A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
255 pág.
Redes e Sistemas de Telecomunicações

Pré-visualização | Página 15 de 48

de
uma nova área de MSC, o VLR conectado àquela MSC requisitará dados
sobre aquela unidade móvel do HLR. Mais tarde, se a unidade móvel fizer
a chamada, o VLR terá a informação necessária para estabelecer a cha-
mada sem ter que interrogar o HLR a cada tempo.
Authentication Center (AUC): fornece os parâmetros de autenticação e
encriptação que verificam a identidade do usuário e garante a confidencia-
lidade de cada chamada. O AUC protege os operadores de rede de dife-
rentes tipos de fraudes encontradas hoje no mundo da comunicação wire-
less.
Equipment Identity Register (EIR): é o banco de dados que contém infor-
mação sobre a identidade do equipamento móvel a fim de evitar chamadas
de aparelhos roubados, não autorizados ou defeituosos. O AUC e o EIR
são implementados como nós stand-alone ou como um nó AUC/EIR com-
binado.
BSS
Todas as funções relacionadas com rádio são executadas no BSS que
consiste de Base Station Controllers (BSCs) e Base Transceiver Stations
(BTSs).
Wireless 7755
! BSC: fornece todas as funções de controle e links físicos entre o MSC
e o BTS. É um comutador de alta capacidade que possui funções tais
como handover (transferência de controle), dados de configuração de
célula e controle de níveis de potência RF. Um número de BSCs são
servidas por um MSC.
! BTS: manipula a interface de rádio com a unidade móvel. O BTS é o
equipamento de rádio (transceptores e antenas) necessário para o ser-
viço de cada célula na rede. Um grupo de BTSs é controlado por um
BSC.
OSS
O Centro de Operação e Manutenção (OMC) está conectado a todos os
equipamentos no sistema de comutação e ao BSC. A implementação do
OMC é chamada de OSS que é uma entidade funcional de onde os opera-
dores monitoram e controlam o sistema. O propósito do OSS é oferecer
suporte às atividades de operação e manutenção que são requeridas por
uma rede GSM. Uma importante função do OSS é fornecer uma visão ge-
ral da rede e suportar as atividades de manutenção de diferentes organi-
zações.
Elementos funcionais adicionais:
! Message Center (MXE): É um nó que fornece de forma integrada, voz
fax e mensagens. Especificamente, o MXE manipula short message
service (SMS), broadcast de célula, voice mail, fax mail, e-mail e notifi-
cação.
! Mobile Service Node (MSN): O MSN é o nó que manipula os serviços
de rede inteligente móvel (IN).
! Gateway Mobile Services Switching Center (GMSC): é um nó usado
para interconectar duas redes. Esse gateway é geralmente implemen-
tado em um MSC. O MSC é então referido ao GMSC.
! GSM Interworking Unit (GIWU): O GIWU consiste de hardware e
software que fornecem uma interface para várias redes no tocante à
comunicação de dados. Pela GIWU, os usuários podem alternar entre
conversação e dados durante a mesma chamada. O hardware de
GIWU está fisicamente localizado no MSC/VLR.
7766 Redes e Sistemas de Telecomunicações
Figura 2.9
Áreas de Rede GSM
A rede GSM é constituída de áreas geográficas. Nessas áreas estão in-
cluídas áreas de localização (LAs), áreas de serviço MSC/VLR e áreas de
concessão (Public Land Mobile Network (PLMN)).
Wireless 7777
Figura 2.10
A célula está em dada área de cobertura pela presença de uma estação
radio base (base transceiver station). A rede GSM identifica cada célula via
o número "cell global identity" (CGI) designado para cada célula. A área de
localização é um grupo de células e é a área onde o usuário está registra-
do. Cada LA é servido por um ou mais controladores de estação rádio
base, ainda que somente uma MSC (veja figura 2.11). Para cada LA está
designado um número "location area identity" (LAI).
Figura 2.11
7788 Redes e Sistemas de Telecomunicações
Uma área de serviço MSC/VLR representa a parte da rede GSM que é
coberta por um MSC e que é atingível quando é registrada no VLR do
MSC (figura 2.12).
