GD Farmácia Biomedicina
3 pág.

GD Farmácia Biomedicina


DisciplinaCitologia e Histologia865 materiais11.591 seguidores
Pré-visualização1 página
GD
Bruno Henrique S. Belo (Farmácia)
Questão 1) Descreva de forma sucinta porém objetiva as características do tecido conjuntivo levando em consideração as variedades, células, proteínas, etc, etc... 
-As funções do tecido conjuntivo são nutrição, sustentação, preenchimento, transporte, defesa, etc. 
Ele é altamente vascularizado, nutrindo assim tecidos adjacentes, principalmente o epitelial e cartilaginoso. 
O tecido conjuntivo ósseo e os propriamente ditos frouxo e denso sustentam o organismo, principalmente por causa do colágeno, que é uma proteína que confere rigidez aos ossos, e forma as fibras espessas que formam os tendões, permitindo assim, o movimento do corpo.
Este tecido preenche espaços, e também substitui outros tecidos principalmente em situações patológicas, como ocorre na cirrose.
O sangue é tecido conjuntivo, nutrindo outros tecidos e transportando nutrientes, células, anticorpos, etc, contribuindo também para a defesa do organismo.
O tecido conjuntivo também armazena energia em forma de lipídios nos adipócitos, células do tecido adiposo, garantindo a manutenção de energia em estados de jejum.
Questão 2) Sua tia do interior resolveu ir ao dermatologista preocupada com os \u201csinais do tempo\u201d... O refinado Dr. em questão prescreveu um creme a base de colágeno. Desconfiada ela resolveu te procurar uma vez que ela confia muito em seus conhecimentos adquiridos nas aulas de CHG. Dessa forma qual seria sua opinião a respeito? 
- Apesar do colágeno conferir rigidez aos tecidos, o dermatologista errou, já que a pele não absorve o colágeno. O ideal seria usar um creme que estimulasse a produção dessa proteína pelo organismo.
Questão 3) Ainda sobre o colágeno, descreva com detalhes sua síntese até sua unidade funcional. 
-No R.E.R é produzido um peptídeo registro que, após sofrer hidroxilação, glicosilação e formação de pontos dissulfeto, dará origem ao procolágeno. Após sua formação, irá para o complexo de golgi para empacotamento e transporte até a membrana da célula (via microtubulos), aonde atividades enzimáticas irão formar o tropocolágeno, que vai se agregar para formar as fibrilas colágenas e depois as fibras colágenas.
Questão 4) Em um final de semana ensolarado você foi passear naquele maravilhoso sítio da sua tia do colágeno... Ela pediu para você cuidar de seu priminho, mas como você tinha que resolver esse GD, acabou se descuidando dele por alguns minutos que foi suficiente para ele ser picado por algumas abelhas. Rapidamente o coitadinho de seu priminho apresentou um quadro coceira, erupção generalizada, vermilhidão da pele e um pouco de dificuldade respiratória. Na condição de quase Dr., você tranqüilizou sua tia dizendo que se tratava de uma resposta sistêmica de hipersensibilidade imediata, mediada por uma importante célula do tecido conjuntivo. Qual célula essa? Descreva também como se desencadeia esse processo. 
-Mastócito. Esta célula possui vários grânulos citoplasmáticos contendo substâncias anafiláticas. Após o contato com o antígeno, os mastócitos liberam tais substâncias para conduzir um processo inflamatório. A histamina causa vaso-dilatação, caracterizando assim o edema na glote e falta de ar. O conteúdo dos grânulos citoplasmáticos do mastócito também atrai células fagocitárias para o local, afim de neutralizar os complexos antígeno-anticorpo. Os grânulos citoplasmáticos também liberam substâncias que controlam/limitam a inflamação.
Questão 5) Discuta... \u201cAté pouco mais de uma década acreditava-se que o tecido adiposo era um compartimento inerte do corpo, e que tinha basicamente a função de armazenar energia\u201d. 
- Isto é errado. O tecido adiposo possui função hormonal, isolante térmico, mecânico e modelador da superfície corporal.
