Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Questionario saúde do adulto

Pré-visualização|Página 1 de 1

Questionario saúde do adulto

1.Um idoso de 67 anos, mora com a família, tem o hábito de convidar amigos para passear na rua, diariamente, caminhando sem auxílio, acompanhado por sua filha. Devido à alteração dos horários de trabalho desta, passou a fazer esta atividade somente aos domingos, para não desagradar à filha, que fazia questão de acompanhá-lo. Ao final de seis meses, os familiares perceberam que o mesmo tem permanecido muito tempo sentado e caminha com muita dificuldade, somente dentro de casa. Nesta situação, de acordo com o MS (2017), durante a constância da caminhada diária, este idoso apresentava:


Incapacidade funcional e ausência de autonomia.

Dependência física para esta atividade, decorrente da capacidade funcional prejudicada.

Desempenho satisfatório e incapacidade funcional.

Incapacidade funcional, apesar de autonomia preservada.

Autonomia e capacidade funcional preservadas.

 

2. A diabetes mellitus é uma doença metabólica caracterizada por níveis elevados de glicose no sangue, hiperglicemia, resultantes dos defeitos na secreção de insulina, na ação da insulina ou ambas. Sabendo disso, julgue as alternativas abaixo e marque a sequência correta:

 

 

I. Os dois problemas principais relacionados com a insulina no diabetes tipo 2 são a resistência a este hormônio e a sua secreção prejudicada.

II. A apresentação do diabetes tipo 2 é, em geral, abrupta, acometendo principalmente crianças e adolescentes sem excesso de peso.

III. A insulina é um hormônio essencial produzido no pâncreas e liberado na corrente sanguínea.

IV. Há dois tipos principais de diabetes: na diabetes do tipo I, os pacientes não necessitam de terapia com insulina para o tratamento e na diabetes do tipo II, alguns pacientes podem requerer terapia com medicamentos orais ou insulina, mas podem controlar seu diabetes através de dietas.

V. Os sinais e sintomas da diabete são: cansaço, sede, necessidade frequente de urinar e visão turva. Com o passar do tempo, podem surgir sérios problemas como: perda da visão, comprometimento nervoso, circulação deficiente, cardiopatia e insuficiência renal.


Estão corretas apenas as alternativas II, III, IV e V.

Estão corretas apenas as alternativas I, III e V.

Estão corretas apenas as alternativas I, II, III e IV.

Estão corretas apenas as alternativas III e IV.

Todas as alternativas estão corretas.

 

4. Atualmente a população brasileira se encontra no período de maior demanda nos Prontos Socorros em relação às doenças respiratórias – de março a junho – devido ao aumento da circulação dos vírus que podem acometer gravemente pessoas de todas as idades, em especial crianças e idosos.  O ar seco característico do outono somado a maior circulação dos vírus respiratórios geram uma proliferação de infecções nas vias aéreas superiores, causando gripes, resfriados, crises de asma, pneumonias e bronquiolites. Desta maneira, leia as alternativas abaixo e marque a alternativa correta:

 


A DPOC refere-se a uma doença pulmonar obstrutiva congênita caracterizada por um limitação do fluxo de ar, inclui a bronquite crônica e o enfisema pulmonar. Um diagnóstico de enfermagem comum nesse caso é o "Padrão Respiratório Ineficaz".

A Bronquite Crônica é uma DPOC no qual provoca a perda da elasticidade pulmonar, devido obstrução, destruição tecidual e estreitamento dos septos pulmonares, provocada principalmente por microrganismos

A pneumonia hospitalar ocorre no contexto comunitário. A necessidade da hospitalização depende da gravidade da pneumonia. A PAH constitui a infecção hospitalar mais letal, dentre alguns microrganismos comuns responsáveis, temos a Enterobacter, Escherichia coli, Klebisiella, Proteus e Pseudomonas.

Asma é uma doença intermitente e reversível que acomete as vias respiratórias, especialmente os brônquios e bronquíolos que são os canais por onde o ar passa até chegar nos pulmões, fazendo com que fiquem inflamadas, inchadas e produzam muco, ou secreção extra. Isso pode causar dificuldade para respirar, tosse e falta de ar.

O dreno de tórax é muito comum no pós operatório de cirurgia torácica, cardíaca e tratamento de várias alterações pulmonares como pneumotórax, hemotórax e derrame pleural. Na Assistência de Enfermagem o profissional deve se atentar em fazer o controle do débito do dreno e em elevar o dreno acima da inserção sem clampear toda vez em que o paciente for ao banheiro.

