Buscar

Gabarito8ano_Geografia_Módulo4

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 3 páginas

Prévia do material em texto

ATIVIDADE PRÁTICA
Em 2012, o Pnud Brasil, o Ipea e a Fundação João Pinheiro (FJP) adaptaram a metodologia do 
IDH Global para calcular o IDH Municipal (IDHM) dos 5 570 municípios brasileiros.
 O IDHM brasileiro considera as mesmas três dimensões do IDH Global – longevidade, educação 
e renda –, mas vai além: adapta a metodologia global ao contexto brasileiro e à disponibilidade 
de indicadores nacionais. Embora meçam os mesmos fenômenos, os indicadores considerados 
no IDHM são mais adequados para avaliar o desenvolvimento de municípios e regiões metro-
politanas brasileiras.
 O IDHM é um número que varia entre 0 e 1. Quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento 
humano de uma unidade federativa ou município.
● Procure saber o IDHM de seu município e indique ações que possam contribuir para a melho-
ria da qualidade de vida local. Para auxiliá-lo nesta tarefa, acesse o Atlas do desenvolvimento 
humano do Brasil, disponível em: <www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/o_atlas/idhm/>. Acesso em: 
26 set. 2019.
PARA CONCLUIR
Você já compreende que existem diversas formas de regionalizar o mundo. Já conhecemos os 
critérios naturais, culturais e, agora, socioeconômicos. Os indicadores estudados neste módulo de-
monstram que para analisar o desenvolvimento é preciso ir além da questão econômica. Educação, 
alimentação, longevidade, saneamento, entre outros pontos, devem ser observados para mensurar 
a qualidade de vida em um lugar. Ir além do simplismo é o nosso objetivo principal. E, a partir de 
agora, sabendo mais sobre o IDH, o PIB, o FIB, a fome e a mortalidade infantil, você será capaz de 
analisar com mais critério o mundo ao seu redor. 
Fonte: PNUD; Ipea; FJP. Atlas do desenvolvimento humano nos municípios. Disponível em: <www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/o_atlas/idhm/>. Acesso em: 12 ago. 2019.
0,499
MUITO BAIXO BAIXO MÉDIO ALTO MUITO ALTO
0,500 0,599 0,600 0,699 0,700 0,799 0,800 10
Faixas do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM)
1 Explique o que é IDH.
O IDH é um índice que calcula o nível de desenvolvimento 
humano de uma população. O objetivo do IDH é mostrar que o 
desenvolvimento de uma sociedade não está associado unicamente 
ao tamanho da produção econômica, mas também a outros fatores, 
como saúde e educação.
2 Cite três indicadores que podem ser usados para medir 
o desenvolvimento dos países. 
O aluno pode responder qualquer um destes índices: IDH, PIB, PIB 
per capita, mortalidade infantil e Índice de Felicidade Interna Bruta 
(FIB). Como existem outras possibilidades, analise se a resposta do 
aluno é coerente. 
PRATICANDO O APRENDIZADO
299
G
E
O
G
R
A
F
IA
 
M
Ó
D
U
LO
 4
PH_EF2_8ANO_GEO_289a301_CAD1_MOD04_CA.indd 299 10/22/19 3:30 PM
3 Diferencie fome aguda de fome crônica.
A fome aguda refere-se à total privação de alimento por determinado 
período de tempo. Já a fome crônica está ligada à ingestão cotidiana 
insuficiente de calorias e nutrientes. 
4 Quais são os pilares considerados no cálculo do Índice 
de Felicidade Interna Bruta (FIB)? 
Bem-estar psicológico, saúde, uso do tempo, vitalidade comunitária, 
educação, cultura, meio ambiente, governança e padrão de vida.
1 Observe os mapas a seguir. a) Relacione os mapas e comente o nível de desenvol-
vimento dos países situados nos níveis extremos dos 
indicadores mostrados em cada mapa. 
Os mapas se relacionam, pois os países com maior índice de 
mortalidade infantil apresentam também os maiores índices de 
crianças com peso abaixo do normal. Nos países com as maiores 
taxas de mortalidade infantil e crianças abaixo do peso, 
provavelmente, a qualidade de vida da população é baixa, sem 
acesso pleno a tratamentos médicos e a saneamento básico. 
Já os países que têm as menores taxas apresentam serviços 
de saneamento e saúde mais abrangentes, e a população 
tem melhor qualidade de vida. 
b) Relacione os dois mapas e responda: Por que a 
subnutrição é tão perigosa, principalmente para as 
crianças?
A subnutrição, ou falta de determinados nutrientes por longo 
período de tempo, pode levar a danos graves à saúde, alguns 
até mesmo irreversíveis. No caso das crianças, torna-se mais 
grave, pois são mais vulneráveis, o que aumenta o risco de morte. 
Por esse motivo, ao analisar os mapas, observam-se altas taxas 
de mortalidade infantil em países que também apresentam altas 
taxas de subnutrição.
APLICANDO O CONHECIMENTO
Veja, no Manual do Professor, o gabarito comentado das questões 
sinalizadas com asterisco.
Fonte: CIA World Factbook. Disponível em: <www.indexmundi.com/
map/?t=0&v=2224&r=xx&l=pt>. Acesso em: 14 ago. 2019.
Trópico de Câncer
M
er
id
ia
n
o
 d
e
G
re
en
w
ic
h
Equador
0º
0º
Trópico de
Capricórnio
Círculo Polar Ártico
OCEANO
PACÍFICO
OCEANO GLACIAL ÁRTICO
OCEANO
ATLÂNTICO
OCEANO
ÍNDICO
OCEANO
PACÍFICO
0-2,5
2,6-5,0
5,1-7,5
7,6-11
11,1-21
Sem dados
Nota: No mapa consideram-se
crian•as de atŽ 5 anos.
4 300 km0
N
S
LO
Mundo: crianças abaixo do peso normal – 2017
Fonte: CIA World Factbook. Disponível em: <www.indexmundi.com/
map/?t=0&v=29&r=xx&l=pt>. Acesso em: 14 ago. 2019.
Círculo Polar Ártico
Equador
Trópico de Câncer
Trópico de Capricórnio
0º
M
er
id
ia
n
o
 d
e 
G
re
en
w
ic
h
OCEANO
PACÍFICO
OCEANO
PACÍFICO OCEANO
ATLÂNTICO
OCEANO
ÍNDICO
4 300 km0
N
S
LO
4,4-7,9
8-14,9
15-29,9
30-39,9
40-66
67-91
Acima de 91
Sem dados
1,0-4,3
(ä)
M
a
p
a
s
: 
B
a
n
c
o
 d
e
 i
m
a
g
e
n
s
/A
rq
u
iv
o
 d
a
 e
d
it
o
ra
Mundo: taxa de mortalidade infantil – 2017
300
G
E
O
G
R
A
F
IA
 
