importante, mas sem fazer com que o que a gente utilize gera um impacto ambiental muito grande. A primeira coisa que eu gostaria de falar com vocês e que a gente tem que ter, essa consciência, é que utilizar um mínimo possível de plástico descartável, sabe aqueles pratinhos ou copinho descartável. Você usa uma vez e por lixo, isso é horrível. Então tem que ter leis que proíbam a utilização e já tem desses plásticos cartaz o próprio canudinho de plástico. Sabe aquele caminho ou você é substituído por um caminho de metal? que dá para lavar ou simplesmente por plástico biodegradável, que daí são outras técnicas de fabricação desse material. Sempre que possível que quase sempre possível devemos reciclar o clássico, então separar o lixo no lixo não reciclável, lixo orgânico do lixo reciclável. Entre eles o clássico. Podemos também reutilizar alguns equipamentos feitos de plástico, principalmente aquelas garrafinhas que a gente compra. Garrafa de uma vez por lixo não justifica usando era por mais tempo E, depois, esse claro. Existem hoje sacolas biodegradáveis. Elas são muito importantes, porque essas sacolas chamadas de biodegradáveis, elas são. Elas não ficam centenas de anos num ambiente pouco tempo. Então, o impacto, caso elas atinjam os oceanos ou aterros, ou outro onde quer que seja, o impacto é muito menor. Ainda assim, sempre pessoal, o melhor meio para evitar a poluição por plástico, a reciclagem, Nós fazemos parte da natureza, as nossas ações interferem direta ou indiretamente, nos outros seres vivos. Isso retorna para nós. Então, sempre a melhor medida, além de evitar o clássico. Porque eu falei para vocês, eles estão presentes no nosso dia a dia, de uma maneira praticamente irreversível, só que plásticos duráveis é uma coisa. Agora, aqueles plásticos que você tem uma embalagem que abre como lixo. Isso é horrível. Tem que ser evitado se não der para evitar. Se você está com o clássico, que vai descartar o descarte do lixo reciclável e certifique se que está indo para o local. Certo porque tem locais. Tem cidades que você separa o lixo chegar a eles, misturam tudo novamente. Estão aí, não tinha feito nenhum. Certifique se se a sua cidade faz a divisão correta do lixo.