Figura 2.12
Especificações GSM
Listados a seguir estão as especificações e características para o GSM:
! Banda:
1,850 a 1,990 MHz (estação móvel para base).
! Distância duplex:
80 MHz. (é a distância entre as freqüências de uplink e downlink. Um
canal tem duas freqüências com separação entre elas de 80 MHz).
! Separação entre canais:
É a separação entre canais adjacentes. Em GSM é 200 kHz.
! Modulação:
Gaussian minimum shift keying (GMSK).
! Taxa de transmissão:
270 kbps.
! Método de acesso:
TDMA
! Codificador de conversação:
O GSM usa Linear Predictive Coding (LPC) que faz com que a conver-
sação fique codificada em 13 kbps.
Wireless 7799
Serviços GSM
Existem dois tipos básicos de serviços oferecidos: telefonia e transporte de
dados. Adicionalmente a esses serviços básicos, os seguintes serviços são
suportados:
Dual-Tone MultiFrequency (DTMF)
É um esquema de sinalização por tom que serve a vários propósitos onde
se inclui com destaque o acesso a Unidade de Resposta Audível (IVR).
Fac-símile grupo III
GSM suporta fac-símile CCITT Grupo 3. Como esse padrão de máquinas
foi projetado para ser utilizado com telefones usando sinais analógicos, um
conversor especial de fax, conectado à Central, é usado no sistema GSM.
Short Message Services (SMS)
Uma mensagem de até 160 caracteres alfanuméricos pode ser enviada de
e para uma unidade móvel. Esse serviço é visto como uma forma avança-
da de paging com algumas vantagens adicionais. Se uma unidade móvel
estiver desligada ou tiver saído da área de cobertura, a mensagem é ar-
mazenada e entregue ao usuário quando tiver sua unidade ligada ou esti-
ver de volta em uma área de cobertura. Essa função garante que a men-
sagem será recebida.
Broadcast de célula
Uma variação do SMS é a facilidade de broadcast de célula. Uma mensa-
gem de no máximo 93 caracteres pode ser difundida para todas as unidades
móveis de certa área geográfica. Exemplos de uso podem ser informações
de aviso sobre congestionamentos, informações sobre acidentes, etc.
Voice mail
Este serviço é, na verdade, uma Unidade de Resposta Audível dentro de
uma rede e que é controlada pelo usuário. As chamadas podem ser direci-
onadas para o voice-mail do usuário que poderá verificar suas mensagens,
via password.
Fax mail
Com esse serviço, o usuário pode receber mensagens fax em qualquer
máquina de fax. As mensagens ficam armazenadas no centro de serviço e
8800 Redes e Sistemas de Telecomunicações
podem ser recuperadas a qualquer momento, via password, para o número
de fax desejado.
Serviços Suplementares
GSM suporta uma série de serviços suplementares que podem comple-
mentar e suportar os serviços de voz e dados e que são caracterizados
como serviços geradores de receita (revenue-generating features). Uma
lista parcial está a seguir:
Redirecionamento de chamadas (call forwarding)
Este serviço dá ao usuário a habilidade de direcionar chamadas entrantes a
um outro número se a unidade móvel estiver fora de alcance, se estiver ocu-
pada, se não obtiver atendimento, ou se o direcionamento for obrigatório.
Bloqueio para chamadas saintes (barring of outgoing calls)
Este serviço torna possível que o usuário bloqueie as chamadas saintes.
Bloqueio de chamadas entrantes (barring of incoming calls)
Esta função possibilita que o usuário bloqueie as chamadas entrantes (du-
as condições são possíveis: bloqueio de todas as chamadas entrantes e
bloqueio de chamadas entrantes quando estiver em roaming).
Informações sobre a Conta (Advice of Charge (AoC))
O serviço de AoC fornece ao usuário estimativas do valor da conta. AoC
para dados é fornecido com base nas medições de tempo de uso.
Chamada em espera (call hold)
Este serviço possibiIita que o usuário interrompa uma chamada sainte e
subseqüentemente restabeleça a chamada. Este serviço só é aplicável à
telefonia.
Intercalação de chamada (call waiting)
Este serviço possibilita que o usuário seja notificado de uma chamada en-
trante durante uma conversação. O usuário