A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
104 pág.
Dir Constitucional - 270  Exercicios

Pré-visualização | Página 35 de 35

tributário é da União.
(2)Para eventual modificação válida do atual caráter progressivo do imposto de renda, bastaria que qualquer membro do Congresso Nacional apresentasse proposta de emenda à Constituição, a qual, após aprovada nas duas Casas daquele Poder, teria de ser sancionada e promulgada pelo Presidente da República e publicada na imprensa oficial.
(3)O princípio constitucional que fundamenta a progressividade de certos impostos é conhecido na doutrina majoritária como princípio da capacidade econômica.
(4)No quadro das diversas espécies de tributos, o caráter de progressividade é compatível apenas com os impostos.
(5)Sabendo que a Constituição estabelece caber à lei complementar dispor acerca das normas gerais em matéria de legislação tributária e que o diploma legislativo regular desse assunto atualmente é o Código Tributário Nacional (CTN), veiculado pela Lei n.º 5.172/66, a qual foi promulgada sob a forma de lei ordinária, então é correto afirmar que, de acordo com a doutrina majoritária, em face da Constituição de 1988 o CTN é inconstitucional, não podendo tratar, por ser lei ordinária, de matéria reservada à lei complementar.
 
268 – (CESPE/AFCE/TCU/98): Considerando as normas pertinentes aos remédios constitucionais na Constituição de 1988, julgue os itens a seguir.
(1)Apenas ações judiciais foram previstas na Constituição de 1988 como remédios constitucionais garantidores dos direitos fundamentais.
(2)A ação de habeas corpus destina-se a evitar qualquer ilegalidade praticada contra direito do cidadão no curso de processo penal.
(3)O mandado de segurança não tutela direito amparável por habeas corpus.
(4)O mandado de segurança pode ser impetrado, em certos casos, mesmo se necessário for o exame das provas.
(5)Qualquer direito previsto no ordenamento jurídico e não-regulamentado pode ser satisfeito por meio do mandado de injunção.
 
269 – (CESPE/PERITO PF/97): Os princípios jurídicos são enunciados normativos que condicionam e orientam a criação, a interpretação e a aplicação das normas jurídicas.Acerca dos princípios constitucionais tributários, julgue os seguintes itens.
(1)Normas constitucionais e infraconstitucionais podem estabelecer exceções aos princípios jurídicos da tributação.
(2)Em face do princípio da legalidade, tributos só podem ser instituídos por lei ordinária, complementar ou constitucional.
(3)Não fere o princípio da isonomia tributária o estabelecimento de imposto progressivo.
(4)É possível a cobrança de tributo cujo fato gerador tenha ocorrido após a publicação da lei, embora esta não esteja ainda em vigor.
(5)As contribuições de seguridade social poder ser cobradas no mesmo exercício financeiro em que haja sido publicada a lei que as instituir.
 
270 - (CESPE/PERITO PF/97): Relativamente às contribuições sociais, julgue os itens a seguir.
(1)Caracterizam-se pela compulsoriedade, conjugada com a correspondente finalidade constitucional definida.
(2)As contribuições de seguridade social constituem receita do orçamento fiscal.
(3)A taxa de renovação da Marinha Mercante constitui exemplo de contribuição de intervenção no domínio econômico.
(4)São todas de competência exclusiva da União, inclusive as de seguridade social cobradas de quem não seja servidor de estado-membro, do Distrito Federal ou de municípios.
(5)São sempre criadas por meio de lei ordinária, inclusive se tiverem como fundamento a competência residual da União.
 
 
 
 
DIREITO CONSTITUCIONAL – 1 A 270 GABARITO
GABARITO
�
1 D
2 B
3 A
4 E
5 B
6 C
7 D
8 A
9 C
10 E
11 E
12 A
13 D
14 B
15 E
16 A
17 *
18 C
19 D
20 A
21 E
22 A
23 D
24 B
25 A
26 C
27 D
28 B
29 E
30 C
31 B
32 E
33 D
34 C
35 E
36 B
37 A
38 D
39 E
40 *
41 C
42 A
43 D
44 E
45 E
46 C
47 D
48 B
49 D
50 A
51 B
52 A
53 B
54 C
55 D
56 B
57 A
58 D
59 C
60 B
61 C
62 A
63 *
64 B
65 E
66 C
67 C
68 A
69 D
70 B
71 B
72 D
73 C
74 C
75 E
76 B
77 D
78 E
79 *
80 C
81 D
82 B
83 D
84 D
85 A
86 B
87 C
88 D
89 ECCEE
90 ECCEC
91 CEEEC
92 CEECC
93 ECEEE
94 EECCC
95 ECEEE
96 EECCE
97 EEECC
98 CEECE
99 CECCE
100 CEECE
101 D
102 B
103 B
104 C
105 B
106 E
107 E
108 D
109 D
110 E
111 A
112 C
113 D
114 C
115 D
116 D
117 A
118 ECCCC
119 EECEE
120 EECCC
121 CECEE
122 CCCEE
123 ECCEE
124 ECEEC
125 CCECE
126 CCEEE
127 ECCEE
128 ECECC
129 EECCE
130 EEECC
131 EECCE
132 EECCE
133 CCECE
134 EECCE
135 * EECE
136 ECCEC
137 CCCEE
138 EEECC
139 EEEEC
140 EEECC
141 CC * CE
142 EECCC
143 CCECC
144 D
145 C
146 B
147 D
148 CECCC
149 CCEEE
150 CEECE
151 CEECC
152 ECCCE
153 CECEE
154 CCEEE
155 CCECE
156 CEECE
157 CECEC
158 EECEC
159 CCECC
160 EEECE
161 EECEE
162 EEEEE
163 CECCC
164 CCECC
165 CEEEE
166 ECCEC
167 CECEC
168 CECCE
169 E
170 D
171 C
172 E
173 C
174 B
175 C
176 A
177 A
178 B
179 ECCEC
180 CEEEE
181 CCCEE
182 CCCCE
183 ECCCE
184 ECEEC
185 EEEEC
186 CCCEE
187 EECCE
188 C
189 D
190 A
191 D
192 B
193 D
194 B
195 C
196 A
197 E
198 C
199 E
200 A
201 B
202 B
203 A
204 A
205 B
206 E
207 D
208 E
209 D
210 CCCCE
211 CECCE
212 EECCE
213 ECECC
214 C * ECE
215 E * EEE
216 ECCEE
217 EEEEE
218 E
219 B
220 A
221 C
222 D
223 D
224 A
225 A
226 C
227 EEECC
228 EECCC
229 ECCCC
230 ECCCE
231 CCCEE
232 D
233 A
234 B
235 C
236 E
237 CECCE
238 CECEE
239 CEECC
240 EEECC
241 ECECC
242 ECECC
243 EECCC
244 ECCCE
245 D
246 D
247 C
248 E
249 E
250 A
251 B
252 A
253 B
254 D
255 E
256 A
257 B
258 D
259 E
260 B
261 A
262 C
263 B
264 D
265 EECCC
266 CCECC
267 EEEEE
268 EECCE
269 EECEC
270 CECCE
 
* ANULADA