 

5.Julgue as alternativas, SOME o(s) número(s) da(s) afirmativa(s) CERTAS e escreva a soma total encontrada:

 

 

Observação: Perceba que cada alternativa possui um número no inicio,

 

A. (05). As infecções do trato urinário podem ser causadas por microrganismos, uma vez que a falta de higiene, Manipulação inadequada do TU (cateterização) e relações sexuais podem ser fatores de risco da ITU, quando encontrado infecção, o organismo para evitar patologias utiliza o sistema de defesa e esvaziamento da bexiga como forma de autodefesa.

 

B. (12). A urolitíase é causada principalmente deposição de substâncias cristalinas (cálcio, ácido úrico, fosfato de cálcio) excretado pela urina, podendo ser encontrada em qualquer ponto do rim a bexiga, variando de tamanho. Para diagnosticar tal patologia podemos usar urografia intravenosa, exame de urina. Um dos procedimentos de tratamento da doença é litotripsia.

 

C. (03) A úlcera péptica (UP) é solução de continuidade que compromete a camada da mucosa do trato digestivo exposta a secreção cloridropéptica. Ocorre principalmente no estômago ou no duodeno. A maioria das úlceras estão relacionadas ao Helicobacter pylori.

 

D. (08) Urolitíase e nefrolitíase referem-se a cálculos no trato urinário e nos rins, respectivamente; os cálculos urinários são responsáveis por mais frequentes internações hospitalares a cada ano.

 

E. (10) O sinal de Giordano e Rovsing é utilizado na pesquisa de pielonefrite ou litíase renal. Para ser detectado, deve ser realizado uma percussão com a mão em forma de punho no dorso do paciente no nível da 11° e 12° costela, com uma mão realizando o amortecimento.

28

 

6. L.C.P., 46 anos, sexo masculino, casado, três filhos, foi internado com provável insuficiência cardíaca congestiva. Na entrevista de admissão informou fazer acompanhamento ambulatorial e que estava usando furosemida, digitálico e antiarritmico. Não sabia para que serviam essas medicações. Referiu também Ter sido orientado para ingerir no máximo 800 ml de líquidos por dia, a fazer repouso e a usar pouco sal na alimentação. Acreditava que a água é essencial para a vida e por isso não seguia a recomendação de restrição. Fazia o repouso porque sentia muita falta de ar quando fazia qualquer atividade e seguia a recomendação de usar pouco sal. Informou urinar 2 ou 3 vezes por dia em pequenas quantidades e que no último mês ganhou 3 Kg apesar de não ter modificado sua alimentação. Ao exame físico identificou-se: FR=38 rpm; respiração regular e rítmica; presença de estertores em bases pulmonares; FC=98 bat/min; pulso arrítmico, T (axilar)=38 graus Celsius; PA=95/60 mmHG; edema intenso de extremidades inferiores; palidez cutânea, diminuição da massa muscular do membro superior esquerdo e unhas dos pés compridas e sujas. Ao exame físico, foram verificados os sinais vitais e com base nisso responda as questões I a IV e responda as alternativas CORRETAS para cada sentença abaixo: 

 

I) Um dos tipos de digitálicos prováveis que o paciente pode estar tomando é:

 

 1) Furosemida.  2) Digoxina.  3) Nitroglicerina.  4) Lorsatana  5) Heparina. 

 

II) Na admissão deste paciente foi verificado a frequencia cárdiaca de 98 bat/min. Opte pela alternativa que possui os termos corretos para estes batimentos. 

 

1)    Taquicárdico.  2) Bradiesfigmo.  3) Normoesfigmo. 4) Normocárdico  5) Bradicárdico

 

III) Assinale, de acordo com o caso acima do paciente, o termo técnico que caracteriza a forma de diurese ou micção do paciente: 

 

1)    Oligúria    2) Anuria   3) Poliúria   4) Polaciúria   5) Hematúria. 

 

 

 

IV) Quanto a possível patologia apresentada pelo paciente L.C.P., 46 anos, sexo masculino, assinale a alternativa correta:

 

1) É a capacidade cardíaca de bombear sangue suficiente para o organismo devido a falência das câmaras cardíacas (DILATAÇÃO VENTRICULAR).

 

2) É a incapacidade cardíaca de bombear sangue suficiente para o organismo devido a falência das câmaras cardíacas (DILATAÇÃO ATRIAL).

 

3) É a incapacidade cardíaca de bombear sangue suficiente para o organismo devido a falência das câmaras cardíacas (DILATAÇÃO VENTRICULAR).

 

4) É a incapacidade cardíaca de bombear sangue suficiente para o organismo devido a força das câmaras cardíacas (DILATAÇÃO VENTRICULAR e ATRIAL).

