Buscar

Aol 2 imunologia clínica

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

Módulo A - 73329 . 7 - Imunologia Clinica - T.20221.A
Avaliação On-Line 2 (AOL 2) - Questionário
Avaliação On-Line 2 (AOL 2) - Questionário
Rodrigo Mendes Braz
Nota finalEnviado: 28/02/22 08:03 (BRT)
8/10
Conteúdo do exercício
Conteúdo do exercício
1. Pergunta 1
/1
Leia o trecho a seguir:
“Embora a maioria dos pacientes coinfectados com sífilis e aids apresente resposta sorológica normal, evolução clínica habitual e boa resposta terapêutica, podem ocorrer alterações na história natural da sífilis. Por exemplo, os testes sorológicos para sífilis podem apresentar títulos muito elevados. Em indivíduos com aids, apresentando suspeita clínica de sífilis e VDRL negativo, deve-se repetir o teste, após diluição do soro – títulos altos podem levar ao fenômeno denominado prozona e, consequentemente, a VDRL negativo.”
Fonte: VERONESI, R.; FOCACCIA, R. Tratado de Infectologia. 5 ed. São Paulo: Atheneu, 2015. 1549.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre imunoensaios, é preciso diluir as amostras que apresentam o efeito prozona porque:
Ocultar opções de resposta 
1. 
provoca discrepância entre o volume das partículas presentes na amostra.
2. 
a diluição induz equivalência entre os antígenos e anticorpos na reação.
Resposta correta
3. 
a diluição vai causar o excesso de anticorpos presentes na amostra.
4. 
esse efeito torna os resultados testados negativos.
5. 
sem a diluição os resultados não são visíveis a olho nu.
2. Pergunta 2
/1
Leia o trecho a seguir:
“As técnicas de precipitação começaram a ser utilizadas há aproximadamente 100 anos por Rudolf Kraus em Viena e em 1905 Bechhold apresentou seus experimentos sobre a precipitação em géis. […] Estas reações continuam sendo utilizadas por alguns laboratórios devido a sua especificidade, principalmente no diagnóstico de infecções causadas por fungos e para a detecção de alguns auto-anticorpos.”
Fonte: VOLTARELLI, J. C. et al. Imunologia clínica na prática médica. [S.l.]: Atheneu, 2009. p. x.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre os métodos imunológicos que utilizam a precipitação como princípio, as reações de precipitação são:
Ocultar opções de resposta 
1. 
processos ocasionados pela aglutinação de antígenos e anticorpos ligados ao sistema ABO-Rh.
2. 
reações que envolvem a interação entre anticorpos e a sua capacidade de neutralização de bactérias in vivo.
3. 
reações que envolvem a combinação de antígeno solúvel com anticorpo também solúvel para produzir complexos insolúveis visíveis.
Resposta correta
4. 
técnicas que envolvem a interação entre antígenos e servem para verificar a capacidade de motilidade entre eles.
5. 
metodologias que utilizam antígenos e anticorpos para representar a reatividade através da emissão de fluorescência.
3. Pergunta 3
/1
Durante o desenvolvimento de uma técnica de imunodifusão radial dupla, pode-se podemos observar, entre 5 e 8 horas após o início do teste, a formação de linhas visíveis a olho nu, o que representa a reatividade do ensaio. O teste pode pesquisar a especificidade de mais de uma partícula ao mesmo tempo.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre imunodifusão radial dupla, podemos afirmar que a formação de linhas visíveis na placa de gel indica:
Ocultar opções de resposta 
1. 
a obtenção de complexos imunes precipitados, o que indica a negatividade do teste, já que as partículas se afastaram.
2. 
a formação de imunocomplexos que se precipitaram, sinalizando a especificidade entre as partículas testadas.
Resposta correta
3. 
a falta de reatividade entre partículas presentes no teste, já que resultados positivos se apresentam límpidos.
4. 
uma alta velocidade de mobilização entre os antígenos e anticorpos, demarcando o caminho corrido pelo gel.
5. Incorreta: 
uma falha na motilidade das partículas presentes, já que o teste precisa ser realizado em altas temperaturas para que a reação aconteça.