M
Ó
D
U
LO
 4
PH_EF2_8ANO_GEO_289a301_CAD1_MOD04_CA.indd 300 10/22/19 3:31 PM
2 Observe o mapa abaixo.
Círculo Polar Ártico
Equador
Trópico de Câncer
Trópico de Capricórnio
0º
0º
M
er
id
ia
n
o
 d
e 
G
re
en
w
ic
h
OCEANO
PACÍFICO
OCEANO
PACÍFICO OCEANO
ATLÂNTICO
OCEANO
ÍNDICO
0-445
445-899
899-1 304
1 304-1 751
1 751-2 047
2 047-3 925
3 925-5 804
Sem dados
kWh
Fonte: CIA World Factbook. Disponível em: <www.indexmundi.com/map/?v=81000&l=pt>. 
Acesso em: 14 ago. 2019.
Mundo: consumo de eletricidade 
per capita – 2017
 Estabeleça uma relação entre os dados apresentados 
no mapa e o IDH. 
A tendência é a de que os países com maior consumo de energia
elétrica per capita apresentem maior IDH.
3 Identifique um problema na adoção do Produto Interno 
Bruto (PIB) como indicador de desenvolvimento. 
O Produto Interno Bruto (PIB) não é capaz de mensurar a desigualdade,
ou seja, ainda que o PIB do país seja elevado, essa renda pode estar
concentrada nas mãos de uma minoria da população. Além disso,
não é possível comparar o total produzido com o tamanho da 
população (o que é estabelecido mediante o PIB per capita), não 
sendo possível mensurar se o valor do PIB é elevado pelo grande 
número de habitantes ou pelo elevado valor da produção interna. 
1 Observe a imagem a seguir.
 A imagem faz referência ao seguinte indicador de 
desenvolvimento:
a) Produto Interno Bruto (PIB).
b) Índice de Felicidade Interna Bruta (FIB).
c) Taxa de mortalidade infantil.
d) Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).
e) Taxa de fome e subnutrição.
2 A fome é um grave problema nos dias atuais. Mesmo 
com toda a tecnologia e os recursos desenvolvidos e 
com uma produção de alimentos superior ao necessá-
rio para abastecer os quase 8 bilhões de habitantes da 
Terra, milhões de pessoas ao redor do planeta ainda 
enfrentam as graves consequências da fome. 
 A respeito da fome e de suas causas, assinale a alter-
nativa que contém apenas as afirmativas corretas.
 I. O real problema não está na produção de alimentos, 
e, sim, na má distribuição do que é produzido. 
 II. Fome crônica refere-se à falta de acesso a alimentos 
por ocasiões momentâneas provocadas por guerras, 
desastres, etc. 
 III. A fome constitui um problema, principalmente nos 
países periféricos. 
 IV. A situação de falta de alimento, ainda que por longo 
período de tempo, é revertidaimediatamente após 
os indivíduos passarem a ter acesso a uma alimen-
tação balanceada e contínua. 
 Estão corretas as afirmações:
a) I, II e III.
b) I, III e IV.
c) I, II, III e IV.
d) I e II.
e) I e III. 
DESENVOLVENDO HABILIDADES
Il
u
s
tr
a
C
a
rt
o
o
n
/A
rq
u
iv
o
 d
a
 e
d
it
o
ra
ANOTAÇÕES
301
G
E
O
G
R
A
F
IA
 
M
Ó
D
U
LO
 4
PH_EF2_8ANO_GEO_289a301_CAD1_MOD04_CA.indd 301 10/22/19 3:31 PM

Outros materiais

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Perguntas Recentes