A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Nervos Cranianos

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade Nove de Julho TXXX 
@estounamed 
 
1 
 
 
 
introdução 
10 dos 12 pares de nervos cranianos estão 
associados ao tronco encefálico, enquanto os 
outros 2 estão associados ao cérebro 
• Um dos critérios para enumeração e 
identificação é a localização anatômica 
o I = telencéfalo 
o II = diencéfalo 
o III e IV = mesencéfalo 
o V a VIII = ponte 
o IX a XII = bulbo 
Classificação funcional: 
• Sensitivo = formado por fibras sensitivas 
• Motor = formado por fibras motoras 
o Pode apresentar ramos de fibras 
sensitivas proprioceptivas 
• Misto = formado por fibras dos dois tipos 
 
 
 
 
 
 
 
 
Como a origem de alguns nervos está localizada 
em alturas semelhantes, pode ser necessário o 
critério medial-lateral para enumerá-los 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Conceitos importantes quanto à origem: 
• Origem real = localização dos corpos 
celulares dos neurônios 
o Núcleos ou gânglios nervosos 
o Exceções = pares I e II 
✓ Neuroepitélio olfatório 
✓ Retina 
• Origem aparente = ponto de emergência 
ou de entrada do nervo no SNC 
• Origem craniana = orifício craniano pelo 
qual o nervo passa 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
nervo olfatório 
Origem real = epitélio olfatório da cavidade nasal 
Origem aparente = bulbo olfatório 
Origem craniana = lâmina cribiforme do etmoide 
Componentes: fibras aferentes viscerais especiais 
 
 
 
 
 
 
 
10 pares 
associados 
ao tronco 
encefálico 
 
Universidade Nove de Julho TXXX 
@estounamed 
 
2 
 
 
 
 
 
nervo óptico 
Origem real = retina 
Origem aparente = quiasma óptico 
Origem craniana = canal óptico 
Componentes: fibras aferentes somáticas especiais 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
nervo óculo motor 
Origem real = complexo nuclear oculomotor do 
mesencéfalo (núcleos principal e acessório) 
• Acessório = núcleo de Edinger-Westphal 
Origem aparente = sulco medial do pedúnculo 
cerebral do mesencéfalo 
Origem craniana = fissura orbital superior 
Componentes: fibras eferentes somáticas (músculo 
extrínseco do olho e músculo levantador da 
pálpebra superior), fibras eferentes viscerais 
(músculos intrínsecos do olho), fibras aferentes 
somáticas proprioceptivas (músculo extrínseco 
do bulbo ocular) 
 
 
 
 
 
nervo troclear 
Origem real = núcleo do nervo troclear 
• Mesencéfalo 
Origem aparente = véu medular superior 
• Inferiormente aos colículos inferiores do 
mesencéfalo (único nervo que se origina 
posteriormente) 
Origem craniana = fissura orbital superior 
Componentes: fibras eferentes somáticas e fibras 
aferentes somáticas proprioceptivas (músculo 
oblíquo superior do olho) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
nervo trigêmeo 
Origens reais = núcleo motor do trigêmeo (ponte) 
e gânglio do trigêmeo na parte petrosa do osso 
temporal (raiz sensitiva) 
• Somente o ramo V3 apresenta fibras 
motoras além das fibras sensitivas 
Origens aparentes = entre a ponte e o pedúnculo 
cerebelar médio 
Origens cranianas = fissura orbital superior (V1 
= oftálmico), forame redondo (V2 = maxilar) e 
forame oval (V3 = mandibular) 
Componentes: fibras aferentes somáticas gerais 
(propriocepção e exterocepção do couro cabeludo, 
face, dentes, cavidade nasal, seios paranasais, 
língua e dura-máter), fibras eferentes viscerais 
especiais (músculos da mastigação, milo-hióideo, 
digástrico e tensor do tímpano) 
 
 
 
 
 
 
Universidade Nove de Julho TXXX 
@estounamed 
 
3 
 
 
 