4. Pergunta 4
/1
Leia o trecho a seguir:
“As características patológicas das doenças causadas por complexos imunes refletem o local de deposição dos complexos imunes e não são determinadas pela fonte celular do antígeno. Assim, as doenças mediadas por complexos imunes tendem a afetar múltiplos tecidos e órgãos, embora alguns sejam particularmente suscetíveis, como rins e articulações.”
Fonte: ABBAS, A. K.; LICHTMAN, A. H.; PILLAI, S. Imunologia celular e molecular. 6. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008. p. 423.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre imunologia clínica, pode-se afirmar que os complexos imunes são formados por:
Ocultar opções de resposta 
1. 
um antígeno e uma célula.
2. 
um anticorpo e um antígeno.
Resposta correta
3. 
uma imunoglobulina e um linfócito.
4. 
um antígeno e uma bactéria.
5. 
dois anticorpos diferentes.
5. Pergunta 5
/1
O radioimunoensaio é um dos métodos mais sensíveis para a análise quantitativa das reações antígeno-anticorpo, permitindo medidas rápidas e precisas. Mesmo em preparações não purificadas, apresenta limiar de detecção da ordem de nanogramas ou picogramas.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a técnica de radioimunoensaio, é correto afirmar que o seu princípio se baseia:
Ocultar opções de resposta 
1. 
na emissão de radioatividade que é produzida a partir do choque entre os complexos imunes, liberando alta energia.
2. Incorreta: 
na competição entre os anticorpos que tentam se ligar aos antígenos marcados radioativamente..
3. 
na competição de antígenos marcados radioativamente com os antígenos da substância pesquisada em meio a uma solução contendo anticorpos específicos.
Resposta correta
4. 
no uso de partículas radioativas que percorrem o sistema sanguíneo do paciente, capazes de verificar a função dos órgãos pesquisados.
5. 
na ligação dos antígenos de interesse com partículas radioativas que são adicionadas isoladamente na amostra analisada
6. Pergunta 6
/1
Leia o trecho a seguir:
“Uma característica importante das soluções coloidais é a sua pronunciada dispersão da luz. Quando um feixe de luz incidente atravessa um meio contendo partículas, estas interferem com a passagem da luz, fazendo com que seja dispersa em todas as direções.”
Fonte: VOLTARELLI, J. C. et al. Imunologia clínica na prática médica. [S.l.]: Atheneu, 2009. p. x.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre as técnicas que envolvem a dispersão da luz, analise as afirmativas a seguir:
I. A nefelometria e a turbidimetria são técnicas que se baseiam na alteração da cor das amostras analisadas.
II. A nefelometria é uma técnica que verifica a luz dispersa pelas partículas em suspensão numa solução.
III. A turbidimetria verifica a luz remanescente que atravessa partículas em suspensão.
IV. As técnicas que utilizam a luz como princípio podem sofrer interferência por hemólise, icterícia ou lipemia.
V. A quantidade e a natureza da dispersão são independentes da forma e do tamanho das partículas, da concentração e do comprimento de onda.
Está correto apenas o que se afirma em:
Ocultar opções de resposta 
1. 
I, II, IV e V.
2. 
I e V.
3. 
I, II e III.
4. 
III, IV e V.
5. 
II, III e IV.
Resposta correta
7. Pergunta 7
/1
Leia o trecho a seguir:
“Exemplos de reações de aglutinação direta: tipagem de grupos sanguíneos (antígenos específicos), reação de Paul-Bunnel-Davidson (antígenos heterófilos), teste de Widal para salmoneloses, teste de aglutinação para toxoplasmose e tripanossomíase.”
Fonte: VOLTARELLI, J. C. et al. Imunologia clínica na prática médica. [S.l.]: Atheneu, 2009. p. 77.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre imunoensaios de aglutinação, é possível afirmar que a técnica de hemaglutinação se baseia:
Ocultar opções de resposta 
1. 
na aglutinação de suportes de látex sensibilizados com antígenos ou anticorpos específicos de interesse.
2. 
