A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
112 pág.
Praticas_ 2011_fundamentos ciencia solo

Pré-visualização | Página 8 de 17

horizonte pedogênico? 
3) O que caracteriza a presença do lençol freático nos diferentes pontos? 
46 
 
4) Quais características morfológicas ainda poderiam ser caracterizadas em nossa 
amostragem? 
 
5) Leia a descrição de perfil a seguir e responda: 
a. Identifique as características morfológicas que estão descritas no horizonte A, 
relacionando os termos utilizados com sua respectiva característica morfológica. 
b. Este solo é pouco ou bem desenvolvido? É profundo ou raso? 
c. Qual uso você indicaria para este solo? 
Ex. de descrição geral 
Localização: estrada Porto Lucena – Santo Cristo, a 3 km de Porto Lucena, RS. 
Situação: corte de estrada na meia encosta de uma elevação com 25% de declive. 
Altitude: 220m 
Relevo: forte ondulado a montanhoso, vales em V. 
Material de origem: basalto. 
Drenagem: bem drenado. 
Descrição morfológica 
A 0-20 bruno-avermelhado escuro (5YR 3/2, úmido), franco siltoso, fraca, pequena, 
granular, muito poroso, macio, friável, ligeiramente plástico a plástico e não pegajoso, 
presença de pedras na parte inferior do horizonte, transição gradual e plana, raízes 
abundantes. Raízes compridas e penetram entre as pedras do hor. R. No horizonte A 
ocorrem pequenos fragmentos de rochas em decomposição. 
R 20 -110 cm rocha em decomposição constituída por pedras arestadas (basalto) e 
algumas arredondadas (basalto amigdalóide) que aumentam de tamanho à medida que o 
perfil se aprofunda. 
Obs. Na superfície do solo ocorrem inúmeras pedras arredondadas. 
47 
 
PRÁTICA 6 – PROPRIEDADES QUÍMICAS DO SOLO: UNIDADES DE 
MEDIDA 
 
1- Unidades de medida usadas em química do solo 
 O conhecimento das unidades de medida é fundamental para a determinação e 
interpretação das medidas química do solo. Na primeira parte dessa unidade serão 
apresentadas as principais unidades usadas em ciência do solo, assim como as suas 
transformações. 
Revisão: 
Massa: É a quantidade de matéria que existe num corpo. 
Volume: É a extensão de espaço por um corpo. 
Concentração: Significa quanto soluto está presente em um volume ou massa 
específica. 
 Mol – Mol: é a quantidade de matéria que contém 6,02 x 10
23
 entidades. 
Molaridade ou concentração molar (M): número de moles de uma substância 
contidos em 1 L de solução (NÃO em 1 L de solvente). 
Normalidade (N): nº de equivalentes de soluto contido em 1 L de solução (NÃO 
solvente). 
Eq ou molc: é o número de gramas de uma substância (molécula, íon ou par 
iônico) que fornece ou reage com o número de Avogadro (1 mol). 
 
 
Quadro 1- Sistema internacional de unidades (SI). 
Prefixo Símbolo Fator Prefixo Símbolo Fator 
Giga G 10
9
 deci d 10
-1
 
Mega M 10
6
 Centi c 10
-2
 
Quilo K 10
3
 Mili m 10
-3
 
Hecto H 10
2
 Micro  10
-6
 
Deca da 10
1
 nano n 10
-9
 
 
 
48 
 
 
Tabela 1- Sistema de unidades utilizado atualmente nas análises de solo e tecido 
vegetal. 
Elemento Unidade de medida 
Cálcio (Ca) cmolc /dm
3
 
Magnésio (Mg) cmolc /dm
3
 
Alumínio (Al) cmolc /dm
3
 
Enxofre (S) mg /dm
3
 
Fósforo (P) mg /dm
3
 
Potássio (K) mg /dm
3
 
Cobre (Cu) mg /dm
3
 
Zinco (Zn) mg /dm
3
 
Boro (B) mg /dm
3
 
Ferro (Fe) mg /dm
3
 
Manganês (Mn) mg /dm
3
 
Sódio (Na) mg /dm
3
 
Matéria orgânica (MO) % 
 
 
Tabela 2- Conversão de unidades antigas para as unidades do sistema internacional 
(SI). 
Unidade antiga Unidades do sistema internacional 
(SI) 
Fator de 
conversão 
Solos 
% g/kg; g/dm
3
; g/l 10 
ppm mg/kg; mg/dm
3
; mg/l 1 
meq/100 cm
3
 ou meq/100 g ou meq/l cmolc/dm
3
 ou cmolc/kg ou cmolc/l 1 
meq/100 cm
3
 ou meq/100 g ou meq/l cmolc/dm
3
 ou cmolc/kg ou cmolc/l 10 
Plantas 
% g/kg 10 
ppm mg/kg 1 
 
 
 
Onde: 
1 ppm = 1 μg/ml = 1 mg/dm
3
 
1 cmolc/dm
3
 = 1 cmolc/kg = 1 meq/100 ml = 1 meq/100 cm
3
 = 10 mmolc/dm
3
 = 10 mmolc/kg 
 
 
 
49 
 
 
Exercícios sobre transformação de unidades: 
1) Estabelecer a relação entre as unidades de massa (a), volume (b), densidade (c) e 
concentração (d). 
a) g, mg, g, kg, Mg, tonelada 
 g mg g kg Mg tonelada 
 g 
mg 
g 
kg 
Mg 
tonelada 
 