 

Marque a opção em que se encontram as respostas CORRETAS para cada sentença, respectivamente: 


1, 3, 4, 2

2, 3, 1, 4

2, 4, 1, 3

5, 4, 1, 3

3, 1, 2, 4

 

7. Julgue as alternativas em Verdadeiro ou Falso, logo após marque a sequência correta.

 

 

A) ( ) O enfermeiro, para assistir o idoso de forma segura, deverá garantir que todo o planejamento assistencial seja centrado na doença para que as prescrições sejam baseadas em evidências científicas.

 

B) ( ) O uso de medicamentos nas pessoas idosas traz desafios aos profissionais de saúde decorrentes do processo de envelhecimento. Para o idoso a absorção dos medicamentos se torna diminuída e tem como causas aumento do pH gástrico, diminuição da motilidade do trato digestório, diminuição de células de absorção.

 

C) ( ) O sistema respiratório apresenta modificações como o aumento da elasticidade pulmonar e o enrijecimento da parede torácica. Por isso o DPOC é silencioso nos estágios iniciais sendo a dispneia atribuída a falta de condicionamento físico.

 

D) ( ) De acordo com as Diretrizes Essenciais contidas na Política Nacional do Idoso, cabe ao enfermeiro desenvolver o seu plano de cuidados baseado em alguns princípios e ser centrado nas necessidades do cliente visando à prevenção de agravos, promoção, proteção e recuperação da saúde do idoso;

 

E) ( ) A inflamação da mucosa gástrica ou estomacal é causada por: alimentos contaminados, alimentos irritantes ou muito temperados, uso de anti-inflamatórios não-esteróides, excesso de ingesta alcoólica, refluxo biliar ou radioterapia e ainda por ingesta de ácidos fortes. Em alguns casos podem desenvolver úlceras, estas são provocadas principalmente por bactérias.


F, V, F, V, V

F, F, F, V, V

V, F, F, F, V

V, V, V, V, F

V, V, V, F, F

 

8. Paciente feminina, 72 anos, viúva, tem 04 filhas. É portadora de hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus. Apresentou acidente vascular encefálico há 5 anos, com hemiparesia em dimidio direito. Após evento, tornou-se dependente para a maioria das atividades básicas de vida diária como banhar-se, trocar-se, realizar transferências. Atualmente não deambula e está em uso de fraldas por incontinência urinária, preservando continência fecal. As filhas assumiram cuidados da mãe nos primeiros meses, mas em seguida optaram por encaminhá-la a Instituição de Longa Permanência para Idosos. Em consulta médica, paciente queixa-se de sede e apresenta dosagem sérica de sódio elevada. Quando questionada sobre ingesta líquida, paciente conta que sempre pede água as cuidadoras, mas elas recusam a oferta hídrica, porque depois ela urina muito e fica difícil trocar as fraldas muitas vezes ao dia.

 

 

Desta forma marque a alternativa CORRETA quanto aos conhecimentos e ações necessárias do enfermeiro:


O enfermeiro deve considerar ato de violência ao idoso e notificar o acontecimento, bem como entender que um dos principais problemas de saúde pública é a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS), sendo esta a mais frequente das doenças cardiovasculares.

Hipertensão Arterial é definida como pressão arterial diastólica maior ou igual a 140 mmHg e uma pressão arterial sistólica maior ou igual a 90 mmHg, em indivíduos que não estão fazendo uso de medicação anti-hipertensiva.

Ao enfermeiro, não compete solicitar, durante a consulta de enfermagem, os exames mínimos estabelecidos nos consensos e definidos como possíveis e necessários pelo médico da equipe.

O Diabetes Mellitus (DM) é uma doença crônica de deficiência de insulina, ou de resistência à insulina, absoluta ou relativa. Suas consequências a longo prazo decorrem de alterações micro e macrovasculares. Como complicações crônicas podemos incluir neuropatia, síndrome de Cushing e obesidade.

O enfermeiro deverá orientar paciente e filhas a cuidar da hidratação, tendo em vista não ser responsabilidade da instituição ofertar líquidos a idosa. Aguardar outro momento, esperando que a suspeita de omissão aos cuidados da idosa seja confirmada.


9- Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras( V ) e as falsas( F ) em relação ao Acidente Vascular Isquêmico (AVI).

 

 I.  (     ) É responsável por cerca de 85% dos casos de Acidente Vascular Cerebral.

 II. (     ) Pode ocorrer devido à formação de um ateroma ou êmbolos nos vasos do cérebro.

 III. (    ) Entre os sintomas podemos encontrar dores de cabeça muito fortes, diminuição da força muscular, desvio da comissura labial e afasia ou disartria.

IV. (    ) Caracteriza-se por um rompimento dos vasos sanguíneos dentro ou ao redor do cérebro.

V.  (    ) A escala de Murphy é uma escala de avaliação médica utilizada para diagnosticar a presença de um acidente vascular cerebral, são três sinais considerados indicativos de AVC.