na ação de anticorpos contra antígenos eritrocitários para a pesquisa de antígenos dos sistemas ABO e Rh.
3. 
no uso de equipamentos sofisticados para a análise das reações de aglutinações que não podem ser vistas a olho nu.
4. 
no uso de hemáciassensibilizadas ou não para a pesquisa de antígenos ou anticorpos, não necessariamente do sistema ABO-Rh.
Resposta correta
5. 
nos conceitos básicos sobre o efeito prozona, utilizando o excesso de anticorpos para obtenção de resultados plausíveis.
8. Pergunta 8
/1
Leia o trecho a seguir:
“Nas reações de aglutinação passiva ou indireta, as hemácias e as partículas inertes (bentonita, látex, sepharose, leveduras, gelatina) podem ser sensibilizadas por adsorção passiva. Isto pode ser feito através de contato direto com antígenos solúveis, por adsorção com agentes químicos.”
Fonte: FERREIRA, A. W.; MORAES, S. L. Diagnóstico laboratorial das principais doenças infecciosas e autoimunes. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013. p. 18.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre ensaios de aglutinação e adsorção, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s):
I. ( ) A adsorção é um processo utilizado nos ensaios hematológicos de aglutinação direta, como a tipagem pelo sistema Rh.
II. ( ) O PCR látex e o FR látex são testes que fazem uso da adsorção para a adesão de partículas no suporte.
III. ( ) Os imunoensaios de aglutinação, sejam de aglutinação direta ou indireta, fazem uso do processo de adsorção de partículas.
IV. ( ) Na tipagem ABO, as hemácias possuem os antígenos A e B naturalmente expressos em sua superfície.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
Ocultar opções de resposta 
1. 
F, F, V, V.
2. 
V, F, V, F.
3. 
F, V, F, V.
Resposta correta
4. 
V, F, F, V.
5. 
 F, V, V, F.
9. Pergunta 9
/1
Suponha que, em um teste de determinação do tipo sanguíneo pelos sistemas ABO e Rh, na tipagem direta os tubos apresentaram reações de aglutinação da seguinte forma: o tubo A não apresentou aglutinação, o tubo B não apresentou aglutinação e o tubo RhD também não apresentou aglutinação.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a tipagem sanguínea ABO-Rh, analise as afirmativas a seguir:
I. Em relação ao sistema ABO, o tipo sanguíneo do paciente é O.
II. Em relação ao sistema Rh, o paciente é considerado positivo.
III. As hemácias do paciente não apresentam antígenos A e B na superfície.
IV. Quanto ao Rh, as hemácias apresentam antígenos D na superfície.
Está correto apenas o que se afirma em:
Ocultar opções de resposta 
1. 
III e IV.
2. 
II e IV.
3. 
II, III e IV.
4. 
I, II e III.
5. 
I e III.
Resposta correta
10. Pergunta 10
/1
Leia o trecho a seguir:
“O fator reumatoide (FR) é uma imunoglobulina presente no soro de 50 a 95% dos adultos com artrite reumatoide (AR). Aparece no soro e no líquido sinovial dentro de vários meses após o início da AR e permanece por vários anos após a terapia. Os autoanticorpos são habitualmente da classe IgM, embora cerca de 15% dos casos de AR exibam a classe IgG.”
Fonte: WILLIAMSON, M. A.; SNYDER, L. M. W. Interpretação de exames laboratoriais. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2013. p. x.
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre imunoensaios e fatores reumatoides, analise as afirmativas a seguir:
I. Os fatores reumatoides estão presentes no soro dos pacientes com artrite reumatoide e são um achado específico da doença.
II. Os fatores reumatoides são anticorpos capazes de reconhecer antígenos invasores e incrementar a defesa imune do indivíduo.
III. A presença de fatores reumatoides na circulação sanguínea de uma pessoa não a condiciona como doente.
IV. A detecção e quantificação sorológica de fatores reumatoides pode ser feita por aglutinação indireta e pela técnica de Waaler Rose.
Está correto apenas o que se afirma em:
Ocultar opções de resposta 
1. 
I e IV.
2. 
II, III e IV.
3. 
II e III.
4. 
III e IV.
Resposta correta
5. 
I, II e IV.

Continue navegando

Outros materiais