 
 
b) L, cm
3
, mL, dm
3
, L, m
3
 
 L cm
3
 mL dm
3
 L m
3
 
L 
cm
3
 
mL 
dm
3
 
L 
m
3
 
 
c) g/mL, g/cm
3
,
 
kg/dm
3
, Mg/m
3
,
 
kg/dm
3
 
 g/mL g/cm
3
 kg/dm
3
 Mg/m
3
 kg/dm
3
 
g/mL 
g/cm
3
 
kg/dm
3
 
Mg/m
3
 
 
kg/dm
3
 
 
d) %, g/kg, mg/kg, ppm, g/g, mg/dm
3
 
 % g/kg mg/kg ppm g/g mg/dm
3
 
% 
g/kg 
mg/kg 
ppm 
50 
 
g/g 
mg/dm
3
 
 
2) Unidades de carga por volume ou massa. 
Elemento Químico Massa Molar Carga 1 molc 1 cmolc 1 mmolc 
Hidrogênio (H
+
) 
Alumínio (Al
+3
) 
Cálcio (Ca
+2
) 
Magnésio (Mg
+2
) 
Potássio (K
+
) 
Fostato (PO4
---
) 
Sulfato (SO4
--
) 
Cloreto (Cl
-1
) 
 
3) Qual é o Cmolc de cálcio, potássio, alumínio e magnésio? 
 
4) Uma análise de solo indicou a presença de 20 mg/dm
3
 de K . 20 mg/dm
3
 de K 
correspondem a quantos cmolc/dm
3
 de K? 
 
5) Uma análise de solo apresentou o resultado de 0,54 cmolc K/dm
3
. Este resultado 
equivale a quantos mg K/dm
3
 de potássio? A quantos kg/ha de KCl (58% de K2O) este 
resultado equivale? 
 
6) A aplicação de 4 toneladas de calcário/ha (CaO = 40%; MgO = 8%) corresponderia a 
quantos cmolc Ca/dm
3
 e de Mg/dm
3
? 
 
 
7) A análise de um solo indicou a presença de 2 % de matéria orgânica nos primeiros 10 
cm de profundidade. Quantos kg ha
-1
 de matéria orgânica esse solo apresenta? 
8) Análise química feita em um solo, demonstrou que o mesmo possui cerca de 20 % de 
Fe2 O3 e 5 % de Al2O3. Quanto de Fe2 O3 e Al2O3 tem em 1 ha a 20cm de profundidade? 
Quanto de Fe e Al tem em 1 ha a 20 cm de profundidade? Densidade do solo = 1,25 
g/cm
-3
. 
9) Quanto de Fe em mg/kg, mg/dm
3
, g/g, g/cm
3
 e ppm, tem o solo do exercício 8? 
51 
 
10) Transforme 4 mmolc Al
+3
/dm
3
 em cmolc Al
+3
/dm
3
. 
11) 130 mg K. dm
-3
 = ..... meq K. 100 cm³ = ..... cmolc K. dm
3
 = ..... mmolc K. dm
-3 
12) 0,50 meq de K/100 ml de solo corresponde a quantos PPM e kg/ha de K? 
13) Converter 100 ppm de K em cmolc/dm
3
 e 5,6 cmolc/dm
3
 de Ca em ppm. 
14) Alguns fertilizantes utilizados na agricultura são constituídos por três nutrientes 
principais: nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K), sendo representados por três 
números distintos, como por exemplo, 5 – 20 – 30. O primeiro número representa a 
porcentagem em massa do N, sendo 5% nesse exemplo. Esse número indica que em 
cada 100 g de fertilizante, 5 g são de N. O segundo e o terceiro números indicam que o 
fertilizante ainda possui, respectivamente, 20% de P2O5 e 30% de K2O. A massa 
restante, correspondente a 45% do produto, é constituída de material inerte. Dessa 
forma, um saco de 50 kg de fertilizante contém 2,5 kg de N. Qual a massa de P e K 
presente em 50 kg de fertilizante? 
 
15) O laudo de análise química do solo de uma lavoura do planalto do RS indicou os 
teores de nutrientes apresentados na tabela abaixo. Calcule a quantidade de nutrientes 
que esse solo apresenta na camada de 10 cm em um ha. Sabendo-se que o Cloreto de 
Potássio apresenta 58 % de K2O, calcule quantos sacos de cloreto de potássio esse solo 
apresenta. 
Elemento Quantidade encontrada Quantidade em kg/ha 
Cálcio (Ca) 6,7 cmolc /dm
3
 
Magnésio (Mg) 1,4 cmolc /dm
3
 
Alumínio (Al) 5,2 cmolc /dm
3
 
Enxofre (S) 12,6 mg /dm
3
 
Fósforo (P) 10,9 mg /dm
3
 
Potássio (K) 380 mg /dm
3
 
Cobre (Cu) 6,9 mg /dm
3
 
Zinco (Zn) 4,4 mg /dm
3
 
Matéria orgânica 
(MO) 
2,9 % 
 
 
52 
 
PRÁTICA 7 – PROPRIEDADES QUÍMICAS DO SOLO 
 
O solo é um sistema trifásico, formado por uma fração sólida (mineral e 
orgânica), uma fração líquida e uma gasosa. As reações químicas e físico-químicas 
ocorrem principalmente na fração coloidal do