 
 
nervo abducente 
Origem real = núcleo do nervo abducente (ponte) 
Origem aparente = sulco bulbopontino (entre a 
ponte e a pirâmide bulbar) 
Origem craniana = fissura orbital superior 
Componentes: fibras eferentes somáticas e fibras 
aferentes somáticas proprioceptivas (músculo 
reto lateral do olho) 
 
 
 
 
 
 
 
 
nervo facial 
Origens reais = núcleo do nervo facial (músculos 
mímicos), núcleo salivatório superior (glândulas 
submandibular e sublingual), núcleo lacrimal e 
gânglio geniculado do canal facial 
• Quando emerge na face, encontra a 
glândula parótida, ainda que não seja 
responsável por sua inervação 
Origem aparente = sulco bulbopontino 
Origens cranianas = poro acústico interno e 
forame estilomastoideo 
Componentes: fibras eferentes viscerais especiais 
(músculos da mímica facial), fibras eferentes 
viscerais gerais (glândulas salivares, lacrimais e 
nasais), fibras aferentes viscerais especiais 
(sensibilidade gustativa dos 2/3 anteriores da 
língua), fibras aferentes viscerais gerais 
(cavidade nasal e palato mole), fibras aferentes 
somáticas gerais (orelha e membrana timpânica) 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
nervo vestibulococlear 
Origens reais = gânglios vestibular e espiral 
Origem aparente = sulco bulbopontino (entre o 
VII par e o cerebelo, no ângulo pontocerebelar) 
Origem craniana = poro acústico interno 
Componentes: fibras aferentes somáticas especiais 
(aparelho vestibular), fibras condutoras da 
sensibilidade auditiva da cóclea 
 
 
 
 
 
 
 
nervo glossofaríngeo 
Origens reais = núcleo ambíguo (raiz motora) e 
gânglios jugular (superior) e petroso (inferior) 
• Núcleo ambíguo recebe esse nome, uma 
vez que origina 3 nervos diferentes 
Origem aparente = sulco póstero-lateral do bulbo 
Origem craniana = forame jugular 
Componentes: fibras eferentes viscerais especiais 
(músculos da faringe), fibras eferentes viscerais 
gerais (glândula parótida), fibras aferentes 
viscerais gustativas (1/3 posterior da língua), 
fibras aferentes viscerais gerais (língua, faringe, 
úvula, tuba auditiva), fibras aferentes somáticas 
gerais (orelha e membrana timpânica) 
 
 
 
 
 
 
 
 
Universidade Nove de Julho TXXX 
@estounamed 
 
4 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
nervo vago 
Principal nervo parassimpático do corpo 
Origens reais = núcleo ambíguo, núcleo dorsal do 
vago e gânglios jugular e petroso 
Origem aparente = sulco póstero-lateral do bulbo 
Origem craniana = forame jugular 
Componentes: fibras eferentes viscerais especiais 
(músculos da faringe e laringe), fibras eferentes 
viscerais gerais (tórax e abdômen), fibras 
aferentes viscerais especiais (sensibilidade 
gustativa da epiglote), fibras aferentes viscerais 
gerais (faringe, laringe, traqueia, esôfago), fibras 
aferentes somáticas gerais (orelha) 
 
 
 
 
 
 
nervo acessório 
Origens reais = núcleo ambíguo (raiz craniana) e 
segmentos vertebrais C1 a C5 (raiz espinal) 
• Origem motora dupla 
Origem aparente = sulco póstero-lateral do bulbo 
Origem craniana = forame jugular 
Componentes: fibras eferentes viscerais especiais 
(músculos trapézio e esternocleidomastoideo), 
fibras eferentes viscerais gerais (tórax) 
• Alguns músculos da laringe também 
recebem inervação do nervo acessório 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
nervo hipoglosso 
Origem real = núcleo do hipoglosso do bulbo 
Origem aparente = sulco ântero-lateral do bulbo 
Origem craniana = canal do nervo hipoglosso 
• Côndilo do occipital 
Componentes: fibras eferentes somáticas da 
musculatura intrínseca e extrínseca da língua, 
exceto músculo palatoglosso (nervo vago)

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.