A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Estudos Disciplinares XII - Questionario Unidade I

Pré-visualização | Página 1 de 3

Estudos Disciplinares XII 
QUESTIONÁRIO UNIDADE I 
 
PERGUNTA 1 
(Questão 27 – Enade 2014) 
Com base na visão sociocultural de inteligência, propõe-se que a escola participe do 
processo de desenvolvimento da inteligência da criança ao lhe oferecer o acesso a 
instrumentos e objetos simbólicos, como os sistemas de numeração que amplificam 
a sua capacidade de registrar as quantidades, lembrar e solucionar problemas. 
Essa perspectiva está vinculada à Teoria dos Campos Conceituais (VERGNAUD, 
1988), segundo a qual os conceitos são desenvolvidos num longo período de tempo 
por meio da experiência, da maturação e da aprendizagem, expressas por 
esquemas. 
 
Fonte: Adaptado de: NUNES, T. et al. Educação matemática: números e operações 
matemáticas. São 
Paulo: Cortez, 2005. 
 
A partir do texto anterior, avalie as afirmativas a seguir: 
I- Os conceitos de adição e de subtração têm origem nos esquemas de ação de 
juntar, separar e colocar em correspondência “um-a-um”; 
II- Os conceitos de multiplicação e divisão têm origem nos esquemas de ação de 
correspondência “um-a-muitos” e de distribuir; 
III- O raciocínio aditivo implica a existência de uma relação fixa entre duas 
variáveis, e o raciocínio multiplicativo, da relação parte-todo; 
IV- A criança consegue coordenar a sua atividade teórica com a contagem, quando 
se torna capaz de resolver os problemas simples de adição e subtração. 
É correto apenas o que se afirma em: 
 
a. I e II. 
 
b. I e IV. 
 
c. III e IV. 
 
d. I, II e III. 
 
e. II, III e IV. 
 
PERGUNTA 2 
(Questão 29 – Enade 2014) 
Hoje, o aluno traz para a escola o que descobre na internet para discutir com os 
seus colegas e o seu professor. Ele não vê mais o professor como um transmissor ou 
a principal fonte de conhecimento, mas espera que ele se apresente como um 
orientador das discussões travadas em sala de aula ou mesmo nos ambientes on-
line integrados às atividades escolares. 
A possibilidade de pesquisar, ler e conhecer os mais variados assuntos por meio da 
internet confere ao aluno um novo perfil de estudante, que exige um novo perfil de 
professor. 
Cabe ao professor estar atento a essa nova fonte de informações, para transformá-
las, junto com os alunos, em conhecimento. O professor é parte inerente e 
necessária a todo esse processo, possui um lugar insubstituível de mediador e 
problematizador do conhecimento; ele aprende com o aluno. 
 
Fonte: Adaptado de: FREITAS, M. T. Letramento digital e formação de 
professores. Educação em Revista. Belo Horizonte, v. 26, n. 3, 2010, p. 335-362. 
 
Considerando os desafios colocados para o educador diante das exigências de novas 
práticas pedagógicas decorrentes dos avanços das tecnologias digitais, avalie as 
afirmativas a seguir: 
I- As novas tecnologias estimulam a busca de mais informações por parte do aluno 
nativo digital, mas, por si só, não mudam, diretamente, o processo de ensino-
aprendizagem, o qual depende do uso que se faz delas; 
II- O professor que não domina as tecnologias digitais deve ser capaz de identificar 
o aluno nativo digital pelas informações que ele obtém pela internet; 
III- A utilização das novas tecnologias nos ambientes on-line, integrada às 
atividades escolares e aos conhecimentos prévios do aluno, é suficiente para a 
construção do conhecimento; 
IV- Uma das tarefas do professor é desenvolver novas formas de ensinar e 
aprender, incentivando o olhar crítico do aluno frente às inúmeras informações que 
a tecnologia digital oferece. 
É correto apenas o que se afirma em: 
 
a. II. 
 
b. IV. 
 
c. I e III. 
 
d. I e IV. 
 
e. II e III. 
 