 

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.


V, V, V, F, F

V, V, F, F, V

V, F, F, V, F

F, V, V, V, V

F, V, F, V, F

 

10. Uma paciente, com 25 anos de idade, natural de S. Maria e procedente de P. Alegre, estudante universitária. A paciente veio ao ProntoSus há 3 dias com queixa de ardência miccional que iniciou há 2 dias. Foram coletados exames “de sangue e de urina”, solicitado ecografia e receitado dipirona 30 gotas VO 4 x / dia, se necessário. Melhorou, mas voltou ao ambulatório acompanhada, hoje, referindo febre, sensação de peso na região supra- púbica e Polaciúria. A urina é turva e mal-cheirosa há dias. Nega secreção vaginal. Refere cansaço e fadiga. Apresenta bom estado geral e de nutrição. Lúcida, coerente e orientada. Corada e hidratada. PA deitada 110/60mmHg FV 100 bpm Temp 37.2 ºC FR 24 rpm Altura: 170 cm Peso: 60 kg. A acompanhante solicita informações sobre a natureza da doença, sua causa e riscos. Desta maneira marque a alternativa correta sobre o caso apresentado.


A paciente apresenta uma frequência respiratória fora do normal, com batimentos cardíacos regulares, porém apresenta uma possível infecção no trato urinário, podendo ser causado por microorganismos que podem desenvolver uma possível cistite, pela inflamação da bexiga.

A paciente apresenta uma Hipotensão Arterial, com termperatura elevada e frequência respiratróia elevada. A mesma se queixa de ir no banheiro constantemente, e pode apresentar um possível cistite, uma vez que as mulheres são mais atingidas pelas cistites que os homens, tendo em vista o tamanho da uretra feminina, menor do que a masculina.

A paciente possui um forte dor na região abdominal, essa dor deve se a uma possível inflamação do revestimento mucoso do estômago. A mucosa do estômago oferece resistência à irritação e normalmente pode suportar um elevado conteúdo ácido.

A paciente apresenta odor na urina, dor na bexiga, pressão Arterial limitrofe, fadiga , cansaço, inflamação no trato urinário. Se não tratado com a endocospia poderá apresentar piúria, bacteriúria, hematúria.

 

11. O eletrocardiograma é um exame complementar para avaliarmos a função do coração, muito utilizado na cardiologia. Quando realizamos o ECG devemos analisar a FC, ritmo, presença de ondas e tempo das ondas. Desta forma, julgue os itens abaixo e marque a alternativa correta:

 

I. Para realizarmos o ECG, precisamos monitorizar o paciente com os eletrodos os quais nos darão as 

derivações periféricas unipolares (AVL, AVF, AVR), bipolares (DI, DII,DIII) e precordiais que são unipolares (V1, V2, V3, V4, V5, V6).

II. O eletrocardiograma convencional é composto por 12 derivações. Nele conseguimos identificar alterações como arritmia e isquemia.

III. A onda P é responsável pela diástole atrial. Já o Complexo QRS é responsável pela sístole ventricular, onde encontramos os estímulos elétricos através das Fibras de Purkinje e Feixe de His.


Estão corretas apenas as alternativas I e II.

Estão corretas apenas as alternativas II e III.

Estão corretas apenas as alternativas I e III.

Está correta apenas a alternativa III.

Todas as alternativas estão incorretas.

 

12. Entre os cuidados de enfermagem que devem ser assegurados ao paciente com gastrite, incluem-se a recomendação de dieta branda e fracionada, com ausência de alimentos irritantes à mucosa gástrica, a de prática de atividades físicas, com a finalidade de reduzir o estresse, e a de restrição à ingestão de álcool e de café e ao uso de tabaco. Justifique esta afirmação em Certo ou Errado.

 Certo

 

13.Em relação ao Acidente Vascular Cerebral, marque a opção correta:

A - O AVC Hemorrágico resulta de uma hemorragia intracraniana por ruptura de um vaso, havendo derramamento de sangue no tecido cerebral ou nos espaços adjacentes.

B - O AVC Isquêmico decorre de uma diminuição do fluxo sanguíneo cerebral, geralmente causado por anomalias dos vasos sanguíneos, alterações cardíacas ou dos componentes sangue.

C - Em ambos os casos, as prováveis incapacidades /déficits relacionados ao AVC variam de acordo com localização da lesão e com a extensão da área de perfusão atingida.

Todas estão erradas.

Apenas B está errada.

Apenas A está correta.

Todas estão corretas.

Apenas A e C estão corretas


Quer ver o material completo? Crie agora seu perfil grátis e acesse sem restrições!