A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
Regimes Aduaneiros Especiais

Pré-visualização | Página 1 de 1

Tema 07 – Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Bloco 1
Prof. Milton Gato
Sistemática de 
Importação e Exportação
W
BA0538_v1_0
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Trânsito Aduaneiro
• Regime que permite a movimentação de 
mercadoria, sob controle aduaneiro, de um 
ponto a outro do Território Aduaneiro, com 
suspensão do pagamento dos impostos.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Entreposto Aduaneiro:
• Armazém de uso público que permite a 
armazenagem de mercadoria, com 
suspensão do pagamento dos impostos, 
por prazo de até um ano, prorrogável por 
igual período, podendo ser utilizado na 
importação e na exportação.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Entreposto Aduaneiro:
• Na Importação – utilizado por todos os 
tipos de empresas, portes e segmentos, 
desde que as mercadorias sejam 
importadas sem cobertura cambial.
• Na Exportação – utilizado por empresas 
que necessitem de espaço para gerar 
“pulmão de exportação” ou, utilizado por 
empresas Trading Companies.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Admissão Temporária:
• Possibilidade de importar determinada 
mercadoria que permaneça no 
Território Aduaneiro para fins e prazos 
específicos (ex.: feiras, congresso, 
molde), e que retornem ao exterior 
sem sofrer modificações.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Admissão Temporária:
• Utilização Econômica – importação de 
bens para produção de outros bens 
(ex.: máquinas), com o pagamento dos 
impostos proporcional ao tempo de 
permanência no Brasil.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
• Aperfeiçoamento Ativo – aquisição de 
mercadorias que serão submetidas a 
processo de industrialização e, 
posteriormente, reexportadas. 
Caracteriza-se como prestação de serviços 
uma vez que não há a transferência de 
propriedade ao importador brasileiro.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Exportação Temporária:
• Possibilidade de exportar determinada 
mercadoria que permaneça fora do 
Território Aduaneiro para fins e prazos 
específicos (ex. feiras, congresso, 
molde), e que retornem ao Brasil sem 
sofrer modificações.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Exportação Temporária:
• Aperfeiçoamento Passivo - remessa de 
mercadorias ao exterior, que serão 
submetidas a processo de industrialização 
e, posteriormente, reimportadas. 
Caracteriza-se como prestação de serviços 
uma vez que não há a transferência de 
propriedade ao importador estrangeiro.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Loja Franca:
• Estabelecimento comercial, situado em 
Zona Primária, que comercializa, sem a 
incidência de impostos, mercadorias 
nacionais e importadas.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Depósito Especial:
• Depósito Especial – armazém de uso 
privado que permite a armazenagem de 
mercadoria, com suspensão do pagamento 
dos impostos, por prazo de até um ano, 
prorrogável por igual período.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Depósito Afiançado:
• Depósito Afiançado – armazém de 
utilização específica de companhias de 
transporte internacional para 
armazenagem de partes e peças 
eventualmente utilizadas em reparos e 
consertos de veículos transportadores.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Depósito Alfandegado Certificado - DAC:
• Regime Aduaneiro Especial que permite 
considerar exportada, para todos os 
efeitos fiscais, creditícios e cambiais, a 
mercadoria nacional depositada em 
recinto alfandegado, vendida a pessoa 
sediada no exterior, mediante contrato 
de entrega no território nacional e à 
ordem do adquirente.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Depósito Franco:
• Regime que permite, em recinto 
alfandegado, a armazenagem de 
mercadoria estrangeira para atender 
ao fluxo comercial de países limítrofes 
com terceiros países.
Tema 07 – Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Bloco 2
Prof. Milton Gato
Sistemática de 
Importação e Exportação
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
RECOF-Sped:
• Permite que a empresa beneficiária 
importe ou adquira no mercado doméstico 
insumos para o seu processo produtivo, 
industrialize os seus produtos finais e os 
exporte, sem realizar o pagamento de 
tributos em quaisquer dessas etapas. 
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
RECOM:
• Permite a importação, sem cobertura 
cambial, de insumos destinados à 
industrialização por encomenda dos 
produtos classificados nas posições 8701 a 
8705 da Tabela de Incidência do Imposto 
sobre Produtos Industrializados – TIPI, por 
conta e ordem de pessoa jurídica 
encomendante domiciliada no exterior.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
REPETRO:
• Regime aduaneiro especial de utilização 
econômica destinado a bens a serem 
utilizados nas atividades de exploração, 
desenvolvimento e produção das jazidas 
de petróleo e de gás natural.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Repex:
• Regime aduaneiro especial de importação 
de petróleo bruto e seus derivados –
REPEX é o que permite a importação 
desses produtos, com suspensão do 
pagamento dos impostos federais, da 
contribuição para o PIS/PASEP-
Importação e da COFINS-Importação, 
para posterior exportação, no mesmo 
estado em que foram importados.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Zona Franca da Manaus - ZFM:
• É uma área de livre comércio de 
importação e de exportação e de 
incentivos fiscais especiais, estabelecida 
com a finalidade de criar no interior da 
Amazônia um centro industrial, comercial 
e agropecuário,...
(continua)
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Zona Franca da Manaus - ZFM:
• ...dotado de condições econômicas que 
permitam seu desenvolvimento, em face 
dos fatores locais e da grande distância a 
que se encontram os centros 
consumidores de seus produtos.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Áreas de Livre Comércio - ALC:
• Constituem áreas de livre comércio de 
importação e de exportação as que, sob 
regime fiscal especial, são estabelecidas 
com a finalidade de promover o 
desenvolvimento de áreas fronteiriças 
específicas da Região Norte do País e de 
incrementar as relações bilaterais com os 
países vizinhos, segundo a política de 
integração latino-americana.
Regimes Aduaneiros 
Especiais – Parte 1
Zona de Processamento de Exportações - ZPE:
• Caracterizam-se como áreas de livre 
comércio com o exterior, destinadas à 
instalação de empresas voltadas para a 
produção de bens a serem comercializados 
no exterior, sendo consideradas zonas 
primárias para efeito de controle aduaneiro.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.