PERGUNTA 3 
(Questão 13 – Enade 2017) 
A professora de uma escola pública tem a sua prática pedagógica fundamentada na 
teoria de Jean Piaget. Essa professora irá desenvolver, com uma turma do 5º ano do 
Ensino Fundamental, uma aula de Ciências sobre o tema “força e movimento”, 
utilizando a abordagem construtivista. 
Nesse contexto, qual deverá ser a proposta de trabalho elaborada pela professora? 
 
a. Demonstrar aos estudantes, em laboratório, os experimentos 
relacionados ao tema e realizar a avaliação do conteúdo trabalhado. 
 
b. Utilizar o livro didático e as figuras, previamente selecionadas, para 
sintetizar os conceitos e as informações relacionados ao conteúdo 
trabalhado. 
 
c. Aplicar os exercícios de fixação em níveis crescentes de complexidade 
para a internalização dos conteúdos pelos estudantes. 
 
d. Partir do saber do cotidiano do estudante sobre a relação entre a 
força e o movimento para provocar o surgimento de hipóteses, criar 
conflitos cognitivos para o desenvolvimento do conceito desejado. 
 
e. Realizar leituras informativas sobre o conteúdo e, a partir da 
apresentação de slides ilustrativos, descrever o conceito de força e de 
movimento, apresentando exemplos. 
 
PERGUNTA 4 
(Questão 14 – Enade 2017) 
A educação de jovens e adultos (EJA) traz os seus sujeitos impressos em seu nome, 
e isto não é à toa. São justamente esses sujeitos, com toda a sua diversidade e 
heterogeneidade, que demarcam as especificidades da modalidade. É a partir deles 
que a EJA vem sendo pensada no campo acadêmico, de maneira que uma proposta 
curricular adjacente a essas questões traga, como pressuposto teórico, o legado da 
Educação Popular, em que educador e o educando entrelaçam uma postura 
dialógica. 
 
Fonte: Adaptado de: Disponível em: http://37reuniao.anped.org.br. Acesso em: 12 
jul. 2017. 
 
Considerando as informações apresentadas, avalie as afirmativas: 
I- As especificidades dos alunos da EJA precisam ser consideradas e avaliadas 
constantemente, com o intuito de que os conhecimentos trabalhados em sala de 
aula sejam significativos; 
II- Os pressupostos teóricos e a proposta curricular da EJA são os mesmos da 
alfabetização nas séries iniciais, de modo que os jovens e os adultos recuperem os 
conhecimentos aos quais não tiveram acesso em idade regular; 
III- A relação dialógica entre os professores e os alunos potencializa o processo de 
ensino-aprendizagem, ao dar espaço para a diversidade e a heterogeneidade 
presentes nas salas de aula; 
IV- O legado da Educação Popular deve nortear a proposta curricular da EJA numa 
perspectiva compensatória, de modo a favorecer os indivíduos que não obtiveram 
sucesso na educação regular. 
É correto apenas o que se afirma em: 
 
a. I e III. 
 
b. II e IV. 
 
c. III e IV. 
 
d. I, II e III. 
 
e. I, II e IV. 
 
PERGUNTA 5 
(Questão 17 – Enade 2017) 
A educação, fundada na transdisciplinaridade e apoiada na multidimensionalidade 
humana, vai além do racionalismo clássico, e reconhece a importância das emoções 
e dos sentimentos, a voz da intuição dialogando com a razão e com a emoção 
subjacente, recuperando a polissemia dos símbolos, as diferentes linguagens e as 
possibilidades de expressão do ser humano. Enfim, reconhece a subjetividade 
humana não como uma realidade “coisificante”, mas como um processo vivo do 
indivíduo/sujeito concreto. 
 
Fonte: Adaptado de: MORAES, M. C. Transdisciplinaridade e Educação. Rizoma 
Freireano, v. 6, 2010. Disponível em: http://www.rizoma-freireano.org. Acesso em: 
17 jul. 2017. 
 
Considerando as implicações da educação transdisciplinar na organização do 
trabalho pedagógico, assinale a opção correta: 
 
a. O pensamento formulado a partir da transdisciplinaridade implica a 
atitude de abertura para a troca de diferentes saberes e 
conhecimentos, sendo necessário que o planejamento do trabalho 
pedagógico contemple, simultaneamente, os diálogos entre os 
conteúdos das disciplinas na perspectiva transversal. 
 
b. Na educação fundada na transdisciplinaridade, valorizam-se as 
diferentes áreas do conhecimento, considerando a criticidade, a 
criatividade e a auto-organização ecológica daquilo que surge de 
dentro para fora dos sujeitos aprendentes, ultrapassando as 
fronteiras do conhecimento. 
 
c. Arte, História e Geografia, componentes

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.