Principalmente em recém nascidos ele ajuda na manutenção da temperatura, e para isso ele se diferencia do tecido adiposo do adulto. Ele produz hormônios como a leptina, responsável pelo controle da fome. 
Questão 6) Descreva de forma geral o tecido ósseo, citando suas variedades e tipos celulares.
- Existem 2 tipos de tecido ósseo: o primário, que é imaturo, sendo o primeiro tecido ósseo formado no indivíduo, em que não são observadas lamelas, e o secundário, que é maduro, podendo ser compacto ou esponjoso, sendo diferenciado pela disposição das lamelas. A melhor forma de diferenciar os ossos compactos dos esponjosos é observar a ausência de canais de Harvers nos ossos esponjosos.
Existem 4 tipos de células nesse tecido: células osteogênicas, osteoblastos, osteócitos e osteoclastos. As células osteogênicas produzem os osteoblastos, estas que são responsáveis pela construção da matriz óssea. Os osteócitos são osteoblastos maduros que são caracterizados por baixa síntese. Os osteoclastos são células grandes e multinucleadas que são responsáveis pela quebra e reabsorção da matriz óssea.
Questão 7) Além de formar um sistema de alavancas e dar sustentabilidade ao corpo, quais são as outras funções desempenhadas pelos ossos? 
- Os ossos armazenam cálcio e outros íons, protegem os órgãos vitais (caixa torácica) e tem função hematopoética devido à localização da medula óssea em ossos longos.
Questão 8) Faça um esquema mostrando aspectos estruturais e funcionais do osso compacto. 
- No osso compacto não são observadas cavidades macroscopicamente. Histologicamente, são observados os canal de harvers, que são canais por onde passam vasos e nervos, contribuindo na nutrição do tecido ósseo. Esses canais são interligados pelos canais de volkmann. As lamelas ósseas são concêntricas aos canais de harvers. 
Questão 9) Passado o susto com seu priminho você resolveu para espairecer, tomar um banho de cachoeira. Você gentilmente convida para te acompanhar a prima da colega de sala de sua vizinha. Ela como é muito descuidada escorregou nas pedras molhadas e quebrou a perna. Colocando em prática seus conhecimentos das aulas de CHG explique de forma detalhada como acontece o processo de remodelação óssea.
- A reparação óssea ocorre a partir da reabsorção de tecido ósseo já formado, com a ajuda do endósteo e periósteo, que se proliferam devido ao estímulo de crescimento da cartilagem hialina presente no osso (disco epifisário), que será substituída por matriz óssea, caracterizando a ossificação endocondral. 
Questão 10) Descreva o mecanismo de contração dos três tipos de músculo. 
- Músculo estriado esquelético \u2013 contração forte, voluntária, descontínua.
A contração muscular depende de um estímulo nervoso gerado pelo sistema nervoso, através de sinapses, que ocorre por uma junção neuro-muscular (placa motora) em que axônios interagem com os músculos através da ligação de neurotransmissores com seus respectivos receptores. Isto gera uma despolarização da membrana mediada por íons Ca++, o que muda a conformação da troponina, permitindo a interação entre miosina e actina, em que uma proteína desliza sobre a outra, ocorrendo depois o relaxamento da miofibrila quando a acetilcolina é degradada. O processo gasta ATP. Não há interação física entre o neurônio e a célula muscular.
-Músculo estriado cardíaco \u2013 contração forte, involuntária, contínua.
Não possui junção neuro-muscular. Sua contração ocorre através de um processo de auto-estimulação, mediada pelas células cardíacas que são especializadas nesta função. A interação célula-célula pelas junções comunicantes observadas nos discos intercalares é essencial na ocorrência da contração do músculo cardíaco. Os impulsos são gerados por células especializadas nos nódulos sino-atrial e atrio-ventricular.
-Músculo liso \u2013 contração fraca, involuntária, lenta
Sua contração é estimulada pelo sistema nervoso autônomo simpático ou parassimpático.
O processo envolve fosforilação da miosina na contração e desfosforilação no relaxamento.