A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
poder constituinte

Pré-visualização|Página 1 de 2

Tem papel de criar e modificar as normas da constituição.
O Poder Consti tuinte originário (ilimitado) é quem cria os poderes
constituídos (limitado)
O PODER CONS TITUINTE ORIGINÁRIO OU DE 1° GRAU
É o poder de fazer uma nova constitui ção.
Representa uma quebra de paradigma com o sistema jurídico -
constitucional anterior.
Ex: Golpe, Revolução, troca de paradigma pela via pacífic a, etc.
TITULARIDADE : POVO
CARACTERÍSTICAS :
Inicial : revoga a constituição anterior e estabelece um novo
ordenamento jurídico.
Autônomo : pode definir novos conteúdos, não neces sita
respeitar
direitos adquiridos : ó direito adquirido é um direito que não
pode ser retirado da pessoa, pois já virou patrimônio da
pessoa.
Incondici onado: define pó procedimento de aprovação do
texto constitucional.
Ilimitado juridicamente : não se vincula a nenhuma forma
jurídica prévia. Trata-se de um poder polític o.
Permanente está em latência (em razão de sua politic idade),
podendo mudar a qualquer hora, podendo sempre se r
chamado para produzir uma nova Carta Constituc ional.
Originário : (criação da constituição / inicial / autônomo /
incondicionado / insubordinado / ilimit ado juridicamente / não
passa por controle de constitucionalidade).
O PODER CONS TITUINTE DERIVADO OU DE 2° GRAU
(Reformado / Revisor / Decorrente / Difuso)
Derivado do poder originário, limitado aos próprios termos do
poder constituinte ordinário e condicionado ao que foi
estabelecido na constituição.
Norm a = comando do texto
PODER CONS TITUINTE DERIVADO REFORMADOR
É aquele qu e visa atualizar o texto constit ucional.
Representa uma alteração formal da Carta Magna.
-se pela via de Emenda à Constituição Art. 60, CF.
LIMITES AO PODER CONSTITUINTE DERIVADO REFORM ADOR
Limites Implícitos
Imutabilidade do Art. 60, CF.
Titularidade do Poder Constituinte Originário e Derivado.
Impossibilidade de supressão dos fundamentos cons tantes no Art.
1º da CF.
PODER CONS TITUINTE DERIVADO REVISOR
Fundamento: Art. 3º da ADCT
Art. 3º . A revisão constitucional será realizada após cinco anos,
contados da promulgação da Constituiç ão, pelo voto da maioria absoluta
dos membros do Congresso Nacional, em sessão unicameral
PODER CONS TITUINTE DERIVADO D ECORRENTE
Decorre da adoção da forma Federativa. Poder dos Estados-
membros (Art. 25, caput) de elaborar suas próprias constituições .
Municípios (?) Art. 18, CF + Art. 29, CF (Lei Orgânica com
natureza Constitucional).
Limites ao Poder Constituinte Derivado Decorr ente
Devem respeitar as regras básicas previstas na Constituição Federal,
mais precisamente (art 25):
Princípio Republicano.
Presidencialismo.
Regras básicas do process o legislativo.
Elaboração de orçamento, etc.
Princípio Federativo.
Poder constituinte

PODER CONSTITUINTE DERIVADO DIFUSO
Ocorre quando, sem alteração do texto, há mudança normat iva da
Constituição
COMPETÊNCIA PARA PROPOSIÇÃO DA EMENDA
CONSTITUCIONAL
Art. 60. A Constituiç ão poderá ser em endada mediante proposta:
I - de um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou
do Senado Federal;
II - do Presidente da República;
III - de mais da metade das Ass embleias Legislativas das unidades da
Federação, manifestando-se, cada uma del as, pela maioria relativa de
seus membros.
LIMITES CIRCUNSTANCIAIs
§ 1º A Constitui ção não poderá ser emendada na vigência de
intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio.
LIMITES FORMAIS
§ 2º A proposta será discuti da e votada em cada C asa do Congresso
Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em
ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros.
§ A emenda à Constituição será promulgada pelas Mesas da Câmara
dos Deputados e do Senado Federal, com o respecti vo número de
ordem.
LIMITES MATERIAIS (CLÁUSULAS PÉTREAS)
§ Não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a
abolir:
I - a forma federativa de Estado;
II - o voto direto, secreto, universal e periódico;
III - a separação dos Poderes;
IV - os direitos e garantias individuais.